Abrir menu principal

Friedrich Ebert

Friedrich Ebert
Presidente da Alemanha República de Weimar
Período 11 de fevereiro de 1919
a 28 de fevereiro de 1925
Chanceler
Sucessor Paul von Hindenburg
Chanceler da Alemanha Império Alemão
Período 9 de novembro de 1918
a 13 de fevereiro de 1919
Antecessor Maximiliano de Baden
Sucessor Philipp Scheidemann
Ministro Presidente da Prússia Reino da Prússia
Período 9 de novembro de 1918
a 11 de novembro de 1918
Antecessor Maximiliano de Baden
Sucessor Paul Hirsch
Dados pessoais
Nascimento 4 de fevereiro de 1871
Heidelberg, Baden,  Alemanha
Morte 28 de fevereiro de 1925 (54 anos)
Berlim, Prússia,  Alemanha
Progenitores Mãe: Katharina Hinkel
Pai: Karl Ebert
Esposa Louise Rump (1894–1925)
Partido Social-Democrata
Religião Católico não praticante
Assinatura Assinatura de Friedrich Ebert

Friedrich Ebert (Heidelberg, 4 de Fevereiro de 1871Berlin, 28 de Fevereiro de 1925) foi um político alemão[1].

Ocupou os cargos de Reichskanzler (Chanceler do Império Alemão) de 9 de Novembro de 191811 de Fevereiro de 1919, e de Reichspräsident (Presidente da Alemanha) de 11 de Fevereiro de 1919 – 28 de Fevereiro de 1925. Envolveu-se na política como sindicalista ligado à social-democracia e logo se tornou líder da ala revisionista do Partido Social-Democrata da Alemanha. Foi Secretário Geral do partido em 1905.

Um dos líderes da República de Weimar, foi um dos responsáveis pelas tentativas de fazer com que um regime estranho aos alemães, em uma circunstância difícil, obtivesse um certo sucesso.

Faleceu em Berlim em 28 de fevereiro de 1925. Encontra-se sepultado em Bergfriedhof Heidelberg, Heidelberg, Baden-Württemberg na Alemanha.[2]

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Friedrich Ebert». Consultado em 16 de janeiro de 2011 
  2. Friedrich Ebert (em inglês) no Find a Grave
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.