Abrir menu principal
Edson Barboza
Informações
Nome
completo
Edson Mendes Barboza Júnior
Nascimento 21 de janeiro de 1986 (33 anos)
Nova Friburgo, RJ
Brasil
Nacionalidade brasileiro
Outros nomes Edson Júnior
Altura 1,80 m[1]
Peso 70 kg
Divisão Peso-leve
Envergadura 191 cm
Modalidade Muay thai, jiu-jítsu, taekwondo
Luta por Nova Friburgo, RJ
Equipe Ricardo Almeida BJJ
American Top Team[2]
Graduação      Faixa marrom em jiu-jítsu[3]
     Praijed preto em muay thai[4]
     Faixa preta em taekwondo[4]
Cartel profissional no kickboxing
Total 28
Vitórias 25
Por nocaute 22
Derrotas 3
Cartel nas artes marciais mistas
Total 27
Vitórias 20
Por nocaute 12
Por finalização 1
Por decisão 7
Derrotas 7
Por nocaute 3
Por finalização 2
Por decisão 2
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 4 de abril de 2019

Edson Mendes Barboza Júnior (Nova Friburgo, 01986-01-21 21 de janeiro de 1986) é lutador profissional de artes marciais mistas brasileiro. Atualmente compete no peso-leve do Ultimate Fighting Championship.

Carreira no MMAEditar

InícioEditar

Barboza começou a praticar Muay Thai com 8 anos de idade, a partir de um projeto social idealizado por Márcio Monnerat.[5] Seu recorde no Muay Thai é de 25-3 com 22 vitórias por nocaute e 17 finalizações no primeiro round. Barboza se mudou para os Estados Unidos em janeiro de 2009 e entrou para a The Armory em Jupiter, Florida.

A carreira profissional de Barboza no MMA começou em abril de 2009 em Tampa, Florida, onde ele derrotou Aaron Steadman por nocaute técnico ainda no primeiro round. Barboza ainda derrotou Lee King duas vezes na promoção do Renaissance MMA, a primeira por nocaute no segundo round, e a outra por finalização.

Ring of CombatEditar

Barboza então entrou para a promoção de Nova Jérsei, o Ring of Combat, fazendo sua estreia promocional no Ring of Combat 28 contra Nabih Barakat. Barboza nocauteou Barakat em apenas 69 segundos.

Após outra vitória por nocaute fora do Ring of Combat, Barboza desafiou o Título Peso Leve do Ring of Combat contra Marcelo Guidici. Barboza usou seus chutes na perna para conseguir uma vitória por nocaute técnico devido ao dano infligido nas pernas de Guidici.

A primeira defesa de título de Barboza era originalmente esperada para acontecer no Ring of Combat 31, contra Mikhail Malyutin, mas, como Barboza assinou com o UFC, ele foi substituído por Luiz Azeredo.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Era esperado que a estreia de Edson no UFC fosse contra Darren Elkins em 20 de novembro de 2010 no UFC 123. Porém, Elkins foi forçado a se retirar do card com uma lesão e foi substituído pelo estreante na promoção Mike Lullo. A luta foi bastante equilibrada no primeiro round, com Lullo tentando uma gogoplata na posição inferior. No segundo, Barboza mandou vários chutes nas pernas, dois dos quais derrubaram Lullo. Logo no terceiro round, Barboza derrotou Lullo por nocaute técnico com chutes nas pernas.

Barboza enfrentou Anthony Njokuani em 19 de março de 2011 no UFC 128 e venceu a luta por decisão unânime. A luta rendeu aos lutadores o prêmio de Luta da Noite.

Em 27 de agosto de 2011, Barboza derrotou Ross Pearsonno UFC 134 por decisão dividida.

No UFC 142, em 14 de janeiro de 2012, Barboza derrotou Terry Etim por nocaute no terceiro round com um chute rodado. O comentarista Joe Rogan disse que esse foi o primeiro nocaute com chute rodado na história do UFC. O chute deu à Barboza o prêmio de Nocaute da Noite. E a luta equilibrada deu aos dois o prêmio de Luta da Noite.

Para enfrentar Edson Barboza em 26 de maio de 2012 no UFC 146, era esperado Evan Dunham, mas Dunham saiu da luta devido à uma lesão e foi substituído pelo veterano Jamie Varner. Barboza sofreu sua primeira derrota profissional no MMA para Varner por nocaute técnico no primeiro round.

Em 19 de janeiro de 2013, no UFC on FX: Belfort vs. Bisping, Edson Barboza deveria enfrentar Justin Salas . Porém, Salas foi forçado à se retirar da luta com uma lesão e foi substituído pelo estreante no evento Lucas Martins. Barboza derrotou Martins por finalização devido a socos aos 2:38 do primeiro round.

No UFC 162, em 6 de julho de 2013, Barboza iria enfrentar John Makdessi, mas uma lesão tirou Makdessi do evento e então ele enfrentou Rafaello Oliveira. Barboza venceu a luta por nocaute técnico devido à chutes nas pernas no segundo round.

Barboza enfrentou Danny Castillo em 14 de dezembro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II. Após quase ser nocauteado no primeiro round, Barboza deu à volta por cima e ganhou os rounds seguintes e vencendo a luta por decisão majoritária. Barboza e Castillo ainda faturaram o prêmio de Luta da Noite.

No card principal do UFC on Fox: Werdum vs. Browne, no dia 19 de abril de 2014, Barboza enfrentou o estadunidense Donald Cerrone . Barboza perdeu por finalização no primeiro round.

Edson enfrentou Evan Dunham em 16 de julho de 2014 no UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller. Barboza acertou um chute no corpo de Dunham, que sentiu e após Edson acertar mais alguns socos, a luta foi interrompida.

Edson enfrentou Bobby Green em 22 de novembro de 2014 no UFC Fight Night: Edgar vs. Swanson. Ele venceu a luta por decisão unânime, em uma ótima performance.

Edson enfrentou Michael Johnson em 28 de fevereiro de 2015 no UFC Fight Night: Pezão vs. Mir e perdeu por decisão unânime.

Barboza era esperado para substituir Anthony Pettis e enfrentar Myles Jury em 25 de julho de 2015 no UFC on Fox: Dillashaw vs. Barão II, porém, uma lesão tirou Jury do evento e ele foi substituído por Paul Felder.[6] Ele venceu a luta por decisão unânime.

Com a lesão de Khabib Nurmagomedov, Edson Barboza enfrentou Tony Ferguson no The Ultimate Fighter 22 Finale, em 11 de dezembro de 2015.[7] Ele foi derrotado por finalização no segundo round.

No UFC 197, em 23 de abril de 2016, Barboza enfrentou o ex-campeão peso-leve do UFC e WEC Anthony Pettis. Com atuação segura, Edson venceu por decisão unânime.[8]

Em seguida, Edson Barboza enfrentou o ex-campeão do Strikeforce Gilbert Melendez no UFC on Fox: Holm vs. Shevchenko, no dia 23 de julho de 2016. Assim como seu último combate, Edson venceu por decisão unânime.[9]

No dia 11 de março de 2017 no UFC Fight Night: Belfort vs. Gastelum, Edson venceu Beneil Dariush por nocaute com uma joelhada voadora aos 3:35 do segundo round.[10]

No UFC 219, ocorrido no dia 30 de dezembro de 2017, Edson perdeu para o russo Khabib Nurmagomedov por decisão unânime.[11]

Estilo de lutaEditar

Barboza é conhecido por seu perigoso jogo de chute.[12] O comentarista oficial do UFC, Joe Rogan, afirmou que Barboza é "provavelmente o melhor chutador no MMA".[13] Foi de Barboza o primeiro nocaute da história do UFC conseguido através de um chute e é o único lutador a terminar mais de uma luta no UFC através de chutes nas pernas.[14]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 20-8   Paul Felder Decisão (dividida) UFC 242: Khabib vs. Poirier 07/09/2019 3 5:00   Abu Dhabi
Derrota 20-7   Justin Gaethje Nocaute (soco) UFC on ESPN: Barboza vs. Gaethje 30/03/2019 1 2:30   Filadélfia, Pensilvânia Luta da Noite.
Vitória 20-6   Dan Hooker Nocaute (soco no corpo) UFC on Fox: Lee vs. Iaquinta II 15/12/2018 3 2:19   Milwaukee, Wisconsin Quebrou o recorde de nocautes no Peso Leve (7).
Derrota 19-6   Kevin Lee Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC Fight Night: Barboza vs. Lee 21/04/2018 5 2:18   Atlantic City, New Jersey Kevin não bateu o peso; luta em Peso Casado (71 Kg).
Derrota 19-5   Khabib Nurmagomedov Decisão (unânime) UFC 219: Cyborg vs. Holm 30/12/2017 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 19-4   Beneil Dariush Nocaute (joelhada voadora) UFC Fight Night: Belfort vs. Gastelum 11/03/2017 2 3:35   Fortaleza
Vitória 18-4   Gilbert Melendez Decisão (unânime) UFC on Fox: Holm vs. Shevchenko 23/07/2016 3 5:00   Chicago, Illinois
Vitória 17-4   Anthony Pettis Decisão (unânime) UFC 197: Jones vs. St. Preux 23/04/2016 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 16-4   Tony Ferguson Finalização (estrangulamento d'arce) The Ultimate Fighter 22 Finale 11/12/2015 2 2:54   Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Vitória 16-3   Paul Felder Decisão (unânime) UFC on Fox: Dillashaw vs. Barão II 25/07/2015 3 5:00   Chicago, Illinois Luta da Noite.
Derrota 15-3   Michael Johnson Decisão (unânime) UFC Fight Night: Pezão vs. Mir 22/02/2015 3 5:00   Porto Alegre
Vitória 15-2   Bobby Green Decisão (unânime) UFC Fight Night: Edgar vs. Swanson 22/11/2014 3 5:00   Austin, Texas
Vitória 14-2   Evan Dunham Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller 16/07/2014 1 3:06   Atlantic City, Nova Jersey
Derrota 13-2   Donald Cerrone Finalização (mata-leão) UFC on Fox: Werdum vs. Browne 19/04/2014 1 3:15   Orlando, Flórida
Vitória 13-1   Danny Castillo Decisão (majoritária) UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II 14/12/2013 3 5:00   Sacramento, Califórnia Luta da Noite.
Vitória 12-1   Rafaello Oliveira Nocaute Técnico (chutes nas pernas) UFC 162: Silva vs. Weidman 06/07/2013 2 1:43   Las Vegas, Nevada
Vitória 11-1   Lucas Mineiro Nocaute Técnico (desistência) UFC on FX: Belfort vs. Bisping 19/01/2013 1 2:38   São Paulo
Derrota 10-1   Jamie Varner Nocaute Técnico (socos) UFC 146: Dos Santos vs. Mir 26/05/2012 1 3:23   Las Vegas, Nevada
Vitória 10-0   Terry Etim Nocaute (chute rodado) UFC 142: Aldo vs. Mendes 14/01/2012 3 2:02   Rio de Janeiro Nocaute da Noite; Luta da Noite; Nocaute do Ano (2012)
Vitória 9-0   Ross Pearson Decisão (dividida) UFC 134: Silva vs. Okami 27/08/2011 3 5:00   Rio de Janeiro Luta da Noite
Vitória 8-0   Anthony Njokuani Decisão (unânime) UFC 128: Shogun vs. Jones 19/03/2011 3 5:00   Newark, Nova Jersey Luta da Noite
Vitória 7-0   Mike Lullo Nocaute Técnico (chute nas pernas) UFC 123: Rampage vs. Machida 20/11/2010 3 0:26   Auburn Hills, Michigan Estreia no UFC.
Vitória 6-0   Marcelo Guidici Nocaute Técnico (chute nas pernas) Ring of Combat 30 11/06/2010 1 3:01   Atlantic City, Nova Jersey Venceu o Título Peso Leve do Ring of Combat
Vitória 5-0   Jose Figueroa Nocaute (soco) Renaissance MMA 16 05/03/2010 1 3:55   Nova Orleans, Luisiana
Vitória 4-0   Nabih Barakat Nocaute (socos) Ring of Combat 28 19/02/2010 1 1:09   Atlantic City, Nova Jersey
Vitória 3-0   Lee King Finalização (anaconda) Renaissance MMA 15 20/11/2009 1 2:04   Nova Orleans, Luisiana
Vitória 2-0   Lee King Nocaute (socos) Renaissance MMA 12 13/06/2009 2 1:14   Nova Orleans, Luisiana
Vitória 1-0   Aaron Steadman Nocaute Técnico (socos) RFC 17 - Street Kings 17/04/2009 1 3:34   Tampa, Flórida

Referências

  1. «Edson Barboza - Informações do lutador». ufc.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  2. Vicente Ribeiro (11 de março de 2017). «Edson Barboza se motiva com apoio do pai para ampliar sequência no UFC». Superesportes. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  3. Marcelo Barone; Raphael Marinho; Zeca Azevedo (27 de outubro de 2017). «Edson Barboza enfrenta o russo Khabib Nurmagomedov no UFC 219, dia 30/12». sportv.globo.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  4. a b Christopher Deraney (3 de julho de 2013). «UFC 162 Prelim Card: Edson Barboza vs. Rafaello Oliveira». mmaconvert.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  5. «Mestre que descobriu Edson Jr. revela origem de chute usado no UFC 142». Portal do Vale Tudo. 24 de janeiro de 2012. Consultado em 4 de abril de 2013. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2012 
  6. «With Myles Jury out, Edson Barboza gets new UFC on FOX 16 opponent». mmajunkie.com. 9 de Junho de 2015 
  7. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/10/edson-barboza-encara-tony-ferguson-no-lugar-de-khabib-nurmagomedov.html
  8. Combate.com (24 de abril de 2016). «Edson Barboza faz luta tensa, mas vence Anthony Pettis por unanimidade». sportv.globo.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  9. Combate.com (23 de julho de 2016). «Barboza castiga perna de Melendez e vence por pontos no UFC Chicago». sportv.globo.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  10. Adriano Albuquerque; Raphael Marinho; Roberto Leite (12 de março de 2017). «Edson Barboza tira joelhada da cartola e nocauteia Beneil Dariush no UFC». sportv.globo.com. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  11. UOL (31 de dezembro de 2017). «Khabib domina Edson Barboza, mantém invencibilidade e deve disputar título». Bol Notícias. Consultado em 31 de dezembro de 2017 
  12. «UFC: Edson Barboza e Justin Gaethje são especialistas em chutes e fizeram rivais sofrer». espn.com.br. Consultado em 29 de março de 2019 
  13. «Fight Night Chicago: Edson Barboza Octagon Interview». YouTube.com. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  14. Guilherme Cruz (14 de dezembro de 2013). «Edson Barboza believes he hasn't shown what he can do yet». mmafighting.com. Consultado em 26 de agosto de 2016