Fernando de Noronha, 2.º Conde de Vila Real

Disambig grey.svg Nota: Se procura por alguma outra definição de Fernando de Noronha, veja Fernando de Noronha (desambiguação).
Fernando de Noronha, 2.º Conde de Vila Real
Nascimento Década de 1380
Burgos
Morte junho de 1445 (65 anos)
Cidadania Coroa de Castela
Progenitores Mãe:Isabel de Portugal, senhora de Viseu
Pai:Afonso Henriques, conde de Gijón e Noronha
Cônjuge Brites de Meneses, 2.ª Condessa de Vila Real
Filho(s) Pedro de Meneses, 1.º Marquês de Vila Real, João de Noronha, senhor de Sortelha
Irmão(s) Pedro de Noronha, Sancho de Noronha, 1.º conde de Odemira, Constança de Noronha

Dom Fernando de Noronha, 2.º conde de Vila Real, (Burgos, 1378 — Ceuta, 1445) foi um nobre hispano-português,

BiografiaEditar

Exerceu o cargo de conselheiro do rei, camareiro-mor do infante D. Duarte, foi 2.° conde de Vila Real (por carta datada de 7 de Setembro de 1434), capitão e 2.° governador de Ceuta, por ordem real recebida por carta de D. Duarte, com data de 18 de Outubro de 1437 e onde morreu em 2 ou 3 de Junho de 1445.

Relações familiaresEditar

Era filho de Afonso Henriques, conde de Gijón e Noronha (filho natural de Henrique II de Castela) e da infanta Isabel de Portugal (filha natural de Fernando I de Portugal). O casamento destes dois bastardos reais ibéricos gerou o ramo familiar dos Noronha.

Após a morte de D. Afonso, a infanta D. Isabel regressou a Portugal com seus filhos, sendo acolhida na corte de seu tio, o rei D. João I. D. Fernando tornou-se fidalgo da casa do príncipe herdeiro, D. Duarte.

Fernando de Noronha veio a casar, depois de 18 de Outubro de 1430, com D. Brites de Meneses, 2.ª condessa de Vila Real, filha herdeira de D. Pedro de Meneses, 1.° Conde de Viana, 1.º Conde de Vila Real, alferes-mor de El-Rei D. Duarte e 1.º Capitão e 1.º Governador Donatário de Ceuta, e de sua primeira mulher, a Condessa D. Margarida de Miranda, filha de Martim Afonso Charneca, Bispo do Porto e Bispo de Braga.

Do casamento de Fernando de Noronha com Brites de Meneses nasceram:

  1. D. Pedro de Meneses, 1.º Marquês de Vila Real (1425 -?) casou com D. Beatriz de Bragança (de quem descende a Casa de Vila Real).
  2. D. João de Noronha, "o Dentes", senhor de Sortelha (1420 -?) casou com D. Joana de Castro, Senhora de Cascais e Monsanto (de quem descendem os condes de Monsanto/Marqueses de Cascais).

Títulos, Morgados e SenhoriosEditar

Foram progenitores dos Duques de Vila Real, dos Duques de Caminha, cuja progenitura se acabou no cadafalso do Rossio, com D. Miguel de Meneses, 2.° Duque de Caminha, em 29 de Agosto de 1641 dos Condes de Linhares, dos Condes de Valadares, dos Condes de Parati, da varonia dos Marqueses de Cascais, entre outros.

ReferênciasEditar

  • História e Gente de Dornelas, IV, 52 e seg. e Hist. da Cidade de Ceuta, de Mascarenhas, 168.
  • História e Gente de Dornelas, IV, 55 e Brasões, de Braamcamp, 1, 126.
  • Chancelaria de D. Afonso V, Liv.° 11, fis. 69 e Hist. da Cid. de Ceuta, de Mascarenhas, 226.
  • Gayo, Manuel José da Costa Felgueiras, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989, vol. VII-pg. 593 (Noronhas).
  • Nobreza de Portugal e Brasil - 3 vols, Direcção de Afonso Eduardo Martins Zuquete,

Editorial Enciclopédia, 2ª Edição, Lisboa, 1989, vol. 3-pg. 523.

Precedido por
Duarte de Meneses, Conde de Viana
Governador de Ceuta
14381445
Sucedido por
António Pacheco
  Este artigo sobre figuras históricas de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.