Abrir menu principal

Estação Ferroviária de Barca da Amieira-Envendos

estação ferroviária em Portugal
(Redirecionado de Estação de Barca da Amieira-Envendos)
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a estação na Linha da Beira Alta. Se procura a antiga estação na Linha do Oeste, veja Estação Ferroviária de Amieira. Se procura o antigo apeadeiro na Linha do Oeste, veja Apeadeiro de Banhos de Amieira.
Barca da Amieira-Envendos
Linha(s) Linha da Beira Baixa
(PK 40,994)
Coordenadas 39° 31′ 33,75″ N, 7° 50′ 06,65″ O
Concelho Mação
Serviços Ferroviários Regional
Horários em tempo real
Serviços Sala de espera Telefones públicos

A Estação Ferroviária de Barca da Amieira - Envendos, originalmente conhecida como Barca d'Amieira, é uma interface ferroviária da Linha da Beira Baixa, que serve a Freguesia de Envendos, no Distrito de Santarém, em Portugal.

Índice

DescriçãoEditar

Localização e acessosEditar

Esta interface situa-se junto à localidade de Barca da Amieira.[1]

Caracterização físicaEditar

Em 2004, esta interface possuía a classificação de Estação, e dispunha de duas vias de circulação.[2] Em Janeiro de 2011, continuava a apresentar 2 vias de circulação, ambas com 466 metros de comprimento; as plataformas tinham ambas 150 metros de extensão, e 70 centímetros de altura.[3]

ServiçosEditar

Esta estação é utilizada por comboios Regionais, assegurados pela operadora Comboios de Portugal.[4]

HistóriaEditar

 
Anúncio de 1902 da Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses, onde esta estação surge com o nome de Barca d'Amieira.

Esta interface situa-se no lanço entre Abrantes e Covilhã da Linha da Beira Baixa, que começou a ser construído nos finais de 1885, e entrou em exploração no dia 6 de Setembro de 1891.[5]

Em 1932, empreenderam-se obras de melhoramento da toma de água[6], e, em 1934, foi aprovado um projecto de ampliação desta estação.[7]

Num diploma publicado no Diário do Governo n.º 240, II Série, de 15 de Outubro de 1949, o Ministério das Comunicações aprovou o processo de expropriação de duas parcelas de terreno entre os quilómetros 41,173.94 e 41,223.94, para a construção de habitações para o pessoal, na estação de Barca de Amieira.[8]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Barca da Amieira-Envendos - Linha da Beira Baixa». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 13 de Outubro de 2011 
  2. «Directório da Rede Ferroviária Portuguesa 2005». Rede Ferroviária Nacional. Outubro de 2004. p. 62, 82 
  3. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Directório da Rede 2012. Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 71-85 
  4. «Lisboa / Covilhã / Lisboa» (PDF). Comboios de Portugal. 31 de Julho de 2011. Consultado em 15 de Outubro de 2011. Arquivado do original (PDF) em 2 de setembro de 2011 
  5. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682). p. 61-64. Consultado em 24 de Junho de 2015 
  6. «O que se fez nos Caminhos de Ferro em Portugal no Ano de 1932» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 46 (1081). 1 de Janeiro de 1933. p. 10-14. Consultado em 25 de Setembro de 2010 
  7. «Viagens e Transportes» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 46 (1111). 1 de Abril de 1934. p. 184. Consultado em 25 de Setembro de 2010 
  8. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 62 (1485). 1 de Novembro de 1949. p. 669. Consultado em 24 de Junho de 2015 

Ligações externasEditar