Geoff Ryman
Nascimento 9 de maio de 1951 (68 anos)
Canadá
Cidadania Canadá
Alma mater Universidade da Califórnia em Los Angeles
Ocupação escritor, romancista, ator, escritor de ficção científica
Prêmios John W. Campbell Memorial Award, Arthur C. Clarke Award, Philip K. Dick Award, Otherwise Award, Arthur C. Clarke Award, Prêmio Nebula de Melhor Novela
Empregador Universidade de Manchester

Geoffrey Charles Ryman (n. 1951) é um escritor canadense de ficção científica, fantasia e surrealismo ou ficção "slipstream".

Muitos dos trabalhos de Ryman são baseados em suas viagens ao Camboja. O primeiro deles é The Unconquered Country (1986), livro que recebeu o World Fantasy Award e o British Science Fiction Association Award.[1] Seu romance The King's Last Song (2006) foi definido tanto na era Angkor Wat e o após Pol Pot e o Khmer Rouge.[2] Atualmente Ryman realiza palestras sobre Escrita Criativa para o Departamento de Inglês da Universidade de Manchester.[3]

BiografiaEditar

Ryman nasceu no Canadá e se mudou para os Estados Unidos aos 11 anos. Graduou-se em História e Inglês na Universidade da Califórnia. Em 1973, mudou-se para a Inglaterra, onde viveu a maior parte de sua vida.[4]

Além de ser escritor, Ryman formou a equipe de web design do Escritório Central de Informação do governo britânico, em 1994. Ele também liderou as equipes que projetaram os primeiros websites oficiais da monarquia britânica e do Primeiro-ministro do Reino Unido, além de trabalhar no site principal do governo britânico www.direct.gov.uk .[2]

Referências

  1. World Fantasy Convention. «Award Winners and Nominees» 
  2. a b «Geoff Ryman (Centre for New Writing, The University of Manchester)». Arts.manchester.ac.uk. Consultado em 4 de setembro de 2016. Arquivado do original em 31 de agosto de 2013 
  3. «Academic Staff». University of Manchester 
  4. «Geoff Ryman: The Mundane Fantastic». Locus. Janeiro de 2006