Abrir menu principal

A RKO em 1951Editar

 
Apesar de estrelado por Robert Mitchum e Ava Gardner (aqui em cena do trailer), e a despeito de seus opulentos figurinos e cenários, My Forbidden Past fracassou nas bilheterias e deu um prejuízo de setecentos mil dólares à RKO.[1]

Como primeiro passo para satisfazer o "decreto consensual" antitruste firmado entre o governo e os grandes estúdios em 1949, a corporação Radio-Keith-Orpheum deixou de existir. Em seu lugar, foram criadas duas novas empresas: a RKO Pictures Corporation e a RKO Theatres Corporation, sendo que, pelo acordo, umas delas teria de ser vendida imediatamente. Isso, porém, só viria a acontecer três anos mais tarde. De qualquer maneira, a RKO foi o segundo estúdio a separar sua cadeia de salas exibidoras de sua área de produção e distribuição (o primeiro foi a Paramount Pictures).[1] Esse foi o início do fim do "sistema de estúdios" (também conhecido por "star system") praticado pela Hollywood clássica.

O estúdio continuava a estipular prazos para suas produções, e deixar sistematicamente de cumpri-los. As agências de talentos aconselhavam seus melhores cliente a passar longe da RKO, que a essa altura tornara-se um misto de motivo de gozações e pária da indústria cinematográfica.[1][2] Os "whiz kids" Jerry Wald e Norman Krasna, contratados bombasticamente no ano anterior, já não conseguiam esconder a insatisfação, pois Howard Hughes, esquecido de suas promessas, tratava-os com o mesmo descaso a que os outros produtores da casa estavam acostumados.[1][2] O produtor executivo Samuel Bischoff saiu em novembro, depois de um ano e meio de tumultuada convivência com Hughes. Ninguém foi chamado para ocupar a vaga.

A RKO lançou trinta e oito títulos em 1951, a despeito de todos os problemas. Os mais bem sucedidos nas bilheterias foram The Blue Veil, Payment on Demand e The Racket.[1] Prêmios Oscar foram concedidos ao documentário Kon-Tiki e ao curta-metragem Nature's Half Acre, dos Estúdios Disney. A produção japonesa Rashomon (1950), comprada pelo estúdio para distribuição no ano seguinte, também foi galardoada com uma estatueta.

O estúdio declarou um lucro de $334,627, o que, segundo os historiadores Richard B. Jewell e Vernon Harbin, foi um dos maiores milagres da história da contabilidade.[1]

Prêmios OscarEditar

Vigésima quarta cerimônia, com os filmes exibidos em Los Angeles no ano de 1951.

Filme Indicações Premiações
Alice in Wonderland Melhor Trilha Sonora ---
The Blue Veil Melhor Atriz (Jane Wyman)
Melhor Atriz Coadjuvante (Joan Blondell)
---
I Want You Melhor Mixagem de Som ---
Kon-Tiki Melhor Documentário Melhor Documentário
Lambert, The Sheepish Lion Melhor Curta-Metragem de Animação ---
Nature's Half-Acre Melhor Curta-Metragem em Live-Action: 2 Bobinas Melhor Curta-Metragem em Live-Action: 2 Bobinas
Rashomoon Melhor Filme Estrangeiro Melhor Filme Estrangeiro
Two Tickets to Broadway Melhor Mixagem de Som ---

Os filmes do anoEditar

Título original Título PT/BR Título PT/PT Astros Diretor
Alice in Wonderland Alice no País das Maravilhas Alice no País das Maravilhas Animação Clyde Geronimi et alli
Behave Yourself Temido e Desejado Cuidado, Rapaz Farley Granger, Shelley Winters George Beck
Best of the Badmen O Melhor dos Homens Maus Coração de Bandido Robert Ryan, Claire Trevor William D. Russell
The Blue Veil Ainda Há Sol em Minha Vida O Véu Azul Jane Wyman, Charles Laughton Curtis Bernhardt
The Company She Keeps A Carne e a Alma Más Companhias Lizabeth Scott, Jane Greer John Cromwell
Cry Danger Golpe do Destino Grito de Alarme Dick Powell, Rhonda Fleming Robert Parrish
Double Dynamite Isto Sim Que É Vida Casar Não Custa Frank Sinatra, Groucho Marx Irving Cummings
Drums in the Deep South Os Tambores Rufam ao Amanhecer O Monte do Diabo James Craig, Barbara Payton William Cameron Menzies
Flying Leathernecks Horizonte de Glórias Inferno nas Alturas John Wayne, Robert Ryan Nicholas Ray
Footlight Varieties Jack Paar, Leon Errol D.W. Griffith et alli
Gambling House Terra do Meu Destino O Palácio da Perdição Victor Mature, Terry Moore Ted Tetzlaff
Gunplay Valentes Destemidos Tim Holt, Joan Dixon Lesley Selander
Happy Go Lovely O Mundo a Seus Pés Horas de Sonho David Niven, Vera-Ellen H. Bruce Humberstone
Hard, Fast and Beautiful Laços de Sangue O Preço da Fama Claire Trevor, Sally Forrest Ida Lupino
His Kind of Woman Seu Tipo de Mulher Redenção Robert Mitchum, Jane Russell John Farrow
Hot Lead Balas da Vingança Tim Holt, Joan Dixon Stuart Gilmore
Hunt the Man Down Gig Young, Lynne Roberts George Archainbaud
I Want You Não Quero Dizer-Te Adeus Enfrentando a Tormenta Dana Andrews, Dorothy McGuire Mark Robson
Jungle Headhunters Documentário ---
Jungle of Chang Documentário Pál Fejös, Gunnar Skoglund
Kon-Tiki Kon-Tiki Documentário Thor Heyerdahl
Law of the Badlands A Lei dos Maus Tim Holt, Joan Dixon Lesley Selander
Lilli Marlene Lisa Daniely, Hugh McDermott Arthur Crabtree
My Forbidden Past Orgulho e Ódio Duas Rivais Robert Mitchum, Ava Gardner Robert Stevenson
On the Loose Abismos do Desejo Liberdade Perigosa Joan Evans, Melvyn Douglas Charles Lederer
Overland Telegraph Sabotagem no Prado Tim Holt, Gail Davis Lesley Selander
Payment on Demand Depois da Tormenta Ambiciosa Bette Davis, Barry Sullivan Curtis Bernhardt
Pistol Harvest Roubo no Rancho Tim Holt, Joan Dixon Lesley Selander
The Rackett A Estrada dos Homens sem Lei Suborno Robert Mitchum, Lizabeth Scott John Cromwell
Roadblock Charles McGraw, Joan Dixon Harold Daniels
Saddle Legion Ginete Audacioso Tim Holt, Dorothy Malone Lesley Selander
Sealed Cargo O Corsário Maldito Corsário Maldito Dana Andrews, Carla Balenda Alfred L. Werker
Slaughter Trail Fronteiras da Crueldade Brian Donlevy, Gig Young Irving Allen
Tarzan's Peril Tarzan em Perigo Tarzan em Perigo Lex Barker, Virginia Huston Byron Haskin
The Thing O Monstro do Ártico A Ameaça Margaret Sheridan, Kenneth Tobey Christian Nyby
Tokyo File 212 Tóquio, Intriga Oriental Florence Marly, Lee Frederick Dorrell McGowan, Stuart E. McGowan
Two Tickets to Broadway Vinho, Mulheres e Música Dois Bilhetes para a Glória Tony Martin, Janet Leigh James V. Kern
The Whip Hand Cruéis Dominadores Carla Balenda, Elliott Reid William Cameron Menzies

Referências

  1. a b c d e f JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  2. a b Rodrigues da Silva, Divino (1992). «A História e os Filmes da RKO na Década de 50». edição de autor. Matinê (3) 

BibliografiaEditar