Abrir menu principal
Fernanda Berti
campeã da copa dos campeões
Voleibol
Nome completo Fernanda Berti Alves
Modalidade Voleibol indoor
Voleibol de praia
Nascimento 29 de junho de 1985 (34 anos)
São Joaquim da Barra, SP
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 75 kg Altura: 1,89 m
Medalhas
Voleibol indoor
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Copa dos Campeões
Ouro Japão 2005 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro La Paz 2005 Equipe
Universíada
Ouro Shenzhen 2011 Equipe
Campeonato Mundial Sub-20
Ouro Suphanburi 2003 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-20
Ouro La Paz 2002 Equipe
Campeonato Mundial Sub-18
Prata Pula 2001 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-18
Ouro Valencia 2000 Equipe
Jogos Mundiais Militares
Ouro Rio de Janeiro 2011 Equipe
Voleibol de praia
Competidora do  Brasil
Campeonatos Mundiais
Prata Países Baixos 2015 Equipe
Etapas do Circuito Mundial
Ouro Haia 2014 Equipe
Ouro Xiamen 2017 Equipe
Prata Gstaad 2015 Equipe
Bronze São Petersburgo 2015 Equipe
Campeonato Mundial Militar
Prata Warendorf 2014 Equipe

Fernanda Berti Alves (São Joaquim da Barra, 29 de junho de 1985) é uma voleibolista indoor brasileira que atuando como oposta serviu a Seleção Brasileira em todas as categorias, sendo campeã sul-americana na categoria infanto-juvenil e juvenil, nos anos de 2000 e 2002, respectivamente, medalha de prata no Campeonato Mundial Infanto-Juvenil de 2001 e medalhista de ouro no Campeonato Mundial Juvenil em 2003, na Tailândia. Serviu a Seleção Brasileira de Novas quando foi semifinalista nos Jogos Pan-Americanos de 2003, na República Dominicana.[1] Chegou a Seleção Principal em 2005, na conquista do título do Campeonato Sul-Americano e do ouro na Copa dos Campeões. Posteriormente, obteve o ouro nos Jogos Mundiais Militares. Atualmente, é jogadora de vôlei de praia.[2]

CarreiraEditar

Fernanda teve passagem nas categorias de base do Fluminense, sendo campeã carioca nas categorias mirim, infantil e infanto-juvenil[3] e também já integrava as categorias de base da Seleção Brasileira[4] e foi convocada para representar o país na categoria infanto-juvenil na conquista do ouro no Campeonato Sul-Americano no ano de 2000 em Valencia-Venezuela e qualificação para o mundial da categoria.No ano seguinte serviu na mesma categoria a seleção numa excursão realizada na Argentina em preparação para o Campeonato Mundial de 2001 em Pula-Croácia [4], e neste último disputou e obteve o vice-campeonato mundial[2][5][6].

Pelo ACF/Campos na categoria adulto foi campeã carioca em 2001[3] , campeã dos Jogos Abertos do Interior e obteve o título do Grand Prix Brasil de 2002[3] e neste mesmo ano serviu a Seleção Brasileira na categoria juvenil, participando conquistou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil em La Paz-Bolívia. Ainda pelo ACF/Campos conquistou do bronze na Superliga Brasileira A 2002-03[7]. Voltou em 2003 a compor as categorias de base da seleção brasileira em preparação para o Campeonato Mundial Juvenil[8] e esteve no grupo brasileiro que disputou o referido mundial, vestindo a camisa#6, este realizado em Suphanburi-Tailândia[9] conquistando a medalha de ouro[2][6][10] e mesmo não sendo titular figurou entre as atletas com melhores desempenhos: quinquagésima sétima maior pontuadora[11] e a sexagésima quinta posição entre as melhores bloqueadoras[12] e neste mesmo ano foi convocada para Seleção Brasileira de Novas (Seleção B) para disputar a edição dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo e na qual avançou as semifinais, mas o selecionado foi eliminado pelas anfitriãs e na disputa pelo bronze nova derrota, encerrando na quarta colocação em sua primeira participação nesta competição[1].

Pelo ACF/Campos conquistou o bicampeonato no Campeonato Carioca de 2003[3][13] e disputou a Superliga Brasileira A 2003-04[14] encerrando nesta edição na sexta posição.[7] Na jornada esportiva 2004-05 é contratada pelo São Caetano/Detur e por este sagrou-se vice-campeã dos Jogos Abertos do Interior de 2004[15], sediados em Barretos, campeã nos Jogos Regionais de Cotia[3] e participou por esta equipe nos Jogos Abertos Brasileiros no mesmo ano em Bento Gonçalves, conquistando a medalha de ouro[3] e ainda obteve a sétima posição na referente edição da Superliga Brasileira A[7].

Em 2005 é contratada pelo Brasil Telecom/DF [3] e neste ano é convocada pela primeira vez para Seleção Brasileira (principal) e conquistou o ouro no Campeonato Sul-Americano disputado em La Paz na Bolívia[16][17] vestindo a camisa#6 disputou a Copa dos Campões de 2005 realizada no Japão[18], conquistando o título inédito para o país[19][20].

Pelo Brasil Telecom disputou a Superliga Brasileira A 2005-06[21] encerrando na sexta colocação[7].Na temporada seguinte disputou a Superliga Brasileira A pelo Pinheiros/Blue Life[22] e encerrou na sexta posição[7].

Transferiu-se para o voleibol sul-coreano onde defendeu o KT&G Daejeon na jornada esportiva 2007-08 e na seguinte atuou pela equipe italiana do Solo Affitti Tradeco Cesena pela qual terminou na décima primeira posição da Liga A1 Italiana[23].Retornou ao voleibol nacional na temporada 2009-10 pela equipe do Sport/BMG competiu na correspondente Superliga Brasileira A[24] ao final da competição ocupou o nono lugar[25].

Nas competições de 2010-11 jogou pelo Banana Boat/Praia Clube e disputou a Superliga Brasileira A 2010-11[26] avançando as quartas de final e encerrando em sétimo lugar[27].Em 2011 foi convocada para Seleção Brasileira de Novas para disputar a edição dos Jogos Mundiais Militares realizados no Brasil e no qual conquistou a medalha de ouro[2].

Na jornada 2011-12 defendeu o Vôlei Futuro na conquista do bronze na correspondente Superliga Brasileira A[28]. E a partir de 2012 recebe o convite da CBV para integrar o projeto que seleciona atletas do voleibol indoor para efetuar a transição para o vôlei de praia, no início jogou com Drussyla , Júlia Schmidt e formou dupla com a Elize Maia quando disputou o Circuito Sul-Americano 2012/2013 jogando oito das nove etapas e chegando a sete pódios, vencendo quatro e ficando em segundo lugar em outras três e em 2013 disputaram três etapas do Circuito Mundial: os Opens de Anapa (Rússia) e Durban (África do Sul) e o Grand Slam de São Paulo (BRA)[2].

Entre seus principais resultados na praia destacam-se: ouro no Circuito Sul-Americano 2012-13 nas etapas do Uruguai, da Venezuela, da Bolívia e da Colômbia e a prata nas etapas do Chile, do Peru e do Paraguai.Em 2014 conquistou o ouro nas etapas do Peru e também da Bopívi pelo Circuito Sul-Americano 2014, no mesmo foi prata nas etapas do Brasil e do Uruguai, além do vice-campeonato do Super Praia 2014 realizado em Salvador-Bahia.[6].

Formando dupla com Josimari Alves representou o país na primeira edição do Campeonato Mundial Militar de Vôlei de Praia, sediado em Warendorf, Alemanha, realizado no período de 21 a 30 de junho de 2014[29][30][31].

Títulos e resultadosEditar

Referências

  1. a b c CBV (13 de julho de 2007). «A história do voleibol nos Jogos Pan-Americanos // Perfis da Seleção Feminina e do técnico Zé Roberto». Consultado em 21 de junho de 2014. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2013 
  2. a b c d e CBV. «Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia-Superpraia». Consultado em 1 de julho de 2014 
  3. a b c d e f g h i j k l CBV (16 de dezembro de 2005). «Superliga Feminina 05/06: Medalhistas vivem clima de reencontro e despedida no jogo entre São Caetano/Mon Bijou e Rexona-Ades- BRASILTELECOM (DF)». Consultado em 1 de julho de 2014 
  4. a b Terra Esportes (8 de julho de 2001). «Seleção feminina infanto-juvenil faz excursão na Argentina». Consultado em 1 de julho de 2014 
  5. FIVB. «2001 Girls' Youth World Championship – Croatia 2001- Standings-Final Ranking» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  6. a b c d e f g h i j k l m n o CBV. «Perfis dos Atletas- Fernanda Berti». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 8 de setembro de 2012 
  7. a b c d e f CBV (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  8. CBV (15 de abril de 2003). «SELEÇÕES BRASILEIRAS INFANTO-JUVENIL E JUVENIL FEMININAS SÃO CONVOCADAS». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 4 de maio de 2014 
  9. FIVB. «2003 Girls' Youth World Championship – Thailand 2003- BRA / - Team Composition» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  10. FIVB. «2003 Girls' Youth World Championship – Thailand 2003- Standings-Final Ranking» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  11. FIVB. «2003 Girls' Youth World Championship – Thailand 2003- Best Scorers» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  12. FIVB. «2003 Girls' Youth World Championship – Thailand 2003- Best Blockers» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  13. Terra Esportes (2 de novembro de 2003). «Campos é campeão invicto do Carioca feminino». Consultado em 1 de julho de 2014 
  14. «Superliga 2003-2004- ACF/Campos». Melhor do Vôlei. 6 de janeiro de 2009. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  15. a b FPV (20 de setembro de 2004). «MRV-MINAS É CAMPEÃ DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 1 de julho de 2014 
  16. Todor66 (20 de setembro de 2004). «Women Volleyball XXVI South America 2005 La Paz (BOL) - 17-23.09 Winner Brazil» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  17. CSV (24 de setembro de 2005). «Campeonato Sudamericano Femenino: Brasil conquista facil su 14º titulo continental» (em espanhol). Consultado em 1 de julho de 2014 
  18. FIVB. «Teams & Coaches» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  19. CSV (21 de novembro de 2005). «Copa de Campeones Femenina Selección brasileña conquista título inédito» (em espanhol). Consultado em 1 de julho de 2014 
  20. Todor66. «Women Volleyball Grand Champions Cup 2005-15-20.11 Winner Brazil» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  21. FPV (30 de janeiro de 2006). «Pinheiros/Blue Life vence o Brasil Telecom em casa». Consultado em 1 de julho de 2014 
  22. FPV (7 de fevereiro de 2007). «Pinheiros/Blue Life vence Fiat/Minas». Consultado em 1 de julho de 2014 
  23. Lega Volley. «Solo Affitti Tradeco Cesena» (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2014 
  24. CBV. «FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA -SUPERLIGA FEMININA 2009/2010-EQUIPE- SPORT/BANCO BMG». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 8 de abril de 2014 
  25. CBV (22 de março de 2010). «VOLEIBOL-Resultados / Classificação- SUPERLIGA FEMININA 2009/2010» (PDF). Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de março de 2016 
  26. CBVl. «FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA -SUPERLIGA FEMININA 2010/2011-EQUIPE- BANANA BOAT/PRAIA CLUBE». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  27. CBV. «SUPERLIGA FEMININA 2010/2011-Play-Offs». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  28. a b CBV. «SUPERLIGA FEMININA 2011/2012-Classificação». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  29. «Yearbook 2014-Rapport annuel-Conseil International du Sport Militaire-1ST-WORLD MILITARY BEACH VOLLEY CHAMPIONSHIP-Págs.56-61». CISM (em inglês). 2014. Consultado em 30 de maio de 2017. Cópia arquivada em 30 de maio de 2017 
  30. Die Glocke.de (29 de junho de 2014). «Laboureur/Sude holen die WM-Goldmedaille» (em alemão). Consultado em 29 de maio de 2017 
  31. Freenet.de (29 de junho de 2014). «Beachvolleyball: Sude/Laboureur siegen bei Militär-WM» (em alemão). Consultado em 29 de maio de 2017. Arquivado do original em 6 de junho de 2017 

Ligações externasEditar