Prudentópolis

Município brasileiro do estado do Paraná

Prudentópolis é um município brasileiro do estado do Paraná localizado a 203 km de Curitiba. Segundo o IBGE, o município possui uma área de 2236.579 km², com uma população estimada em 52 776 habitantes (IBGE/2021).[4]

Prudentópolis
  Município do Brasil  
Portal Ucraniano na entrada da cidade.
Portal Ucraniano na entrada da cidade.
Símbolos
Bandeira de Prudentópolis
Bandeira
Hino
Gentílico prudentopolitano
Localização
Localização de Prudentópolis no Paraná
Localização de Prudentópolis no Paraná
Prudentópolis está localizado em: Brasil
Prudentópolis
Localização de Prudentópolis no Brasil
Mapa de Prudentópolis
Coordenadas 25° 12' 46" S 50° 58' 40" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Municípios limítrofes Irati, Guamiranga, Imbituva, Inácio Martins, Cândido de Abreu, Guarapuava, Ivaí.
Distância até a capital 203 km
História
Fundação 12 de agosto de 1906 (116 anos)
Administração
Prefeito(a) Osnei Stadler[1] (UNIÃO [2], 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [3] 2 236,579 km²
População total (estimativa IBGE/2021[4]) 52 776 hab.
Densidade 23,6 hab./km²
Clima Subtropical (Cfb)
Altitude 840 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [5]) 0,733 alto
PIB (IBGE/2009[6]) R$ 412,504,884 milhões
PIB per capita (IBGE/2009[6]) R$ 9 087,75

HistóriaEditar

 
Igreja greco-católica de rito ucraniano em Prudentópolis.

Em fins do século XIX a região era terras de Firmo Mendes de Queiroz, descendente de bandeirantes Paulistas, doou duas terras para a construção de uma capela em homenagem a São João Batista. No ano de 1896 foram atraídas para a região 1.500 famílias ucranianas, totalizando oito mil imigrantes. Os colonos foram assentados em diversos núcleos, onde tornaram-se pequenos agricultores, pecuários e industriais. O município formou-se em 1906, sob o nome de Prudentópolis em homenagem ao presidente Prudente de Morais. A imigração de ucranianos para a região durou até meados da década de 1920 e, atualmente, o município é considerado o mais ucraniano do Brasil, sendo 80% da população descendente dos imigrantes.[carece de fontes?]

A região de onde vieram estes ucranianos é a Галичина/Galícia, que já foi autônoma e também já pertenceu ao Império Austro-Húngaro, à Polônia e à própria Ucrânia. A nova geografia, que coloca o território predominantemente na atual Ucrânia, foi desenhada após o fim da Primeira Grande Guerra Mundial. Os poloneses de Prudentópolis, e os poucos "alemães" (austríacos) são oriundos da Galícia. Esta região foi também povoada por judeus, poloneses, alemães e austríacos. Sua capital é Lemberg (em alemão), também chamada Львів/Lviv (ucraniano) ou Lwów (polonês). Prudentópolis tem uma localidade que se chama Nova Galícia, exatamente em homenagem a esta origem.[carece de fontes?]

GeografiaEditar

 
Vista parcial da Serra da Esperança em Prudentópolis.

O município de Prudentópolis ocupa uma área de 2236.579 km²[3], e conforme estimativas do IBGE de 2021, sua população era de 52 776 habitantes, sendo o 5º maior município do Estado do Paraná por área e 35º por população, respectivamente.[4]

Está localizado a 203 km do município de Curitiba, capital do estado, e faz parte da região Centro-Sul do Paraná, tendo como municípios limítrofes Guarapuava, Turvo, Cândido de Abreu, Ivaí, Guamiranga, Imbituva, Irati e Inácio Martins. O município é a segunda maior cidade da região centro sul e centro oeste do estado, estando apenas atrás de Guarapuava. Pelo município passa a BR-373, rodovia que liga Ponta Grossa e Guarapuava, e a BR-277.[7]

Em Prudentópolis nasce o maior rio em extensão do Paraná, o rio Ivaí; ele nasce no encontro do rio dos Patos com o rio São João.

SubdivisõesEditar

Três distritos constituem o município: Prudentópolis (sede), Jaciaba e Patos Velhos.[8]

RelevoEditar

O município possui uma altitude média de 730 metros acima do nível do mar.[9] Está situado entre o Segundo Planalto do Paraná (Planalto de Ponta Grossa) e o Terceiro Planalto do Paraná (Planalto de Guarapuava). Apresenta diversas serras, sendo as principais a Serra da Esperança, a Serra da Rita e a Serra do Barra Grande, e ainda diversos morros acima de 1200 metros, entre eles o Morro Morungava (ou Chapéu), o Morro Trombudo e o Trombudinho, localizados nas comunidades de Herval e Ligação, respectivamente, e ainda o Cerro Preto e o Cerro Azul, além de dezenas de cachoeiras.

PolíticaEditar

A administração municipal se dá pelos poderes executivo e legislativo. Em fevereiro de 2016 o prefeito Gilvan Pizzano Agibert foi preso em flagrante, em Curitiba, quando recebia propina de um empresário que prestava serviço à prefeitura.[10] Posteriormente, em 6 de junho de 2016, ele foi cassado pela câmara de vereadores por unanimidade.[11] Em seu lugar assumiu o então vice-prefeito, Adelmo Klosowski, que estava no cargo interinamente desde a prisão de Gilvan, em 13 de fevereiro de 2016.

Cidades-irmãsEditar

 Ternopil, Ucrânia, 6 de março de 2019[12]

EducaçãoEditar

Desde 1999, o município possui o Campus avançado de Prudentópolis da Universidade Estadual do Centro-Oeste.[13]

TurismoEditar

 
Salto São Francisco, atrativo turístico em Prudentópolis.

O município tem gradativamente ganhado importância no cenário turístico do estado do Paraná, com diversos atrativos culturais e naturais. O município possui canyons e cachoeiras, contando com mais de 100 quedas d'água catalogadas. Várias cachoeiras possuem mais de cem metros de altura, como o Salto São Francisco, com 196 metros, umas das 30 maiores quedas d'água do Brasil.[14] É possível percorrer diversas trilhas e conhecer os paredões das serras entre o segundo e terceiro planalto paranaense, bem como praticar esportes de aventura como rapel e tirolesa, e ainda contemplar a vegetação nativa típica da mata de araucárias.[7]

A colonização ucraniana proporciona a Prudentópolis diversas atividades festivas típicas da cultura ucraniana, com destaque ao Grupo Folclórico Vesselka e a Noite Ucraniana. A agricultura familiar rende ao municípios os títulos de "Capital do Mel" e "Capital Nacional do Feijão Preto", marca da qualidade e da grande produtividade dos produtos. Este último passou a ser comemorado anualmente a partir de 2010 com a promoção da Festa Nacional do Feijão Preto (Fenafep).

No ano de 2020, foi concedido ao município o título de Capital da Oração[15], marca da religiosidade popular, que é ostentada pela presença de mais de 100 templos religiosos ligados ao cristianismo, de tradição do rito romano e do rito bizantino, esta última herança da cultura eslava. As igrejas fazem parte de um roteiro do turismo religioso e histórico no Paraná. Uma das mais importantes é a Igreja de São Josafat, tombada pela Coordenação do Patrimônio Cultural (CPC) no ano de 1979.[16] Ainda relacionado à religião, Prudentópolis promove anualmente uma das maiores festas juninas do Paraná, onde acontecem apresentações artísticas e pirotécnicas em comemoração ao dia de um dos padroeiros do município, São João Batista, o que atrai muitos turistas para a região.[carece de fontes?]

CulturaEditar

A cidade possui uma arquitetura característica, com várias construções que remetem à cultura eslava.[carece de fontes?] No dia 5 de outubro de 2021 a câmara municipal aprovou por unanimidade o Projeto Lei n. 024/2021, que oficializa a língua ucraniana no município.[17][18][19]

ReligiãoEditar

O município já foi conhecido como capital da oração. Possui mais de cem templos religiosos, entre igrejas católicas de ritos latino e bizantino ucraniano[carece de fontes?]. Uma das igrejas mais conhecidas é a de São Josafat, que foi construída entre 1925 e 1928.[carece de fontes?] Feita em estilo bizantino, possui cinco abóbodas na cobertura e no interior possui diversas decorações artísticas. A construção foi tombada pelo patrimônio histórico do Paraná[16].

CulináriaEditar

 
Salame cracóvia típico de Prudentópolis.

A culinária de Prudentópolis é diversificada e recebeu muita influência dos imigrantes que colonizaram o município. Além de produtos da agricultura, como o feijão preto que é muito comum na gastronomia local, podem ser encontrados outros ingredientes e diferentes pratos típicos, como a tradicional sopa de repolho e beterraba, conhecida como borsch, o pastel cozido chamado de varéneke pelos descendentes de ucranianos, o charuto de repolho recheado com trigo mourisco, denominado holubtsi, e a sobremesa doce a feita com sementes de trigo cozido e especiarias, conhecida como kutiá.[7]

 
Queijos produzidos em Prudentópolis.

Há exemplo também do salame cracóvia, que é um embutido defumado feito com carne suína selecionada, geralmente usado o lombo ou pernil do porco, muito bem temperada com alho, pimenta e sal. A iguaria possui uma textura macia, firme e sabor marcante da carne suína.[7][20][21][22][23] O embutido surgiu na década de 1960, em Prudentópolis, entre os descendentes de eslavos.[7][20][21] Uma família ucraniana buscava produzir um embutido artesanal que fosse diferente das salsichas, mortadelas, salames e linguiças da época.[20] O salame cracóvia típico da região de Prudentópolis foi criado a partir do processo de defumação em alta temperatura, o que o deixa cozido. Diferenciando-o do salame tradicional, que é cru, defumado e maturado a frio, e da tradicional linguiça, que é embutida e defumada também a frio, mas não maturada.[20] O quitute agradou muito os poloneses que batizaram com o nome de cracóvia, em referência à cidade polonesa Kraków.[20] O seu uso é diversificado, mas é comum fatiado em sanduíches,[22] em entradas e na preparação de molhos, e até no recheio de pizzas e em risotos.[20][24] O salame cracóvia, além de Prudentópolis, é encontrado em Irati, Ponta Grossa, Curitiba e até vendido para outros estados.[20][25]

Festa Nacional de Feijão PretoEditar

No mês de agosto é realizada a Festa Nacional de Feijão Preto (Fenafep), que teve sua primeira edição em 2010 na gestão do prefeito Gilvan Pizzano Agibert, próximo ao aniversário do município (12 de agosto).[26][27] O evento tem como sua principal função a de divulgar o potencial turístico e agrícola do município, que é o maior produtor de salame cracóvia e de feijão preto do Brasil. Como parte da atração da festa está a maior panela do Brasil, pesando mais de 50 toneladas, a qual serve para produzir uma enorme feijoada, que em sua primeira edição alimentou mais de 30.000 pessoas.[carece de fontes?] A panela chegou a ser considerada a maior do mundo, entrando para o livro dos recordes (Guinness World Records).[7]

Emissoras de rádio de PrudentópolisEditar

  • ̈Rádio Cidade 87.9 FM;
  • Radio Copas Verdes 101.3 FM;
  • Radio Esperança 810.0 AM.

Emissoras de TV em PrudentópolisEditar

EsporteEditar

O Prudentópolis Futebol Clube, campeão paranaense do interior de 2014, é o representante local no principal campeonato de futebol profissional do estado. No passado a cidade possuiu o clube Prudentópolis Esporte Clube. Ambos jogaram de mandante no Estádio Newton Agibert.

TransporteEditar

O município de Prudentópolis é atravessado pelas seguintes rodovias:[28]

Referências

  1. «Eleição para prefeitura de Prudentópolis». Cidade Brasil. Consultado em 25 de abril de 2021 
  2. «Representantes». União Brasil. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  3. a b «Área Territorial Brasileira - PRUDENTÓPOLIS». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2016. Consultado em 14 de setembro de 2017 
  4. a b c «Estimativa populacional 2021 IBGE» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 27 de agosto de 2021. Consultado em 8 de junho de 2022 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2009». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2009 [ligação inativa]
  7. a b c d e f Secretaria da Comunicação Social do Paraná (2019). «Prudentópolis - Capital da Oração: terra das cachoeiras gigantes». Viaje Paraná. Consultado em 7 de junho de 2022. Cópia arquivada em 8 de junho de 2022 
  8. «Prudentópolis». IBGE Cidades. Consultado em 13 de março de 2022 
  9. RELAÇÃO GEOMORFOLOGIA, GEOLOGIA E TURISMO NO MUNICÍPIO DE PRUDENTÓPOLIS, PR Arquivado em 1 de dezembro de 2017, no Wayback Machine. Universidade Federal de Goias - acessado em 19 de setembro de 2017
  10. «Prefeito de Prudentópolis é preso em Curitiba». Diário dos Campos. 12 de fevereiro de 2015. Consultado em 25 de junho de 2016 
  11. «Vereadores de Prudentópolis cassam mandato de Gilvan Agibert». Rede Sul de Notícias. 6 de junho de 2016. Consultado em 26 de junho de 2016. Arquivado do original em 15 de agosto de 2016 
  12. «Prudentópolis e cidade ucraniana de Ternopil serão parceiras». 6 de março de 2019 
  13. «Campus Avançado da Unicentro em Prudentópolis funciona em nova sede». Gmais Notícias. 1 de fevereiro de 2022. Consultado em 7 de junho de 2022. Cópia arquivada em 7 de junho de 2022 
  14. «Lista de quedas-d'água do Brasil». Wikipédia, a enciclopédia livre. 15 de maio de 2022. Consultado em 15 de setembro de 2022 
  15. PARANA (18 de Dezembro de 2020). «LEI 20.439 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2020». Porta da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Consultado em 14 de Setembro de 2022 
  16. a b PARANA. «Igreja de São Josafat em Prudentópolis». Coordenação do Patrimônio Cultural (CPC). Consultado em 14 de setembro de 2022 
  17. Projeto de Lei Nº 024/2021
  18. Língua Ucraniana é oficialmente a Língua Co-oficial do município de Prudentópolis
  19. Prudentópolis tornou a Língua Ucraniana cooficial no Município, Grupo RSN
  20. a b c d e f g Daniel Batistella (12 de agosto de 2015). «Como usar a cracóvia em muitos preparos». Gazeta do Povo - Bom Gourmet. Consultado em 7 de junho de 2022 
  21. a b Orlando Baumel (16 de setembro de 2009). «Cracóvia – o Salame de Prudentópolis». Oba Gastronomia. Consultado em 7 de junho de 2022 
  22. a b «Cracóvia: O salame paranaense de "origem" ucraniana». Green Dog. 1º de junho de 2015. Consultado em 7 de junho de 2022 
  23. «Cracóvia, o embutido fabricado em Prudentópolis». Tribuna SC - Distinção. 2019. Consultado em 7 de junho de 2022 
  24. «Aprenda um risoto bem paranaense, feito com cracóvia, de Prudentópolis». G1. 10 de abril de 2016. Consultado em 7 de junho de 2022 
  25. Andrea Torrente (16 de agosto de 2014). «Empresas apresentam embutidos produzidos no Paraná». Gazeta do Povo - Bom Gourmet. Consultado em 7 de junho de 2022 
  26. «Prudentópolis - A maior feijoada do país». Folha de Irati. 6 de maio de 2011. Consultado em 30 de outubro de 2012 [ligação inativa]
  27. «PRUDENTÓPOLIS - MP-PR peticiona na Justiça para que Município garanta aulas e transporte de estudantes». Ministério Público do Estado do Paraná. 3 de maio de 2010. Consultado em 30 de outubro de 2012 
  28. «Sistema Rodoviário Estadual 2017» (PDF). Departamento de Estradas de Rodagem. 1 de novembro de 2017. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  29. PARANA (18 de Dezembro de 2009). «Lei 16.326 de 18 de Dezembro de 2009». Sistema Estadual de Legislação do Paraná. Consultado em 14 de setembro de 2022.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Prudentópolis
  Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.