Abrir menu principal

Eleição para governador de Nova Iorque em 2018

A eleição para governador de Nova Iorque em 2018 foi realizada no dia 6 de novembro. Tanto o governador como o vice-governador de Nova Iorque foram eleitos nesta data; enquanto os candidatos de cada partido para governador e vice-governador formaram um bilhete combinado na eleição geral, os candidatos de cada partido aos dois cargos foram separados nas primárias.

Eleição para governador de  Nova Iorque em 2018
 

2014 ←  → 2022


6 de novembro de 2018
Andrew Cuomo 2014 (cropped).jpg Marc Molinaro (cropped 2).jpg
Candidato Andrew Cuomo Marc Molinaro
Partido Democrata Republicano
Vice Kathy Hochul Julie Killian
Votos 3.353.495 2.089.228
Porcentagem 57,90% 36,07%
New York Governor Election Results by County, 2018.svg

Cuomo

  40–50%
  50–60%
  60–70%
  70–80%
  80–90%
  90–99%

Molinaro

  40-50%
  50-60%
  60-70%
  70-80%
  00-00%



Governador(a) do Estado

Em 15 de novembro de 2016, o então governador Democrata Andrew Cuomo anunciou sua intenção de concorrer a um terceiro mandato.[1] Em 13 de setembro de 2018, Cuomo derrotou a atriz e ativista Cynthia Nixon nas primárias Democratas para governador.[2] A vice de Cuomo, a tenente-governadora Kathy Hochul, derrotou o membro do conselho da cidade de Nova Iorque, Jumaane Williams, nas primárias Democratas.[3]

O executivo do Condado de Dutchess e ex-membro da Assembleia do Estado de Nova Iorque, Marcus Molinaro, concorreu a governador tomando uma posição republicana, conservadora e reformista, acompanhado por Julie Killian, ex-membro do conselho da cidade de Rye, no papel de running mate.

ContextoEditar

O governador Democrata, Andrew Cuomo, decidiu em 2014 concorrer à reeleição para um segundo mandato. Ele derrotou Zephyr Teachout na eleição primária, 63% a 33%, e depois derrotou o candidato republicano Rob Astorino, 54% a 40%, na eleição geral.[4]

As eleições para governadores de Nova Iorque operam em um sistema primário dividido: os candidatos a governador e vice-governador de cada partido concorrem em eleições primárias separadas. Na eleição geral, os candidatos são escolhidos como ingressos unificados de governador e vice-governador. Nova Iorque reconhece a fusão eleitoral; os candidatos podem contar os votos que recebem em todas as linhas partidárias em relação ao total geral de votos, mas somente se o governador e o vice-governador corresponderem a todas as partes (assim, em teoria, é possível que um candidato a governador receba a maioria dos votos e ainda perca, caso existam diferentes vice-governadores em cada linha partidária; na prática, os terceiros utilizados para fins de fusão eleitoral tentam igualar seus respectivos tíquetes e reatribuir outros candidatos como candidatos fictícios em disputas menos importantes para permitir que os ingressos sejam unificados).

Os resultados da eleição governamental também determinam o acesso à votação e a votação para todas as eleições em Nova Iorque até 2022. Para se qualificar como um partido político em Nova Iorque pelos próximos quatro anos, o candidato a governador do partido deve receber 50.000 votos ou mais na eleição, com cada partido listado em ordem decrescente de cima para baixo com base nos votos que cada linha partidária recebe.

Primárias DemocratasEditar

Em 23 de maio de 2018, o governador em função, Andrew Cuomo, garantiu a nomeação do Partido Democrata na convenção estadual, depois de obter apoio de mais de 95% dos delegados estaduais.[5] Nenhum outro candidato se classificou para a votação principal na convenção, pois nenhum conseguiu cumprir o limite de 25% exigido para o delegado.[5] Cynthia Nixon depois entrou com uma petição.[6] Até 12 de julho, a sua petição tinha 65 000 assinaturas, quatro vezes mais do que as 15.000 necessárias para forçar uma eleição primária.[7]

CandidatosEditar

NomeadoEditar

DeclaradosEditar

ResultadosEditar

Resultados das primárias do partido Democrata[9]
Partido Candidato Votos %
Democrata Andrew Cuomo 978.168 65,6 %
Democrata Cynthia Nixon 512.685 34,4 %
Total de votos 1.490.753 100%
Resultados da escolha do candidato à vice[9]
Partido Candidato Votos %
Democrata Kathy Hochul 733.591 53,3 %
Democrata Jumaane D. Williams 641.631 46,7 %
Total de votos 1.375.222 99%

Primárias RepublicanasEditar

Em 23 de maio de 2018, o Partido Republicano indicou por unanimidade Marcus Molinaro como seu candidato a governador de Nova Iorque em sua convenção estadual.[10] Nenhum desafiante tentou fazer uma petição na votação principal, então nenhuma primária republicana foi realizada.

CandidatosEditar

NomeadoEditar

Outros partidosEditar

VerdeEditar

Em 12 de abril de 2018, Howie Hawkins, que inicialmente sugeriu após a eleição de 2014 que não se candidataria ao cargo novamente, lançou sua terceira campanha consecutiva para governador de Nova Iorque, sua 21ª disputa para cargos públicos.[12]

NomeadoEditar

LibertárioEditar

Em 12 de julho de 2017, Larry Sharpe, consultor de negócios e segundo colocado nas primárias de vice-presidente do Partido Libertário em 2016, anunciou oficialmente que concorreria ao cargo de governador de Nova Iorque em 2018. Sharpe foi a primeira pessoa a anunciar sua candidatura para concorrer com o governador em exercício Andrew Cuomo.[14] Em 19 de agosto de 2018, o Partido Libertário anunciou que havia coletado mais de 30.000 assinaturas para colocar seu ingresso nas eleições de novembro. As petições de Sharpe sobreviveram a um pedido de petição.[15]

NomeadoEditar

  • Larry Sharpe, consultor de negócios e segundo classificado nas primárias vice-presidenciais do Partido Libertário em 2016.[16]

Movimento Servir AméricaEditar

Em 18 de junho de 2018, a ex-prefeita de Syracuse, Stephanie Miner, após manifestar interesse informal pelas indicações à outros dois partidos,[17] entrou para a disputa do governo como candidata a um terceiro partido.[18] Miner juntou-se a um novo partido, o Serve America Movement (SAM), formado por pessoas descontentes com a estrutura partidária existente após as eleições de 2016. Ela será a primeira candidata do partido.

NomeadoEditar

Eleições geraisEditar

Angariação de fundosEditar

Relatórios de finanças da campanha em 10 de outubro de 2018
Candidato Quantidade levantada
Andrew Cuomo US$ 21.590.469,04
Marcus Molinaro US$ 1.541.750,14
Larry Sharpe US$ 376.897,19
Stephanie Miner US$ 658.438,93
Howie Hawkins US$ 50.561,94
Fonte: New York State Board of Elections[19]

DebatesEditar

Anfitrião Data Ref. Participantes
Andrew
Cuomo (D)
Marcus
Molinaro (R)
Larry
Sharpe (L)
Howie
Hawkins (G)
Stephanie
Miner (SAM)
WCBS-TV 23 de outubto de 2018 [20] Participou Participou Não-convidado Não-convidado Não-convidado
Colégio de Santa Rosa 1 de novembro de 2018 [21] Não-participou Participou Participou Participou Participou

Pesquisas de opiniãoEditar

Fonte Data Amostra Margem de erro Andrew
Cuomo
(D)
Marcus
Molinaro
(R)
Stephanie
Miner
(SAM)
Howie
Hawkins
(V)
Larry
Sharpe
(L)
Outros Indecisos
Research Co. 1–3 nov, 2018 450 ± 4.6% 54% 37% 3% 6%
Siena College 28 out – 1 nov, 2018 641 ± 3.9% 49% 36% 2% 2% 3% 0% 7%
Quinnipiac University 10–16 out, 2018 852 ± 4.4% 58% 35% 2% 5%
Gravis Marketing 4–8 out, 2018 783 ± 3.5% 48% 25% 8% 6% 13%
Siena College 20–27 set, 2018 701 ± 3.9% 56% 38% 0% 4%
Liberty Opinion Research 29–30 ago, 2018 2,783 ± 1.9% 46% 43% 11%
Quinnipiac University 12–16 jul, 2018 934 ± 4.1% 57% 31% 0% 8%
Zogby Analytics 27 jun – 3 jul, 2018 708 ± 3.7% 50% 27% 10% 4% 9%
49% 27% 11% 12%
52% 32% 15%
Siena College 4–7 jun, 2018 745 ± 3.7% 56% 37% 1% 5%
Gravis Marketing 4–7 jun, 2018 654 ± 3.8% 55% 45%
Quinnipiac University 26 abr – 1 mai, 2018 1,076 ± 3.7% 57% 26% 2% 12%
Siena College 8–12 abr, 2018 692 ± 4.3% 57% 31% 0% 9%
Siena College 11–16 mar, 2018 772 ± 4.0% 57% 29% 0% 11%

ResultadosEditar

Andrew Cuomo conseguiu seu terceiro mandato como governador de Nova Iorque, derrotando seus quatro oponentes com facilidade. Sua vitória foi em grande parte devido ao aumento do comparecimento dos eleitores às urnas; em números brutos, seu total de votos aumentou 62% em comparação com a eleição de 2014. Ele venceu em todos os condados no estado de Nova Iorque, retomando o condado de Suffolk, em Long Island e os condados de Monroe e Ulster de volta a seu favor depois de perde-los em 2014. Além desses, os únicos outros condados a votar em Cuomo foram os urbanos de Erie, Onondaga e Albany, além do tradicional Condado de Tompkins.

Marcus Molinaro também ganhou votos em comparação ao seu antecessor republicano, Rob Astorino, mas por uma quantia menor: ganhou 36% mais votos que Astorino e mudou a opinião da maioria nos condados de Franklin, Clinton, Essex e Broome que ficaram a seu favor depois de cada um ter votado em Cuomo nas eleições de 2014.

Howie Hawkins reteve o acesso à cédula para o Verde por mais quatro anos.[22] Stephanie Miner ultrapassou por pouco o limite de 50.000 votos para permitir o acesso ao voto do seu partido.[23] O o Partido Libertário de Nova York obteve acesso às urnas com os 90.816 votos de Larry Sharpe, pela primeira vez em mais de 40 anos de história do partido, apesar de vários esforços anteriores; Sharpe teve um desempenho maior nos condados rurais do interior, terminando com mais de 10% dos votos no Condado de Schuyler.[24] O Reformista do Estado de Nova York e o Partido da Igualdade das Mulheres caíram abaixo do limiar de 50.000 votos e perderam o acesso automático às urnas, enquanto o Partido da Independência, que manteve o acesso às urnas, continuou seu declínio de anos.

Resultado da eleição para governador de Nova Iorque[25][26]
Partido Candidato Vice Votos %
Democrata Andrew Cuomo Kathy Hochul 3.158.459 54,53 %
Working Families 106.008 1.83 %
Independência 63.518 1.10 %
Women's Equality 25.510 0.44 %
Total 3.353.495 57,90 %
Republicano Marcus Molinaro Julie Killian 1.824.581 31,50 %
Conservador 238.578 4.12 %
Reformista 26.069 0.45 %
Total 2.089.228 36,07 %
Verde Howie Hawkins Jia Lee 95.716 1,65 %
Libertário Larry Sharpe Andrew Hollister 90.816 1,57 %
SAM Stephanie Miner Michael Volpe 51.367 0,89 %
Brancos 90.558 1,56 %
Nulos 20.825 0,36 %
Total de votos 5.792.005 100 %

Referências

  1. a b Lovett, Kenneth (15 de novembro de 2016). «Gov. Cuomo plans to seek reelection despite considered possible 2020 presidential candidate». New York Daily News. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  2. Nahmias, Laura (13 de setembro de 2018). «Cuomo sails to primary victory, with eyes to the White House». Politico 
  3. «Resuls primary new york democratic». The New York Times. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  4. «New York Elctions». The New York Times. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  5. a b Lovett, Kenneth; Blain, Glenn; Fisher, Janon (23 de maio de 2018). «Gov. Cuomo overwhelmingly beats out Cynthia Nixon for Democratic Party nomination». New York Daily News 
  6. Donato, Chris (23 de maio de 2018). «Cynthia Nixon must gather signatures to get on ballot for New York governor». ABC News. Consultado em 10 de abril de 2018 
  7. Paiella, Gabriella (13 de julho de 2018). «Cynthia Nixon Got Over 65,000 Signatures to Appear on the Primary Ballot». The Cut. Consultado em 24 de julho de 2018 
  8. Jon Campbell (19 de março de 2018). «Cynthia Nixon to run for New York governor». Democrat and Chronicle. Consultado em 19 de março de 2018 
  9. a b «New York Primary Election Results». The New York Times. 24 de setembro de 2018. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  10. «Republican nomination». New York Daily News. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  11. «Molinaro tells more GOP leaders he's running for NY governor». NorthCountryPublicRadio.org. 8 de março de 2018. Consultado em 10 de março de 2018 
  12. «Green Party's Howie Hawkins likely to launch third campaign for NY governor». Consultado em 22 de maio de 2018 
  13. Murphy, Jarrett (31 de maio de 2018). «Video: Green Party Gov Nominee Says 'We Have More Leverage'». CityLimits.org. Consultado em 20 de junho de 2018 
  14. WHAM. «Rochester native joins the race for governor alongside Larry Sharpe». Consultado em 22 de maio de 2018 
  15. Gormley, Michael (4 de setembro de 2018). «Miner, Sharpe survive challenges to get on ballot for governor». Newsday. Consultado em 4 de setembro de 2018 
  16. «Breaking: Larry Sharpe Running for Governor of New York in 2018». 13 de julho de 2017. Consultado em 22 de maio de 2018 
  17. «Ex-Syracuse mayor may run for governor as independent». Times Union. 31 de maio de 2018 
  18. Shane Goldmacher (18 de junho de 2018). «Stephanie Miner to Make Independent Bid to Challenge Cuomo». The New York Times. Consultado em 18 de junho de 2018 
  19. «View Disclosure Reports». NYS Board of Elections. Consultado em 30 de janeiro de 2018 
  20. «NY governor's race: Cuomo, Molinaro agree to debate; other candidates shut out». The Associated Press. 22 de outubro de 2018. Consultado em 22 de outubro de 2018 
  21. Reisman, Nick (22 de outubro de 2018). «League Of Women Voters Debate Set For Nov. 1, Sans Cuomo». NY State of Politics. Consultado em 22 de outubro de 2018 
  22. Breidenbach, Michelle (6 de novembro de 2018). «Howie Hawkins wins enough votes to keep Green Party status in NY». Consultado em 7 de novembro de 2018 
  23. Breidenbach, Michelle (7 de novembro de 2018). «Stephanie Miner wins ballot line for new Serve America Movement in NY governor race». Consultado em 7 de novembro de 2018 
  24. «Libertarian Party of New York Achieves Ballot Access». Binghamton Homepage. 7 de novembro de 2018. Consultado em 7 de novembro de 2018 
  25. «2018 Election Results: New York Governor». CBS. 6 de novembro de 2018. Consultado em 7 de novembro de 2018 
  26. «New York elections results». Nyenr. Consultado em 8 de novembro de 2018. Arquivado do original em 20 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar