Garcia I Galíndez

Garcia I Galíndez
Conde de Aragão
Conde de Conflent
Conde de Aragão
Período 820-833
Antecessor(a) Aznar I Galíndez
Sucessor(a) Galindo Garcés
 
Cônjuge Matrona
Nunila Iñiguez
Descendência Galindo Garcés
Nascimento ?
Morte 833
Pai Galindo Belascotenes

Garcia I Galíndez, o Mau (?-833), foi conde de Aragão de 820 a 833.

Filho de Galindo Belascotenes, casou-se com Matrona, filha de Aznar I Galíndez conde de Aragão. Matou seu cunhado Centulfo e repudiou Matrona para se casar com Nunila Iñiguez, filha de Iñigo Arista rei de Pamplona, com a qual teve um filho, Galindo Garcés. Segundo a tradição, isto sucedeu porque Centulfo e o seu irmão Galindo I Aznárez fizeram-lhe uma partida, encerrando-o numa casa na noite de São João.

Em 820, Iñigo Arista forneceu-lhe um pequeno exército com o qual depôs Aznar I Galíndez e tomou a governação do Condado de Aragão.

Em 824, apoiou Iñigo contra uma expedição franca no Reino de Navarra ordenada por Luís, o Piedoso e comandada pelos condes Elbe e Aznar. Com a ajuda de Muça ibne Fortune, da família dos Banu Cassi, os francos foram derrotados.

Segundo algumas fontes, em 833 deixou a governação do condado para o seu filho Galindo Garcés.