Abrir menu principal

Guaros de Lara é uma associação esportiva da cidade de Barquisimeto, na Venezuela, que se dedica à prática do basquete.

Disputa seus jogos no Domo Bolivariano, cuja capacidade é para 10.000 espectadores.

HistóriaEditar

AntecedentesEditar

Em 1982 Flavio Fridegotto decidiu vender a equipe Colosos de Carabobo e se mudar da cidade de Acarigua, passando a chamsr o time de Bravos de Portuguesa. Mais adiante, em 1993 muda-se novamente, agora para Lara para formar a franquia Malteros de Lara, a qual, dois anos depois, passaria a se chamar Bravos de Lara.

O retorno de Carl Herrera, primeiro venezuelano a atuar na NBA, para a franquia, motivou uma nova mudança de equipe, desta vez à cidade de Guanare, motivo pelo qual voltam a se chamar Bravos de Portuguesa.

Em 2003, Carlos García Ibáñez compra a equipe Bravos de Portuguesa e a muda para Barquisimeto, dando-lhe o nome de Guaros de Lara.

Apesar de que tenha iniciado sua trajetória como franquia em 2003, não conseguiu um título na Liga Profissional de Basquete, mas foi vice-campeã nas edições de 2005 (perdeu para Marinos de Anzoátegui) e 2006 (perdeu para Trotamundos de Carabobo).

Em 2012 Jorge Hernández e seu sócio, o ex-jogador de beisebol Luis Sojo, compram a equipe a García para iniciar outra etapa na história do time.

Novamente em 2015 conseguiriam sua terceira final, mas perderiam novamente diante do Marinos de Anzoátegui.

Campeão da Liga das Américas em 2016Editar

Em 2016, o Guaros de Lara foi o campeão da Liga das Américas, ao vencer a final diante da equipe brasileira do Bauru em Barquisimeto. Pelas mãos de seu treinador, o argentino Néstor García, o time venezuelano coseguiu a grande façanha, contra todas as previsões. Foram peças-chave na conquista os norte-americanos Damien Wilkins e Tyshawn Taylor, dois ex-jogadores da NBA.

TítulosEditar

MundiaisEditar

Copa Intercontinental: 2016.

ContinentaisEditar

Liga das Américas: 2 vezes (2016 e 2017).
Liga Sul-Americana: 2017.

NacionaisEditar

Liga Profissional Venezuelana: 2 vezes (2017 e 2018).
Liga Nacional Venezuelana: 2 vezes (2015 e 2017).

Links externosEditar