Abrir menu principal

Wikipédia β

Fox News Channel

(Redirecionado de Fox News)
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Fox News Channel» na Wikipédia em inglês (desde abril de 2016). Ajude e colabore com a tradução.

Fox News Channel (FNC), também conhecido como Fox News, é um canal básico de notícias de televisão a cabo e via satélite americano que pertence a Fox Entertainment Group, subsidiária da 21st Century Fox. Em fevereiro de 2015, aproximadamente 94.700.000 de lares americanos (81.4% dos clientes de cabo, satélite e telecomunicações) são aptos a receber a Fox News Channel.[1] O canal transmite principalmente a partir de seus estúdios no número 1211 da Avenue of the Americas.

Fox News Channel
Fox News Network, LLC
Tipo Canal de televisão por assinatura
País  Estados Unidos
Fundação 7 de outubro de 1996 (1996-10-07)
Pertence a Fox Entertainment Group
Proprietário 21st Century Fox
Sede Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque
Slogan Fair & Balanced
Formato de vídeo
Canais irmãos
Cobertura Internacional
Página oficial foxnews.com
Disponibilidade por satélite
DirecTV
  • Canal 360 (HD/SD)
Dish Network
  • Canal 205 (HD/SD)
Bell TV
  • Canal 507
Shaw Direct
  • Canal 503 / 154
Foxtel
  • Canal 604
Sky TV (Nova Zelândia)
  • Canal 88
Sky Itália
  • Canal 514
Sky
  • Canal 509
Digital+
  • Canal 77
Now TV
  • Canal 77
StarHub
  • Canal 702
Meo (Portugal)
  • Canal 208
Cignal Digital TV
  • Canal 41
OSN
  • Canal 411
Oi TV (Brasil)
Disponibilidade por cabo
Disponível na maioria dos provedores de cabo
Verifique as listagens locais para ver o canal
In-House (Washington)
Canal 18
Verizon FiOS
  • Canal 618 (HD)
  • Canal 118 (SD)
Disponibilidade por rádio
Sirius
Canal 114
XM
Canal 114
Disponibilidade via ADSL
Sky Angel
Canal 318
Bell Fibe TV (Canadá)
Canal 507
Southern Fibernet (Atlanta, GA)
578 (SD)
1578 (HD)
Disponibilidade digital
FoxNewsGo.com
Assistir ao vivo [nota 1]
PlayStation Vue
IPTV

O canal foi criado pelo magnata da mídia australo-americano Rupert Murdoch, que contratou o ex-consultor de mídia do Partido Republicano e executivo da NBC Roger Ailes como o seu CEO fundador.[2] Ele foi lançado em 7 de outubro de 1996,[3] para 17 milhões de assinantes de cabo.[4] O canal cresceu durante a década de 1990 e 2000 para se tornar a rede de notícias a cabo dominante nos Estados Unidos.[5]

A rede Fox News tem sido acusada de fazer reportagens de cunho tendencioso e promover o Partido Republicano, de orientação conservadora.[6][7] O canal, contudo, nega as acusações de ser partidário ou parcial.[8]

Índice

Notas

  1. Apenas para assinantes de cabo nos EUA; requer um login de provedores de televisão participantes para acessar o stream.

Referências

  1. Seidman, Robert (22 de fevereiro de 2015). «List of how many homes each cable network is in as of February 2015». TV by the Numbers. Zap2it. Consultado em 14 de março de 2015 
  2. Mifflin, Lawrie (7 de outubro de 1996). «At the new Fox News Channel, the buzzword is fairness, separating news from bias». The New York Times. Consultado em 4 de maio de 2010 
  3. Brancaccio, David (7 de outubro de 1996). «Marketplace: News Archives». Marketplace. Consultado em 12 de maio de 2010. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2010 
  4. King, Angela G. (7 de outubro de 1996). «Fox Hunts TV News Niche with Channel Debut Today». New York Daily News 
  5. Gillette, Felix (October 1, 2008). "Viewers Continuing to Flock to Cable News Networks". The New York Observer.
  6. Memmott, Mark. «Film accuses Fox of slanting the news». USA Today. Consultado em 18 de maio de 2016. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2010 
  7. Paul La Monica (2009). Inside Rupert's Brain. [S.l.]: Peter Lang. p. 5. ISBN 1101016590 
  8. Memmott, Mark. «Fox newspeople say allegations of bias unfounded». USA Today. Consultado em 15 de agosto de 2009. Cópia arquivada em 18 de maio de 2016  Stelter, Brian (12 de outubro de 2009). «Fox's Volley With Obama Intensifying». The New York Times. Consultado em 18 de maio de 2016. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2010 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons