Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ester Elias Pereira
Nascimento 14 de junho de 1971 (48 anos)
Brasília, DF
Nacionalidade brasileira
Ocupação cantora, atriz e Fonoaudióloga

Ester Elias Pereira (Brasília, 14 de junho de 1971) é uma atriz e cantora brasileira. [1]

Índice

BiografiaEditar

Ester é caçula de 9 filhos, nasceu em Brasília, onde residem seus pais, Júlio e Doracy Pereira, e 6 de seus irmãos, e a maioria de seus outros parentes. Cresceu em sua cidade natal, e já adulta viveu em cidades como São Paulo, e Rio de Janeiro, onde permanece até hoje.

Estudou na Escola de Música de Brasília e aperfeiçoou-se em cursos de extensão, inclusive no master class, com a professora cubana Emelina Lopez Morejón. Formou-se em Fonoaudiologia na Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro.

A cantora soprano-lírico, começou a cantar e corais desde muito jovem. Hoje é professora de canto e integra o Coro Feminino de Brasília. Ocupou oficialmente o posto de regente do Coral da Administração Regional do Lago Sul e do Tribunal Regional do Trabalho em Brasília.

Ester esteve atuando como solista nos musicais O Fantasma da Ópera (Mrs. Potts), Jesus Christ Superstar (Maria Madalena). E em óperas óperas como Carmina Burana, La Traviata, Colombo e Madama Butterfly, no Réquiem e Missa em Dó Maior (Mozart). E em Cenas Brasileiras (Elomar), no Projeto Cancioneiro e Lírica. Esteve nos espetáculos Disney Song's, Duet's on Broadway, acompanhada de musicais de Brasília. Apresentou-se na República Tcheca, no X Concurso Internacional de Coros, junto aos corais de Brasília; e ganhou o 1º Prêmio de Melhor Interpretação de Música Contemporânea.

Como cantora, suas últimas atuações foram nas óperas Carmen e Alzira; e a Sinfonia dos 500 Anos do Brasil. Participa do Coro Lírico do Teatro Nacional para a ópera La Bohéme. Esteve atuando nos musicais "Les Misérables" (Eponine; e interpretando mais seis papéis), "Ópera do Malandro (China Blue; atuando também em Portugal), "Cristal Bacharach" (Estela), "Lado a Lado com Sondheim" (Cantora das músicas de Stephen Sondheim) e "Império"(Maria Leopoldina).E no momento atua em "A Noviça Rebelde" (Freira/Substituta de Maria Rainer), atualmente no Rio de janeiro.

Apresentou-se em São José (Costa Rica), Buenos Aires (Argentina), Montevideo (Uruguai) e em Riva del Garda (Itália), com o Coro Feminino de Brasília, ganhando 9 prêmios nas categorias Religiosa e Gospel, além do Prêmio Especial de Melhor Interpretação de Música Gospel no concurso In… Canto Sul Garda. Obteve a 3ª colocação nas categorias Coros Eruditos e Folclore, no 3º Concurso Internacional de Coros de Elsenfeld, na Alemanha, como integrante do Coral da Universidade de Brasília.

TrabalhosEditar

Teatro MusicalEditar

  • 2008-2009 - A Noviça Rebelde - Teatro Casagrande no Shopping Leblon - Rio de Janeiro - Personagem: Freira / Maria Reiner.
  • 2007 - Império - Teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro - Personagem: Maria Leopoldina.
  • 2006 - Ópera do Malandro(de 10 a 25 de março) - Coliseu dos Recreios, em Lisboa (Portugal); Coliseu do Porto, em Porto (Portugal); - Personagem: China Blue.
  • 2005-2006 - Lado a Lado com Sondheim - Teatro Glória, no Rio de Janeiro.
  • 2005 - Ópera do Malandro(de 26 de fevereiro a 8 de maio) - Centro Cultural de Belém, em Lisboa (Portugal); Coliseu dos Recreios, em Lisboa (Portugal); Coliseu do Porto, em Porto (Portugal); Centro de Artes e Espectáculos, em Figueira da Foz (Portugal); Canecão, no Rio de Janeiro. Personagem: China Blue.
  • 2005 - Cristal Bacharach - Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília - Personagem: Estela / Irina.
  • 2004 - Ópera do Malandro(de 22 de julho a 22 de agosto) - Tom Brasil, em São Paulo - Personagem: China Blue.
  • 2003-2004 - Ópera do Malandro(de 14 de agosto a 30 de junho) - Teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro - Personagem: China Blue.
  • 2001 - Les Misérables - Teatro Paramount, em São Paulo. Personagem: Eponine.

MúsicaEditar

Outros TrabalhosEditar

  • Professora de canto
  • Coro Feminino de Brasília
  • Coral da Administração do Lago Sul e do TRT(regente)

PrémiosEditar

Concurso de coros em Riva del Garda (Itália):

  • 9 prêmios nas categorias: "Religiosa" e "Gospel".
  • Prêmio de "Melhor Interpretação de Música Gospel" no concurso "In… Canto Sul Garda"

III Concurso Internacional de Coros (Elsenfeld, Alemanha):

  • 3ª colocação nas categorias: "Coros Eruditos" e "Coros Folclore"

X Concurso Internacional de Coros (República Tcheca):

  • 1º Prêmio de "Melhor Interpretação de Música Contemporânea"

Referências