Abrir menu principal

Fire Emblem: Radiant Dawn

vídeojogo de 2007
Fire Emblem: Radiant Dawn
Desenvolvedora(s) Intelligent Systems
Publicadora(s) Nintendo
Diretor(es) Taeko Kaneda
Produtor(es) Toru Narihiro
Hitoshi Yamagami
Escritor(es) Ken Yokoyama
Artista(s) Senri Kita
Compositor(es) Yoshito Hirano
Chika Sekigawa
Naoko Mitome
Plataforma(s) Wii
Série Fire Emblem
Data(s) de lançamento
  • JP 22 de fevereiro de 2007
  • AN 5 de novembro de 2007
  • EU 14 de março de 2008
Gênero(s) RPG de estratégia
Modos de jogo Um jogador
Fire Emblem:
Path of Radiance
Fire Emblem:
Shadow Dragon

Fire Emblem: Radiant Dawn (ファイアーエムブレム 暁の女神 Fire Emblem: Akatsuki no Megami?) é um jogo eletrônico de RPG de estratégia desenvolvido pela Intelligent Systems e publicado pela Nintendo para o Wii.[1][2] É a continuação direta de Fire Emblem: Path of Radiance, acontecendo três anos após o final deste.[3]

JogabilidadeEditar

Radiant Dawn mantêm a jogabilidade de Fire Emblem: Path of Radiance. Todos os personagens jogáveis desse são jogáveis na sequência, exceto o berserker Largo.[4]

EnredoEditar

O jogo é dividido em quatro partes. A Parte 1 conta a história da Dawn Brigade, uma equipe de personagens inéditos (Micaiah, Nolan, Edward e Leonardo) que, juntamente com o já conhecido Sothe, lutam para liberar o reino de Daein do comando abusivo de Begnion e levar o príncipe Pelleas à capital para que se torne o rei. Durante a Parte 2, Elincia, Lucia, Geoffrey, Marcia, Haar, Leanne e outros lutam contra uma rebelião que deseja tirar Elincia do governo de Crimea. Na Parte 3, Ranulf informa a Ike que a Aliança dos Laguz (formada por Gallia, Kilvas e Phoenicis) começou uma guerra contra Begnion, e os Mercenários de Greil decidem ajudá-los. Na Parte , os grupos se unem para salvar o continente de ser obliterado. [carece de fontes?]

Referências

  1. GameSpot
  2. UOL
  3. Múltiplos reviews no site GameFaqs
  4. Brian Sulpher. «IGN: Fire Emblem: Radiant Dawn guide—characters». IGN. Consultado em 12 de julho de 2008. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2008 

Ligações externasEditar