Abrir menu principal

Gurre-Lieder (Canções de Gurre) é um ciclo de canções composto por Arnold Schönberg (1874-1951) no início da sua carreira. Exige monumental esforço para a sua execução, por isso a sua interpretação é pouco frequente.

Baseado em textos do poeta dinamarquês Jens Peter Jacobsen e traduzido para alemão por Robert Franz Arnold, este oratório com canções para cinco vozes, narrador, coros e orquestra foi composto no primeiro estilo do compositor, antes do dodecafonismo e foi fortemente influenciado por Wagner e Mahler.

A primeira parte foi terminada em 1901 e a segunda em 1911, ambas diferem completamente em estilo mostrando a evolução de Schönberg para a dodecafonia.

Franz Schreker estreou-o em Viena em 1913 e Leopold Stokowski fez o primeiro registo integral em 1932.

Discografia de referênciaEditar

  • Ferry Grüber, Morris Gesell, Richard Lewis, Nell Tangeman, John Riley, René Leibowitz Paris New Symphony Society Orchestra, 1953
  • Melanie Diener, Stephen O'Mara, Jennifer Lane, David Wilson-Johnson, Martyn Hill, Ernst Haefliger, Robert Craft, Philharmonia Orchestra,

Ligações externasEditar