Abrir menu principal

Gustav Victor Rudolf Born

Gustav Victor Rudolf Born
Nascimento 29 de julho de 1921
Göttingen
Morte 16 de abril de 2018 (96 anos)
Nacionalidade Britânico
Prêmios Medalha Real (1987)
Campo(s) Farmacologia

Gustav Victor Rudolf Born (Göttingen, 29 de julho de 1921 - 16 de abril de 2018)[1] foi um farmacologista britânico.

CarreiraEditar

É professor emérito de farmacologia do King's College de Londres e professor pesquisador do Instituto de Pesquisas William Harvey, Colégio de Medicina do Hospital St Bartholomew. Nasceu na Alemanha, filho de Hedwig Ehrenberg e Max Born. Frequentou a Oberrealschule em Göttingen. Após fugir para o Reino Unido com seus pais, frequentou a Perse School em Cambridge, a Edinburgh Academy e a Universidade de Edimburgo.

CarreiraEditar

Foi eleito um fellow da Royal Society em 1972, e do Royal College of Physicians em 1976. Foi professor de farmacologia do King's College de Londres, de 1978 a 1986, e tornou-se professor pesquisador (Research Professor) do Instituto William Harvey em 1989.

FamíliaEditar

Casou com Ann Plowden-Wardlaw, uma doutora em medicina e psicoanalista kleiniana. Em 1962 casou com a médica Faith Maurice-Williams.

Sua filha do primeiro casamento, Georgina Born, é professora de sociologia, antropologia e música da Universidade de Cambridge, e sua sobrinha é a atriz e cantora Olivia Newton-John.

PublicaçõesEditar

Em 2006 escreveu um livro como coautor com Lorie Karnath, "Wohin geht die Sonne, wenn ich schlafe". Munique, Nymphenburger Verlag.

Outros interessesEditar

Born foi membro do comitê consultivo do Projeto Anti-Concorde.

Referências

  1. Max Born, em carta escrita de Göttingen para Albert Einstein em 4 de agosto de 1921, comunica o nascimento de Gustav Born: Am 29.7 ist ein kleiner Junge, Gustav Born, zur Welt gekommen. ... Born, Max (1969). Albert Einstein, Hedwig und Max Born: Briefwechsel 1916–1955 (em alemão). Munique: Nymphenburger Verlagshandlung. ISBN 3-88682-005-X , página 86

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar