Carlos Godofredo de La Tour de Auvérnia

Carlos Godofredo de La Tour de Auvérnia (em francês: Charles Godefroy de La Tour d'Auvergne; 16 de Julho de 170624 de outubro de 1771) foi um nobre francês e membro da poderosa Casa de La Tour de Auvérnia que, desde 1594, detinha o título de Duque Soberano de Bulhão.

Carlos Godofredo (II)
de La Tour de Auvérnia
Duque Soberano de Bulhão
Reinado 1721 a 1730
Antecessor(a) Emanuel Teodósio
Sucessor(a) Godofredo (III) Carlos
 
Esposa Maria Carolina Sobieska
Descendência Maria Luísa de La Tour de Auvérnia;
Godofredo Carlos de La Tour de Auvérnia
Casa de La Tour de Auvérnia
Nome completo Charles-Godefroy de La Tour d'Auvergne
Nascimento 16 de julho de 1706
  Hôtel de Bouillon,[1] Paris, França
Morte 24 de outubro de 1771 (65 anos)
  Château de Montalet, França
Pai Emanuel Teodósio de La Tour de Auvérnia
Mãe Maria Armanda de La Trémoille
Religião Catolicismo
Brasão
Brasão de Carlos Godofredo de La Tour de Auvérnia como Mordomo Môr (Grand Chambellan) de França.

É também identificado como o duque Godofredo II de Bulhão.

BiografiaEditar

Os seus pais, Emanuel Teodósio de La Tour de Auvérnia, Duque de Bulhão (1668–1730) e Maria Armanda de La Trémoille (1677–1717), casaram em 1696 e Carlos Godofredo era o mais novo dos sete filhos nascidos desse casamento.

A sua mãe morreu em 1717 e o pai casou de novo. No total, Carlos Godofredo viria a ter três meio-irmãos dos três outros casamentos do pai. Como filho mais novo, ele não tinha expectativas em suceder no Ducado de Bulhão, que se encontrava na posse da família desde 1594.

Entre os seus irmãos encontravam-se Armanda (Armande) (1697–1717), Princesa de Epinoy, mulher de Luís de Melun, Duque de Joyeuse; e Maria Hortênsia Vitória (Marie Hortense Victoire) (1704–1741), casada com Carlos Armando Renato de La Trémoille. Entre as suas meias-irmãs contavam-se Ana Maria Luísa (Anne Marie Louise), casou com Carlos de Rohan, Príncipe de Soubise, famoso general e amigo de Luís XV; e a mais nova, Maria Sofia Carlota (Marie Sophie Charlotte) (1729–1763) casou com Charles Just de Beauvau, Príncipe de Craon.

Os seus irmãos mais velhos, Godofredo Maurício (1702–1705) e Frederico Maurício (1702–1723), morreram antes do pai que veio a falecer em abril de 1730. Carlos Godofredo tornou-se, então, Duque Soberano de Bulhão, um pequeno principado situado na atual Bélgica.

Em 1723 casou com a viúva de seu irmão, Maria Carolina Sobieska, neta do rei polaco João III Sobieski. Ela era a irmã mais velha de Maria Clementina Sobieska, mulher de Jaime Francisco Eduardo Stuart.

Por volta de 1744, iniciou um romance com a sua madrasta, a atraente Luísa Henriqueta Francisca de Lorena.[2] Ele era um ano mais velho do que ela.

Casamento e descendênciaEditar

Do seu casamento com Maria Carolina Sobieska, ocorrido em 1723, teve dois filhos:

AscendênciaEditar

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. anteriormente designado por Hôtel de la Bazinière e adquirido pelo seu avô Godofredo Maurício de La Tour de Auvérnia, Duque de Bulhão, hoje incluída na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts
  2. filha de Anne Maria Josefa de Lorena e de Maria Luísa Jeannin de Castille, irmã de Maria Isabel Sofia de Lorena, Duquesa de Richelieu
  3. neta de Carlos de Lorena, Conde de Marsan

Ligações ExternasEditar

BibliografiaEditar

  • Pierre Bodard, Histoire de la Cour souveraine du duché de Bouillon sous les La Tour d'Auvergne, Bruxelas, 1967.
  • Jacques Marsollier, Histoire du maréchal duc de Bouillon; où l'on trouve ce qui s'est passé de plus remarquable sous les regnes de François II, Charles IX, Henry III, Henry IV, la minorité & les premières années du regne de Louis XIII, 1726, em 3 volumes:


Carlos Godofredo de La Tour de Auvérnia
Nascimento: 16 de Julho 1706 Morte: 24 de outubro 1771
Precedido por
Emanuel Teodósio
 
Duque Soberano de Bulhão, de Albret e de Château-Thierry

1721 — 1730
Sucedido por
Godofredo Carlos
( Godofredo III )