Güeros

filme de 2014 dirigido por Alonso Ruiz Palacios

Güeros (Gueros (título em Portugal) ) é um filme mexicano lançado em 2014 e dirigido por Alonso Ruizpalacios. A produção é uma comédia dramática filmado em preto e branco, em formato 4:3, que se ambienta na Cidade do México durante a greve ocorrida na Universidade Nacional Autónoma de México entre 1999 e 2000. O filme ganhou cinco prêmios Ariel em 2015, incluindo o de melhor filme.[1]

Güeros
Gueros (PRT)
 México
2014 •  p&b •  106 min 
Direção Alonso Ruizpalacios
Produção Ramiro Ruiz
José Felipe
Coprodução Coria Corial
Roteiro Alonso Ruizpalacios
Gibrán Portela
Elenco Tenoch Huerta
Sebastián Aguirre
Ilse Salas
Gênero comédia
drama
road movie
Música Tomás Barreiro
Cinematografia Damian Garcia
Companhia(s) produtora(s) Catatonia Films
Conaculta
Difusion Cultural UNAM
Distribuição Canibal Networks (México)
Legendmain Filmes (Portugal)
Lançamento Alemanha 7 de fevereiro de 2014 (Festival de Berlim)
Brasil 28 de setembro de 2014 (Festival de Rio)
Portugal 25 de abril de 2015
Idioma espanhol

Güeros é uma gíria mexicana para se referir a uma pessoa de pele clara ou loira. O termo carrega uma conotação depreciativa, mas há situações em que é usado de forma mais neutra.[2]

EnredoEditar

Após uma brincadeira imprudente, Tomás (Sebastián Aguirre) é enviado pela sua mãe para a Cidade do México para passar um tempo com o seu irmão (Tenoch Huerta), estudante da UNAM. Federico (conhecido como Sombra) é um universitário que vive com outro amigo em um apartamento precário. Ao chegar lá, Tomás se intriga pelas ideias dos dois universitários e pergunta ao seu irmão porque ele não está participando do movimento grevista que está ocorrendo na universidade. Sombra logo responde que “está de greve da greve”.

Os irmãos carregam em comum a paixão por um cantor de rock pouco conhecido, mas que era o ídolo do pai dos dois. Ao saber que o cantor, Epigmenio Cruz se encontra hospitalizado na cidade, os três se juntam e percorrem os setores da Cidade do México para encontrar o artista. O percurso é repleto de surpresas, imprevistos e encontros inesperados que farão cada um dos três rapazes passarem por grandes experiências.

ElencoEditar

Referências

  1. Beauregard, Luis Pablo (18 de novembro de 2015). «'Güeros' triunfa en los premios Ariel». El País (em espanhol). Consultado em 23 de janeiro de 2017 
  2. «Guero». Urban Dictionary (em inglês). 18 de novembro de 2015. Consultado em 24 de janeiro de 2017 
  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.