Abrir menu principal

Freddy Maertens

ciclista belga
Freddy Maertens
Freddy Maertens.jpg
Nascimento 13 de fevereiro de 1952
Nieuwpoort
Cidadania BélgicaVisualizar e editar dados no Wikidata
Ocupação Ciclista desportivo (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Freddy Maertens competindo no Tour de France 1978

Freddy Maertens (n. 19 de fevereiro de 1952 em Nieuport) é um ciclista belga, profissional entre os anos 1972 e 1987, durante os quais conseguiu 221 vitórias. Foi duas vezes campeão do mundo e conseguiu ganhar a Volta a Espanha numa ocasião, além de conseguir triunfos de etapa nas três Grandes Voltas (15 no Tour, 13 na Vuelta e 7 no Giro).

BiografiaEditar

Como ciclista amador conseguiu 51 vitórias, entre as quais destacam o primeiro posto no campeonato de estrada de seu país e a medalha de prata no Campeonato do Mundo, ambos resultados conseguidos em 1971.

Durante os seus primeiros anos como profissional, coseguiu grande quantidade de triunfos em competições de um dia e em corridas de curta duração de médio prestígio como a Volta ao Luxemburgo, a Volta à Bélgica, os Quatro dias de Dunkerque ou a Volta a Andaluzia. Além destes, desvelou-se como um ciclista com um importante futuro por diante ao conseguir postos de honra em algumas das competições mais importantes do circuito internacional já desde o ano da sua estreia, no que foi segundo no Campeonato do Mundo e o Tour de Flandes, incluindo diversas provas de reconhecido prestígio, como os Monumentos, conquanto apesar dos bons resultados, nunca conseguiu ganhar nenhum Monumento na sua carreira como ciclista.

Nos anos seguintes foi destacando também em competições por etapas de maior calibre, como o Dauphiné Libéré ou a Paris-Nice.

Em 1972 participou nos Jogos Olímpicos de Munique. Em 1975 conseguiu o recorde Ruban Jaune outorgado ao ciclista mais rápido em ganhar uma prova a mais de 200km, ao ganhar a Paris-Bruxelas.

1976 foi seu primeiro grande ano, no qual conseguiu vencer numa série de grandes clássicas como a Amstel Gold Race, o Campeonato de Zurique e a Gante-Wevelgem, aparte de muitas outras. Destacou em competições por etapas menores como a Volta a Suíça e a Paris-Nice e brilhou no Tour de France, onde ganhou oito etapas, a classificação por pontos e foi 8º na geral. Nesse mesmo ano, foi campeão de Bélgica e do Mundo de estrada.

Em 1977 conseguiu uma conseguida vitória na Volta ciclista a Espanha. Foi líder de princípio a fim e ganhou treze etapas (recorde ainda não igualado), a classificação das metas volantes e a classificação por pontos. Também ganhou a Paris-Nice (cinco etapas e a classificação por pontos), a Volta a Cataluña (cinco etapas e a classificação por pontos), na Semana Catalã (quatro etapas e a classificação por pontos) e sete etapas do Giro de Itália.

Em 1978 voltou a vencer na classificação por pontos do Tour de France, junto a dois triunfos parciais. Conseguiu bons resultados em clássicas de um dia mas não consegue igualar aos dois fantásticos anos anteriores em triunfos.

Em geral, os resultados são piores que em anos anteriores, e 1981 foi seu último grande ano como profissional, conseguindo cinco triunfos de etapa e a classificação por pontos do Tour de France e a medalha de ouro no Campeonato do Mundo pela segunda vez.

Desde então e até sua retirada, não conseguiu nenhuma outra vitória de renome.

PalmarésEditar

1973

1974

  • Tour de Luxemburgo
  • Volta a Andaluzia, mais 7 etapas
  • Grand Prix Jef Scherens
  • Campeonato de Flandes
  • Nokere Koerse

1975

1976

1977

1978

1981

Resultados em Grandes Voltas e Campeonato do MundoEditar

Corrida 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 1980 1981
Giro d'Italia - - - - Ab. - - Ab. -
Tour de France - - - - 13º - - 66º
Volta a Espanha - - - - - - - -
Campeonato do Mundo em estrada  - 21º - - - -

ReconhecimentosEditar

  • Mendrisio de Ouro (1976)

EquipasEditar

  • Flandria (1973-1979)
  • San Giacomo (1980)
  • Boule d'Or (1981-1982)
  • Masta-Concorde (1983)
  • AVP-Viditel (1984)
  • Splendor (1984)
  • Nikon (1985)
  • Eurosoap (1985)
  • Robland (1986-1987)

BibliografiaEditar

  • "Fall From Grace", Freddy Maertens e Manu Adriaens, 1993, Ronde Publications.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Freddy Maertens