Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gomes Pires
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Navegador

Gomes Pires foi um navegador português do século XV.

Índice

BiografiaEditar

Ocupava o cargo de patrão de el-Rei e foi integrado na primeira tentativa de estabelecimento de relações comerciais no rio do Ouro, em 1444. Levava capitais régios, sob a forma de 2442 varas de linho, que lhe foram transmitidas pelo Infante D. Pedro, Duque de Coimbra, "que aaquelle tempo regya o rregno em nome delrey" (que naquele tempo era regente de Portugal em nome do rei D. Afonso V).

Nesta expedição fracassada, ordenada pelo Infante D. Pedro, tinha por companheiros Antão Gonçalves e Diogo Afonso. Em 1445 ainda no mesmo posto, integrou a expedição de Soeiro da Costa (alcaide-mor de Lagos) da qual Lançarote de Lagos, genro de Soeiro da Costa, era comandante-chefe.

 
Placa toponímica da Rua Gomes Pires, na cidade de Lagos.

HomenagensEditar

O nome de Gomes Pires foi colocado numa rua na cidade de Lagos.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Freguesia de São Sebastião» (PDF). Câmara Municipal de Lagos. Consultado em 5 de Abril de 2019. Arquivado do original (PDF) em 23 de Setembro de 2015 

BibliografiaEditar

  • Annaes da Marinha Portugueza, I parte, 1ª memória, Ignacio quintella, Lisboa, 1975.


  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.