Abrir menu principal
Georges Zbyszewski
Nascimento 22 de outubro de 1909
Morte 1 de março de 1999 (89 anos)
Lisboa
Cidadania França
Ocupação geólogo, arqueólogo, paleontólogo

Georges Zbyszewski (Gatchina (Га́тчина), Rússia, 22 de Outubro de 1909Lisboa, 1 de Março de 1999) foi um geólogo, paleontólogo e arqueólogo que se notabilizou pelos seus estudos sobre a geologia de Portugal.[1] Nascido no Império Russo, naturalizado francês, formou-se na Universidade de Sorbonne, em Paris, tendo iniciado em 1935 estudos sobre a geologia e a paleontologia de Portugal. Acabou por se fixar em Lisboa, trabalhando como funcionário do museu do Instituto Geológico e Mineiro, do qual se reformou em 1979. Publicou diversas cartas geológicas e importantes estudos sobre a paleontologia do território português, incluindo uma obra seminal sobre os fósseis de dinossauros encontrados em Portugal.[2][3]

BiografiaEditar

Nascido no Império Russo, filho de pai polaco, oficial do Exército Imperial Russo, e de mãe russa, cresceu em Paris, onde a família se refugiara após a Revolução Russa e adoptara a nacionalidade francesa. Na Universidade de Sorbonne completou em 1931 uma licenciatura em Ciências Naturais.

Iniciou a sua carreira como assistente de Jacques Boucart (1891—1965) no Laboratório de Geografia Física e de Geologia Dinâmica da Sorbonne e foi a conselho daquele professor que em 1935 visitou Portugal para estudar os terrenos quaternários do litoral português com o intuito de elaborar a sua tese de doutoramento.[3]

Acabou por se estabelecer em Portugal, país que percorreu elaborando estudos e fazendo importantes descobertas ligadas às áreas da paleontologia, da geologia e da arqueologia. Contribuiu para a elaboração de cartas geológicas e publicou cerca de 290 artigos científicos e algumas monografias.

Em co-autoria com Albert-Félix de Lapparent, publicou em 1957 a obra Les dinosauriens du Portugal, um trabalho seminal sobre os dinossauros que habitaram o oeste da Península Ibérica.[4] Trabalhou durante cerca de 40 anos para o Museu do Instituto Geológico e Mineiro, de onde se aposentou em 1979.

Referências

  1. «G. Soares de Carvalho & J. L. Cardoso, "O Quaternarista Georges Zbyszewski (1909-1999)", Estudos do Quaternário, 2, APEQ, Lisboa, 1999, pp. 3-6». www.academia.edu .
  2. «"Georges Zbyszewski" na Infopédia». www.infopedia.pt .
  3. a b «Centro Virtual Camões: Georges Zbyszewski (1909—1999)». cvc.instituto-camoes.pt .
  4. A. F. de Lapparent, & Zbyszewski, G. (1957). Les dinosauriens du Portugal. Direction Générale des Mines et Services Géologiques, Lisboa.

Ligações externasEditar