Diferenças entre edições de "Usuário(a) Discussão:168.194.105.179"

1 046 bytes adicionados ,  04h16min de 3 de dezembro de 2018
m (Aviso 2 com Reversão e avisos)
(novo tópico: ​→‎Aviso sobre vandalismo)
[[Ajuda:Página principal|Ajuda]]</sup></small>
|} -- [[Usuário(a):79a|Sete de Nove]] <span style="background: #aaa;"><sup>[[Usuário(a) Discussão:79a|msg]]</sup></span> 12h46min de 2 de dezembro de 2018 (UTC)
 
== Aviso sobre vandalismo ==
 
A sua ação no artigo '''berimbau''' foi, novamente, revertida. Não importa se tenha inserido '''uma''' fonte: você '''apagou''' informação devidamente referenciada.
 
Vou mais além: '''estude'''. Leia o [[Dicionário do Folclore Brasileiro]], por exemplo. Ali, após '''muita pesquisa''' do alagoano [[Luís da Câmara Cascudo]], até a origem africana do instrumento é questionada.
 
Petrolina não é o centro do universo. Pernambuco, idem. Tenho lido as mais sérias e variadas obras, e só no artigo do berimbau ressuscitaram a Capitania de Pernambuco para dar tal estado como sendo a origem de um instrumento que a Bahia tem por tradicional! A falácia é tão grande que omite ser Palmares hoje no território, veja só, de Alagoas, como o pesquisador citado!
 
O artigo está entre os meus vigiados. Se voltar a vandalizá-lo, será bloqueado. Esperamos ter esclarecido. [[Usuário:André Koehne|André Koehne]] ([[Usuário Discussão:André Koehne|discussão]]) 04h16min de 3 de dezembro de 2018 (UTC)