Festival RTP da Canção 1973

Festival RTP da Canção 1973
Festival Eurovisão da Canção
Edição
X
Datas
Final 26 de fevereiro de 1973
Produção
Local Portugal Teatro Maria Matos, Lisboa, Portugal
Transmissão Portugal Televisão: RTP1
Rádio: Rádio Clube Português
Participantes
Número de participantes 9 intérpretes e 10 canções
Votação
Sistema de voto Cada júri distrital dispunha de 20 votos a distribuir pelas canções que pretendesse premiar. Cada júri de seleção tinha 10 votos, no total, para atribuir.
Canção vencedora "Tourada", Fernando Tordo
Cronologia
         EuroPortugal.svg     Fleche-defaut-droite-gris-32.png  

O X Grande Prémio TV da Canção 1973 foi o décimo Festival RTP da Canção, e teve lugar no dia 26 de fevereiro de 1973, no Teatro Maria Matos, em Lisboa.

Alice Cruz e Artur Agostinho foram os apresentadores do festival que foi ganho por Fernando Tordo com a canção Tourada.[1]

FestivalEditar

O X Grande Prémio TV da Canção Portuguesa decorreu a 26 de fevereiro no Teatro Maria Matos, em Lisboa. Para este festival a RTP selecionou 10 canções e seis delas tiveram assinatura poética de Ary dos Santos, quatro delas em parceria com Fernando Tordo. Este festival teve apresentação de Alice Cruz e de Artur Agostinho. Os cantores que deram voz aos temas apurados foram, por ordem de desfile: Tonicha, os Mini-Pop, Fernando Tordo (canções 3 e 9), Luís Duarte, Paco Bandeira, Paulo de Carvalho, Improviso, Duarte Mendes e Simone de Oliveira.

Este certame também ficou marcado pelo regresso de Simone de Oliveira às canções, após ter estado cerca de 3 anos impossibilitada de cantar. Esta cantora foi galardoada com o Prémio de Interpretação pelo seu desempenho em "Apenas o meu povo", uma canção da dupla Ary dos Santos/Fernando Tordo.

O apuramento da canção vencedora foi da responsabilidade do J júri distrital e de nove elementos que compunham o júri de seleção. Cada júri distrital tinha 20 pontos para distribuir, conforme entendesse, pelas canções a concurso. Cada um dos nove elementos do júri de seleção dispunha de 10 votos. Depois de uma renhida luta entre as canções "Tourada" e "É por isso que eu vivo", o tema interpretado por Fernando Tordo consagrou-se vencedor com 115 pontos, apenas mais 4 que a canção defendida por Paco Bandeira.

"Tourada" tornou-se muito polémica após a noite do Festival porque este poema era muito mais que uma canção de teor tauromáquico, esta canção bandarilhava o regime de então, na medida em que fazia uma crítica acutilante ao regime político e social vigente. Ainda foi colocada a hipótese de não permitir que "Tourada" fosse à Eurovisão, mas os receios das repercussões negativas que esta atitude teria internacionalmente falou mais alto e assim o poder político deixou Fernando Tordo levar esta nossa "Tourada" ao ESC.

Final - 26 de fevereiro de 1973
# Artista Canção Compositor (c) / Música (m) Pontuação Classificação
Tonicha "A rapariga e o poeta" José Calvário (m), José Nisa (c) 5
Mini-pop "Menina de luto" Carlos Canelhas (m), António de Sousa Freitas (c) 14
Fernando Tordo "Tourada" Fernando Tordo (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 115
Luís Duarte "Minha senhora das dores" Fernando Tordo (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 10º 3
Paco Bandeira "É por isso que eu vivo" Paco Bandeira (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 111
Paulo de Carvalho "Semente" Fernando Guerra (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 62
Improviso "Cantiga" João Rafael (m & c) 19
Duarte Mendes "Gente" José Calvário (m), José Nisa (c) 91
Fernando Tordo "Carta de longe" Fernando Tordo (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 23
10º Simone de Oliveira "Apenas o meu povo" Fernando Tordo (m), José Carlos Ary dos Santos (c) 7

Referências

Ligações externasEditar