Grand Ballon

O Grand Ballon (Großer Belchen) é o ponto culminante dos Vosges, situado a 25 km ao noroeste de Mulhouse.[1]

Grand Ballon
Radar e monumento no topo do Grand Ballon
Grand Ballon está localizado em: França
Grand Ballon
Coordenadas 47° 55' N 7° 8' E
Altitude 1 424 m
Localização Haut-Rhin, França
Cordilheira Vosges
Primeira ascensão Data desconhecida por autor desconhecido
Rota mais fácil Ascensão fácil

Alguns o chamam de ballon de Guebwiller, do nome da cidade mais próxima, situada a 8 km a leste. A sua altitude no topo é 1424 m. (1423,7 m, segundo o Institut géographique national francês, ou IGN).

A famosa Route des Crêtes contorna o cume pelo leste, atravessando um passo à altitude de 1343 m, entre o Markstein e o Vieil Armand.

TurismoEditar

O Grand Ballon é uma estação de esqui e de lazer (albergue a 1100 m, restaurante a 1342 m, Hotel do Club Vosgien a 1351 m). Do seu cume, dotado de uma mesa de orientação circular, podem ser avistados em um primeiro plano, na planície, Mulhouse, Basileia, Freiburg im Breisgau e Colmar; num segundo plano a Floresta Negra e o Jura suíço e francês, e ao fundo, com condições meteorológicas favoráveis, uma vasta parte da cordilheira dos Alpes, da Áustria e do Liechtenstein até o Monte Branco.

O cume do Grand Ballon é acessível por três caminhos, cerca de 15 minutos de caminhada a partir da Route des Crêtes.

Durante o inverno, em presença de alta pressão e por inversão de temperatura, a visibilidade é particularmente boa a partir de 800 a 900 m de altitude.

A visão sobre o massivo do Mont-Blanc, situado a 229 km, é possível principalmente entre outubro e maio e sob boas condições meteorológicas, com pouca umidade. Pode-se ver a parte superior do Monte Branco, cuja altitude é de cerca de 4808 m. Mais a leste, a barreira do Jura evoluindo entre 1445 m (Hasenmatt) e 1300 m, depois 1200 m, e com a aproximação do sujeito (175 km), ou seja, os Alpes Berneses, o panorama vertical alpino fica melhor, às vezes já a 2000 m de altitude.

Entre os cumes alpinos visíveis a partir do cume do Grand Ballon podem-se citar, no Valais, o Weisshorn, o Matterhorn, o Dent Blanche e, no Berner Oberland, o Finsteraarhorn, o Jungfrau, Mönch e o Eiger.

Meteorologia e climatologiaEditar

O Grand Ballon é geralmente o ponto mais frio e ventoso da Alsácia, junto com o Hohneck (1362 m). A temperatura mais baixa conhecida atingiu -30,2° Celsius em 10 de fevereiro de 1956, e a mais elevada foi de 29 °C em 13 de agosto de 2003. (41 °C 1200 m mais abaixo, na planície).

A espessura da neve é geralmente superior a 1 m em inverno, frequentemente 1,50 m a 1350 m de altitude. A diferença de temperatura em relação à planície, perto de Mulhouse, é em torno de 7 °C, podendo atingir 10 °C ou mais no verão.

O maior nível de neve, ou altura acumulada, foi observado em 7 de março de 2006, com 3,70 m, batendo os recordes anteriores (3 m) que datavam de 1969 e 1970.

Ver o mapa de massas de ar a 850 Hp (cerca de 1500 m de altitude) ilustrando o recorde (registrado) de frio e o recorde (registrado) de calor.

A observação das condições meteorológicas em tempo real ou com revisões periódicas, por câmera, pode ser feita por:

  • Câmera meteorológica do centro radio-amador do Grand Ballon (frequência 10.458 GHz, Pol H, PAR 20 Watts omni, código DTMF 68, recepção antena parabólica à vista sobre o Grand Ballon)
  • Webcam do Hotel do Grand Ballon - Club Vosgien. É a mais antiga, desde 1998 (inverno somente, senão Cernay). Webcam.

Nota bene: Uma terceira câmera foi posta em serviço no início de 2006 sob incentivo do "Syndicat mixte Markstein-Grand Ballon": https://web.archive.org/web/20061128101554/http://www.lemarkstein.net/webcams.htm

DiversosEditar

Um monumento aos Diables bleus (diabos azuis) da Primeira Guerra Mundial, os valorosos Caçadores alpinos, foi erigido em 1927 e inaugurado por Raymond Poincaré. Despojado da sua estátua de bronze pelo invasor alemão em setembro de 1940, o monumento reencontrou sua beleza em outubro de 1960, graças ao escultor Bouret.

O cume é equipado desde 1997 de um radar a serviço da aviação civil para a gestão do tráfego aéreo em proximidade dos aeroportos internacionais de Mulhouse e Estrasburgo. Cercado por um belvédère circular, esse edifício foi projetado por Claude Vasconi. O centro do radar encontra-se exatamente a 1435,5 metros de altura, e a mesa de orientação a 1431 m. A partir desse ponto, o limite teórico de visibilidade é de cerca de 120 km em direção ao norte da planície da Alsácia. No flanco leste está implantado um relé radioamador na chegada das cadeiras mecânicas de esqui.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «Grand Ballon». Biblioteca Nacional da Alemanha (em alemão). Consultado em 26 de novembro de 2019