Abrir menu principal
Fullgás
Álbum de estúdio de Marina Lima
Lançamento 1984
Gravação 1983[1]
Gênero(s) Pop rock, New Wave, Synthpop
Duração 36:54
Formato(s) LP e Cassete
Gravadora(s) Polygram
Produção João Augusto
Cronologia de Marina Lima
Desta Vida, Desta Arte
(1982)
Todas
(1985)

Fullgás é o quinto álbum de estúdio da cantora Marina Lima.[2] Lançado em 1984 pela Universal Records, o disco foi um dos maiores sucessos da cantora Marina Lima, que incursionava em um pop rock urbano e eficiente. O álbum emplacou a faixa-título, além das versões de Marina para "Mesmo que Seja Eu", de Roberto e Erasmo Carlos, e "Me Chama", de Lobão e da faixa "Veneno (Veleno)". O sucesso alcançado pelo disco na época de seu lançamento colocou Marina no estrelato.

FaixasEditar

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Fullgás"  Marina Lima, Antônio Cícero 4:01
2. "Pé na Tábua (Ordinary Pain)"  Antônio Cícero, Sergio de Souza, Stevie Wonder 2:35
3. "Pra Sempre e Mais um Dia"  Marina Lima, Antônio Cícero 2:57
4. "Ensaios de Amor"  Marina Lima, Ana Terra 3:31
5. "Mesmo que Seja Eu"  Roberto Carlos, Erasmo Carlos 4:38
6. "Me Chama"  Lobão 3:50
7. "Mesmo Se o Vento Levou"  Marina Lima, Antônio Cícero 2:59
8. "Cícero e Marina"  Antônio Cícero 0:40
9. "Veneno (Veleno)"  Nelson Motta 4:52
10. "Mais uma Vez"  Nelson Motta, Lulu Santos 3:05
11. "Nosso Estilo"  Lobão, Marina Lima, Antônio Cícero 3:56
Duração total:
36:54

Ficha técnicaEditar

  • Assistente de Produção: Márcia Alvarez
  • Coordenação do Produção: Maria Helena
  • Direção Musical: Marina
  • Arregimentação: Clovis Mello
  • Direção de Mixagem: João Augusto e Marina
  • Concepção de Capa: Suzana de Morais e Afonso Beato
  • Foto: Afonso Beato
  • Arte: Ayssa Bastos
  • Coordenação Gráfica: Edson Araujo
  • Técnicos de Gravação: Ary Carvalhães e Jairo Gualberto
  • Assistente de Gravação: Márcio e Marcos
  • Mixagem: Jairo Gualberto
  • Montagem: Ricardo Pereira, William Tardelli e Vitor Alves
  • Corte: Ivan Lisnik
  • Direção Técnica: Luigi Hoffer
  • Produzido por João Augusto
  • Concepção e Arranjo de todas as faixas: Ricardo Cristaldi, Niko Resende, Pedrão e Marina, exceto nas faixas: “Mais uma vez”, arranjo de Lulu Santos “Nosso estilo”, arranjo de Lobão; “Mesmo que seja eu”, arranjo de Marina e banda (Paulo Machado, Paulinho Guitarra, Chico Jullien, Rui Motta e Luizão)
  • PRS – Polygram Rede de Serviços
  • Gravado e Mixado nos estúdios PRS 24 canais – Barra da Tijuca

Referências

  1. «CD Fullgás». Rádio UOL. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  2. «CD Fullgas». Submarino. Consultado em 14 de dezembro de 2011 
  Este artigo sobre um álbum de Marina Lima é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.