Abrir menu principal

Guerra Austro-Prussiana

Guerra Austro-Prussiana
(Guerra das Sete Semanas)
Parte da(o) guerra da Unificação alemã
Battle of Koniggratz by Georg Bleibtreu.jpg
Batalha de Königgrätz, por Georg Bleibtreu.
Óleo sobre tela, 1869.
Data 14 de junho23 de agosto de 1866
Local Boêmia, Alemanha, Itália e Mar Adriático
Desfecho Vitória Ítalo-Prussiana
Mudanças
territoriais
Prússia anexou Hanôver, Schleswig-Holstein, Hesse-Cassel, Frankfurt, Nassau, partes do Baviera e partes do Hesse-Darmstadt;
Itália anexou o Vêneto;
Prússia formou a Confederação da Alemanha do Norte;
O Império Austríaco se tornou Áustria-Hungria
Combatentes
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Império Austríaco
Flagge Königreich Sachsen (1815-1918).svg Saxônia
Flag of Bavaria (striped).svg Baviera
Flag of the Grand Duchy of Baden (1871–1891).svg Baden
Flagge Königreich Württemberg.svg Württemberg
Flag of Hanover 1837-1866.svg Hanôver
Flagge Großherzogtum Hessen ohne Wappen.svg Hesse
Flag of Hesse.svg Hesse-Cassel
Flagge Fürstentum Reuß ältere Linie.svg Reuss
Flagge Herzogtum Sachsen-Coburg-Gotha (1826-1911).svg Saxe-Meiningen
Flagge Fürstentum Schaumburg-Lippe.svg Schaumburgo
Flag of the Free City of Frankfurt.svg Frankfurt
Flagge Herzogtum Nassau (1806-1866).svg Nassau
War Ensign of Prussia (1816).svg Prússia
Flag of Italy (1861-1946) crowned.svg Itália
Flagge Großherzogtümer Mecklenburg.svg Mecklemburgo
Flagge des Herzogtums Oldenburg.png Ducado de Oldemburgo
Flagge Herzogtum Anhalt.svg Anhalt
Flagge Herzogtum Braunschweig.svg Brunsvique
Flagge Herzogtum Sachsen-Coburg-Gotha (1826-1911).svg Saxe-Altemburgo
Flagge Herzogtum Sachsen-Coburg-Gotha (1911-1920).svg Saxe-Coburgo-Gota
VlagLauenburg.png Saxe-Lauenburgo
Flagge Fürstentum Lippe.svg Lippe
Flagge Fürstentümer Schwarzburg.svg Schwarzburg
Flag of Germany.svg Waldeck
Flag of Bremen (middle arms).svg Bremen
Flag of Hamburg.svg Hamburgo
Flag of the Free City of Lübeck.svg Lübeck
Líderes e comandantes
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Francisco José I
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Alberto von Teschen
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Ludwig von Benedek
Flag of Bavaria (striped).svg Luís II da Baviera
Flag of Bavaria (striped).svg Carlos Teodoro Maximiliano
Flag of Saxony.svg Alberto da Saxônia
War Ensign of Prussia (1816).svg Guilherme I
War Ensign of Prussia (1816).svg Otto von Bismarck
War Ensign of Prussia (1816).svg Helmuth von Moltke
Reino de Itália Vítor Emanuel II
Reino de Itália Alfonso Ferrero la Marmora
Reino de Itália Giuseppe Garibaldi
Forças
517 123 austríacos e aliados germânicos[1] 637 262 (437 262 prussianos e 200 000 italianos)[1]
Vítimas
132 414 mortos, feridos, capturados ou desaparecidos[1]
  • 106 796 austríacos
  • 17 693 de Hanôver
  • 3 840 da Baviera
  • 2 094 da Saxônia
39 990 mortos, feridos, capturados ou desaparecidos[1]
  • 28 793 alemães
  • 11 197 italianos

A Guerra Austro-prussiana[2] foi travada pelo Império Austríaco e pelo Reino da Prússia em 1866 e resultou no domínio prussiano sobre a atual Alemanha. Na Alemanha e na Áustria ela é conhecida como Deutscher Krieg (Guerra Alemã) ou Bruderkrieg (Guerra de Irmãos). Na Itália, chama-se Terza guerra di independenza italiana (Terceira guerra de independência italiana), pois resultou na anexação do Vêneto ao Reino de Itália, que havia se aliado à Prússia contra a Áustria.

Índice

Antecedentes e causasEditar

Por séculos, os imperadores do Sacro Império Romano-Germânico governavam nominalmente os Estados alemães, mas os nobres poderosos mantinham uma independência de fato com auxílio externo, particularmente da França. A Prússia se tornou o mais poderoso desses Estados, e, já no século XIX, era considerada uma das grande potências da Europa.

Após o fim das Guerras Napoleônicas, em 1815, a influência francesa sobre os Estados alemães era fraca e ideais nacionalistas espalharam-se pela Europa. Muitos observadores perceberam que as condições para a unificação da Alemanha estavam em desenvolvimento, e duas concepções de unificação se desenvolveram. Um delas era a Grossdeutschland (do alemão Großdeutschland, "grande Alemanha"), que incluiria o império multinacional da Áustria. A outra, preferida pela Prússia, era a Kleindeutschland ("pequena Alemanha"), que excluía a Áustria.

O junker (nobre prussiano) Otto Von Bismarck tornou-se primeiro ministro da Prússia em 1862 e começou imediatamente uma política focalizada na unificação da Alemanha como uma Kleindeutschland sob controle prussiano. Tendo aumentado a consciência nacional alemã, convencendo a Áustria a unir-se a ele na Guerra dos Ducados (também conhecida como Guerra Dinamarquesa ou Segunda Guerra do Schleswig), Bismarck provocou um conflito pela administração das províncias conquistadas de Schleswig e Holstein, que fora acertada na Convenção de Gastein. A Áustria declarou guerra à Prússia e conclamou os exércitos dos Estados alemães menores para juntarem-se a ela.

As aliançasEditar

A maioria dos Estados alemães uniu-se à Áustria, contra a Prússia, percebida como a agressora. Dentre esses Estados estavam a Reino da Saxônia, Bavária, Baden, Württemberg, Hanôver, Hesse-Cassel, Hesse-Darmstadt e Nassau. Alguns estados setentrionais juntaram-se à Prússia, particularmente Ducado de Oldemburgo, Mecklemburgo-Schwerin, Mecklemburgo-Strelitz, e Ducado de Brunsvique. O Reino de Itália, recém constituído, também se juntou à Prússia, porque a Áustria ainda ocupava o território do Vêneto, que os irredentistas italianos queriam para completar a unificação da Itália.

Notavelmente, as outras potências estrangeiras abstiveram-se da guerra. O imperador francês Napoleão III, que esperava uma vitória austríaca, preferiu ficar de fora do conflito para fortalecer sua posição de negociação pelo território ao longo do Reno, enquanto que o Império Russo ainda guardava ressentimentos contra a Áustria por conta da Guerra da Crimeia.

Alianças da Guerra Austro-prussiana (1866)
 
Prússia Império Austríaco Neutros

Reino da Itália
Mecklemburgo-Schwerin
Mecklemburgo-Strelitz
Ducado de Oldemburgo
Anhalt
Brunswick
Saxe-Altemburgo
Saxe-Coburgo-Gota
Lauenburg
Lippe-Detmold
Schwarzburg-Sondershausen
Waldeck-Pyrmont
Bremen
Hamburgo
Lübeck

Baviera
Hanôver
Saxônia
Württemberg
Baden
Hesse-Darmstadt
Nassau
Hesse-Cassel
Saxe-Meiningen
Reuss-Greiz
Schaumburg-Lippe
Frankfurt

Limburgo
Liechtenstein
Luxemburgo
Reuss-Schleiz
Saxe-Weimar-Eisenach
Schwarzburg-Rudolstadt

Territórios Disputados

Schleswig
Holstein

Curso da guerraEditar

 
Consequências:
Azul escuro - Reino da Prússia
Azul - Aliados da Prússia
Vermelho - Império Austríaco
Rosa - Aliados da Áustria
Verde - Confederação Germânica - Membros neutros
Azul claro - Ganhos territoriais prussianos após o conflito.

A principal campanha da guerra ocorreu na Boêmia. A decisiva vitória prussiana sobre a Áustria na Batalha de Königgrätz (3 de julho de 1866) destruiu o exército austríaco e forçou Viena a propor a paz.

Os austríacos tiveram melhor sorte na guerra com a Itália, derrotando-a em terra na Batalha de Custoza (24 de junho) e no mar na Batalha de Lissa (20 de julho). Os "Caçadores dos Alpes", de Garibaldi, invadiram o Tirol Meridional (atual Trentino) na Batalha de Bezzecca, em 21 de julho, e avançaram na direção de Trento, sem todavia tomar a cidade.

ResultadosEditar

Encerradas as hostilidades, a Áustria cedeu a Venécia (correspondente às atuais regiões italianas do Vêneto e da Friul-Veneza Júlia) ao Reino de Itália (com a mediação da França).

O Tratado de Praga, de 23 de agosto de 1866, determinou a dissolução da Liga Alemã, a anexação de Schleswig-Holstein, Hanôver, Hesse-Cassel, Nassau e Frankfurt ao Reino da Prússia e a exclusão do Império Austríaco dos assuntos alemães.

A guerra tornou a Prússia a potência hegemônica na Alemanha e com ascendência sobre os estados alemães menores, que se veriam compelidos a aliarem-se aos prussianos na Guerra Franco-prussiana de 1870 e a aceitar a coroação de Guilherme I como Kaiser de uma Alemanha unificada, em 1871. A Guerra dos Ducados e a Guerra Austro-prussiana podem ser vistas, portanto, como as primeiras grandes manobras de Bismarck para atingir a sua meta de unificar a Alemanha sob controle prussiano.

Fronteira ítalo-austríaca na época da guerra
A Terceira guerra de independência italiana

Notas

  1. a b c d Clodfelter, M. (2017). Warfare and Armed Conflicts: A Statistical Encyclopedia of Casualty and Other Figures, 1492-2015 4ª ed. Jefferson, North Carolina: McFarland. ISBN 978-0786474707 
  2. Também chamada de Guerra das Sete Semanas ou Guerra Civil Alemã.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Guerra Austro-Prussiana