Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2019). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Guerras dos Bálcãs
Balkan belligerants 1914.jpg
Mapa com os territórios ocupados pela liga dos Bálcãs após a Primeira Guerra Balcânica. O Império Otomano aparece em cor mais escura, no sudeste.
Data 8 de outubro de 191218 de julho de 1913
Local Bálcãs
Desfecho Tratado de Londres
Tratado de Bucareste
Tratado de Constantinopla
Beligerantes
Primeira Guerra Balcânica:

Império Otomano Império Otomano

Apoio







Segunda Guerra Balcânica‎:

Bulgária Bulgária
Primeira Guerra Balcânica:

Bulgária Bulgária
Reino da Grécia Grécia
Montenegro Montenegro
Sérvia Sérvia

Apoio



Segunda Guerra Balcânica‎:

Montenegro Montenegro
Reino da Grécia Grécia
Sérvia Sérvia
Romênia Romênia
Império Otomano Império Otomano
   
+ 600 000 mortos ou feridos

No Tratado de Bucareste (agosto de 1913), Grécia e Sérvia dividiram a Macedônia, e a Romênia ganhou parte da Bulgária. A Albânia, que estava sob suseranato turco, tornou-se um principado muçulmano independente. A Grande Sérvia agora representava uma ameaça à Áustria-Hungria. A Rússia prometeu apoiar a Sérvia em seu esforço nacionalista, e a Alemanha prometeu ajuda militar à Austria-Hungria. O assassinato do herdeiro do trono austro-húngaro em Sarajevo (1914) deu à Áustria-Hungria o pretexto para invadir a Sérvia, levando à deflagração da Primeira Guerra Mundial, seis meses depois.

Outras guerras na região balcânicaEditar

Ver tambémEditar