Abrir menu principal
Edson Taschetto Damian
Bispo da Igreja Católica
Bispo de São Gabriel da Cachoeira

Presidente do Regional Norte 1 da CNBB


Título

Diocese de São Gabriel da Cachoeira
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de São Gabriel da Cachoeira
Nomeação 4 de março de 2009
Predecessor Dom José Song Sui-Wan, S.D.B.
Mandato 2009 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 20 de dezembro de 1975
Nomeação episcopal 4 de março de 2009
Ordenação episcopal 24 de maio de 2009
por Dom José Song Sui-Wan, S.D.B.
Lema episcopal COM JESUS, AMAR E SERVIR
Brasão episcopal
Bishopcoa.png
Dados pessoais
Nascimento Jaguari,  Rio Grande do Sul
4 de março de 1948 (71 anos)
Nacionalidade brasileiro
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Edson Taschetto Damian (Jaguari, 4 de março de 1948) é um bispo católico brasileiro. É o bispo de São Gabriel da Cachoeira desde 24 de maio de 2009 e membro da Fraternidade Sacerdotal Jesus Cáritas,[1] que segue a espiritualidade de Charles de Foucauld. A diocese que dirige é uma das mais extensas (293.000 km²) e pobres do Brasil, com cerca de 95% da população pertencente a 23 etnias indígenas que habitam a região e que falam 18 línguas[2].

Índice

BiografiaEditar

Dom Edson nasceu em Jaguari, (RS), 4 de março de 1948. Tem cinco irmãos.[3]

Estudou filosofia na Universidade Federal de Santa Maria e teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É mestre em teologia dogmática pela Faculdade de Teologia Assunção, em São Paulo. Foi ordenado padre por Dom Ivo Lorscheiter em 20 de dezembro de 1975, em Jaguari.

Foi Vigário Paroquial em Cachoeira do Sul (1976) e Tupaciretã (1977-1979).

Viveu dois anos com os Irmãozinhos do Evangelho, de Charles de Foucauld: em 1980, em Salvador como gari, varredor de rua; e em 1981 foi trabalhar na Bolívia, onde viveu em meio à população indígena camponesa Quéchua, em Titicachi.

Regressou à Diocese de origem, Santa Maria, RS. De 1982 a 1986 foi Pároco em Formigueiro e Coordenador Diocesano da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Entre 1986 e 1996 exerceu a função de Responsável Nacional da Fraternidade Sacerdotal Jesus Caritas de Charles de Foucauld. Também neste período foi pároco e professor de teologia no Instituto de Teologia Paulo VI na Universidade Católica de Pelotas (1987-1993). Foi Assessor Nacional do Setor de Vocações e Ministérios da CNBB, em Brasília (1993-1999). Em 1999, foi como missionário para a Diocese de Roraima, igreja irmã da Diocese de Santa Maria. Nesta diocese, atuou como pároco da catedral, vigário-geral e coordenador diocesano de pastoral. Em Roraima, participou da luta pela homologação da terra indígena Raposa Serra do Sol[4].

 
Dom Edson (dir.) com Dom Leopoldo González (secretário do CELAM) com algumas crianças em Matapi, fevereiro 2011.

BispoEditar

Foi consagrado pelo bispo-emérito D. José Song Sui-Wan em 24 de maio de 2009, em São Gabriel da Cachoeira, tornando-se assim no primeiro bispo não-salesiano da Diocese de São Gabriel da Cachoeira desde a sua criação (em 1941).

Presidente do Regional Norte 1 da CNBBEditar

No dia 9 de maio de 2019 foi eleito presidente do Regional Norte 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, sucedendo a Dom Mário Antônio da Silva, bispo de Roraima.[5]

LemaEditar

Com Jesus, Amar e Servir

Referências

Ligações externasEditar