Abrir menu principal

Francisco Fortes Calvo

futebolista espanhol

Francisco Fortes Calvo, ou "Paco Fortes," é um antigo jogador e treinador de futebol, tendo-se retirado do mundo futebolístico em 2008.

Francisco Fortes Calvo
Informações pessoais
Nome completo Francisco Fortes Calvo
Data de nasc. 4 de Janeiro de 1955 (64 anos)
Local de nasc. Barcelona, Flag of Spain.svg Espanha
Altura 1,68 metros
Apelido El Feo
Informações profissionais
Equipa atual Retirado do fuebol
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1975-1976
1976-1977
1977-1979
1979-1982
1982-1984
1984-1989
Espanha FC Barcelona
Espanha CD Malaga
Espanha FC Barcelona
Espanha RCD Español
Espanha Real Valladolid
Portugal SC Farense
Seleção nacional
1975 Flag of Spain.svg Espanha 1
Times/Equipas que treinou
1989-1998
1998-2001
2001-2002
2002-2003
2003-2006
2006-2007
2007-
Portugal SC Farense
Portugal Imortal DC
Portugal União de Lamas
Portugal SC Farense
Portugal CD Pinhalnovense
Marrocos Raja Casablanca
Portugal CD Pinhalnovense

No mundo do futebol, dizia-se o catalão mais farense de que há memória.


Percurso como jogadorEditar

Clube País Ano
FC Barcelona   Espanha 1975-1976
CD Málaga   Espanha 1976-1977
FC Barcelona   Espanha 1977-1979
RCD Español   Espanha 1979-1982
Real Valladolid   Espanha 1982-1984
SC Farense   Portugal 1984-1989

Paco Fortes, considerado por muitos o melhor jogador de sempre da história do SC Farense, antes de rumar ao Algarve jogou no Barcelona ao lado de figuras conhecidas como Marinho Peres. A sua característica principal era a sua garra pelo jogo. Um dos episódios que protagonizou foi num jogo com o FC Porto em que Fortes marca um golo limpo num golpe de cabeça "à peixe" e o árbitro Alder Dante decidiu anular por pretenso fora-de-jogo ou o célebre episódio de Olhão, num empate a 2-2, em que houve "mosquitos por cordas" com Paco Fortes, envolvendo inclusive a intervenção da polícia e do tribunal.

Chegou a disputar 1 jogo com a selecção espanhola, debutando num jogo contra a Roménia a 16 de Novembro de 1975 em Bucareste.


Percurso como treinadorEditar

Clube País Ano
SC Farense   Portugal 1989-1998
Imortal DC   Portugal 1998-2001
União de Lamas   Portugal 2001-2002
SC Farense   Portugal 2002-2003
Pinhalnovense   Portugal 2003-2006
Raja de Casablanca   Marrocos 2006-2007
Pinhalnovense   Portugal 2007-2008

Enquanto treinador pegou na equipa no final da época 88-89 e quase safou a equipa da descida de divisão. No ano seguinte o Farense chegava pela primeira vez na sua história à final da Taça de Portugal e subia de novo à Primeira Divisão. A época de 94/95 viria a ser um novo marco histórico do técnico catalão ao comando do SC Farense, pela primeira vez o clube iria estar presente na Taça UEFA. Durante mais de uma década comandou a equipa, vindo a voltar cerca de duas épocas depois de ter saído, não evitando novamente a descida. Ainda começou a treinar a equipa na II Liga, mas depois já não terminou a época em Faro.

Depois de treinar o Pinhalnovense da 2ª Divisão B de 2002/03 a 2004/05, rumou a Marrocos no Raja de Casablanca juntamente com Hajry, que também jogou no SC Farense, mas a experiência não foi de todo positiva o que o fez regressar novamente ao clube de Pinhal Novo, que treinou na época de 2007/2008.

ActualidadeEditar

Paco Fortes retirou-se do mundo futebolístico no final da época de 2007/2008 e atravessou um período de enormes dificuldades financeiras que o levaram a perder a casa e a ter que dormir numa furgoneta. Em desespero, pediu ajuda ao FC Barcelona, que através da sua associação de veteranos, o ajudou, tendo-lhe arranjado um emprego como controlador no Porto de Barcelona, onde actualmente trabalha.[1]

Referências

  1. Sport, ed. (1 de Julho de 2009). «Fortes, de dormir en una furgoneta a trabajar en el puerto» (em espanhol). Consultado em 7 de setembro de 2012. Arquivado do original em 21 de junho de 2012