Abrir menu principal

Ernesto I, Duque de Saxe-Coburgo-Gota

Ernesto I
Duque de Saxe-Coburgo-Gota
Duque de Saxe-Coburgo-Gota
Reinado 12 de novembro de 1826
a 29 de janeiro de 1844
Sucessor(a) Ernesto II
Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Reinado 9 de dezembro de 1806
a 12 de novembro de 1826
Predecessor Francisco
 
Esposas Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo
Maria de Württemberg
Descendência Ernesto II de Saxe-Coburgo-Gota
Alberto de Saxe-Coburgo-Gota
Casa Wettin
Nome completo
Ernesto Antônio Carlos Luís
Nascimento 2 de janeiro de 1784
  Coburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 29 de janeiro de 1844 (60 anos)
  Gota, Confederação Germânica
Enterro Morizkirche, Cemitério em Glockenberg, Coburgo, Alemanha
Pai Francisco, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Mãe Augusta Reuss-Ebersdorf
Religião Luteranismo

Ernesto Antônio Carlos Luís (Coburgo, 2 de janeiro de 1784Gota, 29 de janeiro de 1844), feito duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld e posteriormente nomeado Ernesto I, duque de Saxe-Coburgo-Gota, foi o filho mais velho de Francisco, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld e de sua esposa, a condessa Augusta Reuss-Ebersdorf.

Índice

JuventudeEditar

Em 10 de maio de 1803, Ernesto foi nomeado precipitadamente adulto, porque seu pai estava gravemente doente na primavera daquele ano, e foi convocado para governar o ducado. Quando seu pai morreu em 1806, ele sucedeu ao ducado de Saxe-Coburgo-Saalfeld como Ernesto III, mas não pôde governá-las porque estavam ocupadas por tropas napoleônicas e sob administração francesa. Somente depois da Paz de Tilsit, em 1807, o ducado de Saxe-Coburgo-Saalfeld foi reunificado (tinha sido dissolvido) e retornou a Ernesto. Isso ocorreu através de pressão russa, uma vez que sua irmã Juliana era casada com o irmão do Czar.

Ernesto era um general prussiano e participou de batalhas contra Napoleão. Ele lutou nas batalhas de Jena (1806), de Lützen e de Leipzig (1813). Em 1814, ele avançou até a fortaleza francesa de Mainz.

Após a derrota de Napoleão na Batalha de Waterloo, o Congresso de Viena, a 9 de junho de 1815, concedeu-lhe uma área de 8,25 milhas quadradas, com 25 mil habitantes, perto da capital de Sankt Wendel. Em 1819, esse território recebeu o nome de principado de Lichtenberg, sendo vendido à Prússia em 1834.

Casamentos e filhosEditar

Em 3 de julho de 1817, em Gota, Ernesto desposou Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo. Eles tiveram dois filhos:

Duque de Saxe-Coburgo-GotaEditar

Em 1825, com a morte do último duque de Saxe-Gota-Altemburgo (tio de Luísa), houve uma reorganização dos ducados ernestinos. À época, Ernesto estava no processo de divórcio, e, por causa disso, não quiseram lhe entregar Gota. Em 12 de novembro de 1826, entretanto, eles chegaram a um acordo: Ernesto receberia Gota se cedesse, em troca, Saalfeld a Saxe-Meiningen. Ele subseqüentemente se tornou Ernesto I, Duque de Saxe-Coburgo-Gota.

HonrasEditar

AncestraisEditar

Referências

  1. Le livre d'or de l'ordre de Léopold et de la croix de fer, Volume 1 /Ferdinand Veldekens
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ernesto I, Duque de Saxe-Coburgo-Gota

BibliografiaEditar

Ernesto I, Duque de Saxe-Coburgo-Gota
Casa de Wettin
2 de janeiro de 1784 – 29 de janeiro de 1844
Precedido por
Título criado
 
Duque de Saxe-Coburgo-Gota
12 de novembro de 1826 – 29 de janeiro de 1844
Sucedido por
Ernesto II
Precedido por
Francisco
 
Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld
9 de dezembro de 1806 – 12 de novembro de 1826
Título abolido