Abrir menu principal

Galícia (Europa Central)

A Galícia (em ucraniano e rusin Галичина [Halyčyna]; em polonês/polaco: Galicja; em checo and em eslovaco: Halič; em alemão: Galizien; em húngaro: Galícia/Kaliz/Gácsország/Halics; em romeno: Galiția/Halici; em russo: Галиция [Galitsiya]; em iídiche: גאַליציע [Galitsiye]) é uma região histórico-geográfica da Europa centro-oriental.[1][2][3] Foi parte do Império Austríaco (de 1864 a 1918 denominado Império Austro-Húngaro) e seu território é dividido atualmente entre a Polônia e a Ucrânia. A área, que foi denominada a partir da cidade medieval de Halych[4][5][6] foi mencionada pela primeira vez em crônicas medievais húngaras do ano de 1206 como Galiciæ.[7][8] Em 1253, o príncipe Daniel da Galícia foi coroado rei do Rus (em latim: Rex Rusiae) ou rei da Rutênia após a invasão mongol da Rússia (Rússia de Quieve). Em 1352 o Reino da Galícia-Volínia foi anexado pelo Reino da Polônia como voivodia da Rutênia (em latim: Palatinatus Russiae).

Location Galicia in Europe.svg
Map of the Kingdom of Galicia, 1914.jpg

Principais cidadesEditar

Imigração ucraniana ao BrasilEditar

Da Galícia partiram a maioria dos imigrantes ucranianos vindos para o Brasil. Como nessa região predomina a religião católica, essa é a religião de mais de 90% dos descendentes de ucranianos que residem no Brasil.

Em Prudentópolis, Paraná, há muitos descendentes de imigrantes ucranianos conservando a cultura e a língua.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Eleonora Narvselius (2 de abril de 2012). «Narratives about (Be)longing, Ambiguity, and Cultural Colonization». Ukrainian Intelligentsia in Post-Soviet Lʹviv: Narratives, Identity, and Power. [S.l.]: Lexington Books. p. 293. ISBN 978-0-7391-6468-6. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  2. Larry Wolff (12 de janeiro de 2012). «Mythology and Nostalgia: A Matter of Simple Relativity». The Idea of Galicia: History and Fantasy in Habsburg Political Culture. [S.l.]: Stanford University Press. p. 411. ISBN 978-0-8047-7429-1. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  3. Paul Robert Magocsi (2002). «Jews and Armenians in Central Europe, ca. 1900». Historical Atlas of Central Europe. [S.l.]: University of Toronto Press. p. 124. ISBN 978-0-8020-8486-6. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  4. «European Kingdoms - Eastern Europe - Galicia». The History Files. Kessler Associates. Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  5. Zakharii, Roman. «History of Galicia». Toronto Ukrainian Genealogy Group. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  6. «Entry for Galicia (Halychyna) in Historical Glossary». Ukrainians in the United Kingdom online encyclopaedia. 2018. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  7. "Rex+Galiciae+et+Lodomeriae" Die Oesterreichisch-ungarische Monarchie in Wort und Bild, Volume 19 (em alemão). Austria: K.K. Hof- und Staatsdruckerei. 1898. p. 165. Consultado em 1 de dezembro de 2015. Um welchen Preis er dies that, wird nicht überliefert, aber seit dieser Zeit, das ist seit dem Jahre 1206 findet sich in seinen Urkunden der Titel: "Rex Galiciae et Lodomeriae" 
  8. Martin Dimnik (12 de junho de 2003). The Dynasty of Chernigov, 1146–1246. [S.l.]: Cambridge University Press. pp. 266–. ISBN 978-1-139-43684-7. Consultado em 14 de dezembro de 2014