Abrir menu principal

Eleições legislativas portuguesas de 1913

← 1911 • Flag of Portugal.svg • 1915
Eleições legislativas portuguesas de 1913
153 deputados e 71 senadores ao Congresso da República
16 de novembro de 1913
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  397 038
Votantes : 150 000
  
37.8% Red Arrow Down.svg 34.1%
No flag.svg
Partido Democrático
Senadores obtidos: 24  
Deputados obtidos: 68  
  
44%
Gold flag waving.svg
Partido Republicano Evolucionista
Senadores obtidos: 16  
Deputados obtidos: 41  
  
27%
Brown flag waving.svg
Partido da União Republicana
Senadores obtidos: 18  
Deputados obtidos: 36  
  
24%
No flag.svg
Independentes
Senadores obtidos: 6  
Deputados obtidos: 6 Green Arrow Up.svg 100%
  
3%
Red flag waving.svg
Partido Socialista Português
Senadores obtidos: 2  
Deputados obtidos: 2 Red Arrow Down.svg 0%
  
2%

As eleições legislativas portuguesas de 1913 foram realizadas a 16 de Novembro, e serviram para eleger 153 deputados e 71 senadores[1].

Estas foram as primeiras eleições realizadas para o sistema bicameral, aprovado na Constituição de 1911, e, também, foram as primeiras eleições após a divisão do Partido Republicano em Democráticos, Evolucionistas e Unionistas[2].

Os resultados finais deram a vitória ao Partido Democrático, que conquistou, cerca de 44% dos votos, iniciando, assim, uma fase de amplo domínio político na Primeira República[3].

Resultados NacionaisEditar

Partido Votos % +/- Deputados +/- Senadores
Partido Democrático 44,0 Novo
68 / 153
Novo
24 / 71
Partido Republicano Evolucionista 27,0 Novo
41 / 153
Novo
16 / 71
Partido da União Republicana 24,0 Novo
36 / 153
Novo
18 / 71
Independentes 5,0
6 / 153
 3
6 / 71
Partido Socialista Português
2 / 153
 
2 / 71
Votos Inválidos
Total 150 000 100 153  81 71
Eleitorado/Participação 397 038 37,8

Referências

  1. «Eleições de 1913». maltez.info. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  2. «Eleições de 1913». maltez.info. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  3. «Eleições de 1913». maltez.info. Consultado em 30 de agosto de 2016