Godofredo Carlos de La Tour de Auvérnia

aristocrata francês

Godofredo Carlos de La Tour de Auvérnia (em francês: Godefroy-Charles-Henri de La Tour d’Auvergne; 26 de Janeiro de 1728, Paris3 de dezembro de 1792) foi um nobre francês membro da Casa de La Tour de Auvérnia, dinastia que governava o Ducado de Bulhão, tendo sucedido a seu pai como Duque Soberano em 1771.

Godofredo (III) Carlos
de La Tour de Auvérnia
“Retrato do Duque de Bulhão”, por Jean-François Colson, 1775, museu do Antigo Bispado (Évreux)
Duque Soberano de Bulhão
Reinado 1771 a 1792
Antecessor(a) Carlos Godofredo
Sucessor(a) Jaime Leopoldo
 
Esposas (1) Luísa Henriqueta de Lorena
(2) Maria Francisca de Banastre
Descendência Jaime Leopoldo, Duque de Bulhão
Carlos Luis Godofredo, Príncipe de Auvérnia
Casa de La Tour de Auvérnia
Nome completo Godefroy-Charles-Henri de La Tour d'Auvergne
Nascimento 26 de janeiro de 1728
Morte 3 de dezembro de 1792 (64 anos)
  Castelo de Navarre, Évreux, França
Pai Carlos Godofredo de La Tour de Auvérnia
Mãe Maria Carolina Sobieska
Religião Catolicismo
Brasão

É também identificado como o duque Godofredo III de Bulhão.

BiografiaEditar

Carlos Godofredo era o mais novo dos dois filhos do Duque de Bulhão, tendo nascido em em 1728. Ele tinha uma irmã mais velha, Maria Luísa (1725–1793) que viria a casar com Júlio, Príncipe de Guéméné.[1]

Intitulado de Príncipe de Turenne na qualidade de herdeiro aparente do Ducado de Bulhão, vem a casar com Luísa Henriqueta de Lorena, bisneta de Henrique, Conde de Harcourt. O casal veio a ter quatro filhos antes da morte de Luísa Henriqueta, em 1788; três dos filhos haviam falecido antes da mãe.

O Duque viúvo voltou a casar, com Maria Francisca Henriqueta de Banastre (1775–1816), uma jovem 47 anos mais nova do que ele. Deste Segundo casamento não houve descendência.[1]

Serviu com distinção na Guerra dos sete anos. Em 1748 foi feito marechal de campo, sendo eleito para a Real Academia de Escultura e Pintura em 1777. Em apenas três meses, gastou quase um milhão de libras com a sua amante, a cantora de ópera, o que provocou a quase ruína da sua família.

Morreu no Castelo de Navarre, em Evreux, nas vésperas da Revolução Francesa, sendo sucedido pelo seu filho Jaime Leopoldo, que era um inválido, e que veio a ser o último Duque Soberano de Bulhão, título que foi abolido durante a Revolução Francesa. O ducado foi restabelecido pelo Congresso de Viena, mas como título honorário, no seio do Grão-Ducado do Luxemburgo. Hoje, os Príncipes de Guéméné reclamam o título de Duque de Bulhão, na qualidade de herdeiros de Maria Luísa (a irmã de Godofredo Carlos).

Casamentos e descendênciaEditar

Godofredo Carlos casou, em primeiras núpcias, com Luísa Henriqueta de Lorena a 27 de novembro de 1743. Deste casamento nasceram quatro filhos, dos quais apenas um atingiu a idade adulta:

  • Jaime Leopoldo (Jacques Léopold) (1746 – 1802), que casou com Edviges de Hesse-Rotemburgo, neta do Landegrave Ernesto Leopoldo de Hesse-Rotemburgo, sem descendência;
  • Carlos Luís Godofredo (Charles-Louis-Godefroi), Príncipe de Auvérnia (1749 – 1767), sem aliança;
  • Luís Henrique (Louis Henri), Duque de Albret (1753 – 753), morto na infância;
  • X de La Tour de Auvénia (1756) menina natimorto.

Em segundas núpcias, em 1789, casou com Maria Francisca de Banastre (1775–1816), casamento que não produziu descendência.

GaleriaEditar

AscendênciaEditar

Títulos e tratamentosEditar

  • 26 de janeiro de 1728 – 24 de outubro de 1771 : Sua Alteza, o Príncipe de Turenne
  • 24 de outubro de 1771 – 3 de dezembro de 1792 : Sua Alteza, o Duque de Bulhão


Godofredo Carlos de La Tour de Auvérnia
Nascimento: 26 de janeiro 1728 Morte: 3 de dezembros 1792
Precedido por
Carlos Godofredo (II)
 
Duque Soberano de Bulhão

1771 — 1792
Sucedido por
Jaime Leopoldo
Precedido por
Carlos Godofredo (II)
Duque de Albret e de Château-Thierry
1771 — 1792
Sucedido por
(não renovados)

ReferênciasEditar

  1. a b van de Pas, Leo. «Godefory Charles Henri de La Tour d'Auvergne». Genealogics .org. Consultado em 29 de março de 2010. Arquivado do original em 15 de abril de 2013 
  2. Jaime Leopoldo de La Tour de Auvérnia, príncipe de Bulhão, representado a tocar realejo, enquanto o irmão mais novo, Carlos Luís Godofredo, príncipe de Auvérnia, é representado a brincar com uma marmota presa por uma fita


Ligações externasEditar