Abrir menu principal

Floresta do Araguaia

Município brasileiro do estado do Pará
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Araguaia, veja Araguaia.
Floresta do Araguaia
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Floresta do Araguaia
Bandeira
Brasão de armas de Floresta do Araguaia
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Capital do abacaxi"
Gentílico florestense ou araguaiense
Localização
Localização de Floresta do Araguaia no Pará
Localização de Floresta do Araguaia no Pará
Floresta do Araguaia está localizado em: Brasil
Floresta do Araguaia
Localização de Floresta do Araguaia no Brasil
Mapa de Floresta do Araguaia
Coordenadas 7° 33' 14" S 49° 42' 46" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Distância até a capital Não disponível
História
Fundação 1970 (49 anos)
Emancipação 15 de outubro de 1993 (26 anos)
Aniversário 21 de abril
Administração
Prefeito(a) Adélio dos Santos (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 3 444,251 km²
População total (IBGE/2017[2]) 19 746 hab.
Densidade 5,73 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,583 baixo
PIB (IBGE/2014[4]) R$ 314 167,14 mil
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 16 530,76


Floresta do Araguaia é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se na microrregião de Conceição do Araguaia e na mesorregião do Sudeste Paraense. O município tem 19.746 habitantes (2017) e 3459 km² de área territorial.

HistóriaEditar

Até o ano de 1970 o território municipal só encontrava pequnos povoados colonizadores instalados às margens do Rio Araguaia, que instalaram-se ali a partir da década de 1910. Cabe ressaltar que os povos indígenas residiam na área territorial de Floresta do Araguaia desde tempos imemoriais.[5]

O marco de formação do povoado de Floresta do Araguaia foi com a chegada da família Barbadinho, que estabeleceu-se por volta do ano de 1970, em uma área de densa floresta e de terras férteis, longe do Rio Araguaia, nas proximidades das cabeceiras de um dos afluentes do Rio Maria.[5]

A primeira missa da localidade foi feita no dia 31 de dezembro de 1971 pelo Monsenhor Augusto Dias Brito. Em seguida Monsenhor Brito resolveu construir um campo de pouso e uma capela para a celebração das missas. Após este período, muitas famílias vieram se estabelecer ali atraídas pelas terras férteis e as vastas pastagens naturais que ofereciam o campo; o Monsenhor Brito, além de líder espiritual, era o líder político, na medida em que aqueles que desejavam ali residir precisavam de sua permissão.[5]

Nesse período também surge a figura do médico Ulisses Vieira, servindo de ponte política com o governo do Pará, diante do governador Alacid Nunes; Dr. Vieira conseguiu 17 glebas de 900 alqueires de terra em 19 de abril de 1973, para criação oficial de uma colônia agrícola. Nesse período também é aberta a estrada de ligação com a BR-155, que posteriormente foi denominada de PA-449.[5]

Em 1988 o empresário José Pereira Barbosa implantou o empreendimento Mineração Vale das Andorinhas. O projeto fez crescer economicamente a Vila da Floresta do Araguaia, ao captar muita mão-de-obra, fazendo com que chegasse à região muitos imigrantes vindos do Tocantins, Goiás e Maranhão. Graças à mineração, a rede elétrica trifásica chegou ao Vilarejo de Floresta do Araguaia.[5]

Após intensa mobilização popular, em 28 de abril de 1991 foi aprovada realização do plebiscito para a emancipação do distrito de Floresta do Araguaia, que pertencia ao município de Conceição do Araguaia. O plebiscito confirmou a vitória pela emancipação. No dia 7 abril de 1992 o resultado foi aprovado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará. Porém, em virtude de algumas escaramuças politicas, a emancipação só veio acontecer com a lei estadual nº 5.760 de 15 de outubro de 1993.[6]

Foi efetivamente emancipado administrativamente com a posse de Francisco José Medeiros Barbosa, prefeito eleito, com gestão a partir de 1º de janeiro de 1997.[6]

GeografiaEditar

 
Escola Municipal Sorriso do Araguaia, localizada na Vila Bela Vista do Araguaia.

Floresta do Araguaia limita-se com os municípios de Conceição do Araguaia, Rio Maria, Pau D'Arco e Redenção, além de fazer fronteira com o estado do Tocantins.

O clima do município é tropical úmido, com inverno seco. O período mais chuvoso é entre os meses de novembro a abril. Chove, em média, de 120 a 150 dias por ano. As temperaturas variam de 25 °C a 33 °C.

SubdivisõesEditar

O município é subdividido em dois distritos principais: a sede, formada basicamente pela cidade de Floresta do Araguaia, e; o distrito de Bela Vista do Araguaia, que dista cerca de 36 km em linha reta da cidade de Floresta do Araguaia.

Outras vilas e localidades importantes são: Ametista, Barreira Grande e Travessão.

EconomiaEditar

Floresta é o município que mais produz abacaxi no Brasil, registrando produção de mais duzentos milhões de frutos por ano; com safra intensa de dezembro à maio, saia em 2015, todos os dias, cerca de sessenta caminhões carregados para vários lugares do Brasil.[7]

Floresta do Araguaia ainda é sede da maior indústria de suco concentrado da fruta do Brasil, com capacidade de quatro mil toneladas/mês, exportando para os países da União Europeia, NAFTA, Liga Árabe e Mercosul.[7]

InfraestruturaEditar

A única via de acesso rodoviário do município efetivamente concluída é a PA-449, que, até 2018, ainda não possuía pavimento asfáltico, mesmo sendo a principal via de escoamento da produção agropecuária de Floresta do Araguaia.[8]

Outro acesso é feita pelo vicinais, principalmente ao distrito de Bela Vista do Araguaia.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data em 1º de julho de 2017» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 30 de agosto de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  4. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 28 de dezembro de 2016 
  5. a b c d e Martins, Érica. História de Floresta do Araguaia. Blog Capital do Abacaxi. 5 de fevereiro de 2012.
  6. a b Santos, Raimundo Nonato Pereira dos. (org.) (18 de dezembro de 1997). Lei Orgânica do Município de Floresta do Araguaia (PDF). Floresta do Araguaia: Câmara Municipal de Floresta do Araguaia 
  7. a b Abacaxi faz o Pará despontar como o maior produtor nacional do fruto. Adepará. 24 de maio de 2017.
  8. «Pavimentação e pontes em concreto garantem mobilidade e segurança nas estradas». Secretaria de Transportes do Pará. 23 de abril de 2018 

Ligações externasEditar