Abrir menu principal

Wikipédia β

Gustavo Cristian Matosas Paidón, mais conhecido como Gustavo Matosas (Buenos Aires, 25 de maio de 1967), é um treinador e ex-futebolista argentino-uruguaio que atuava como meia. Atualmente é treinador do Cerro Porteño.

Gustavo Matosas
Gustavo Matosas
Informações pessoais
Nome completo Gustavo Cristian Matosas Paidón
Data de nasc. 25 de maio de 1967 (50 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Altura 1.80 m
Informações profissionais
Equipa atual Paraguai Cerro Porteño
Posição treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1985–1989
1989–1990
1990–1992
1992–1993
1993–1994
1993–1994
1994–1995
1995–1996
1996–1997
1998–2000
2001
2001
Uruguai Peñarol
Espanha Club Málaga
Argentina San Lorenzo
Argentina Racing
Brasil São Paulo
Espanha Lleida (emp.)
Espanha Valladolid
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Goiás
China Tianjin Teda
Uruguai El Tanque Sisley
México Querétaro
Seleção nacional
1987–1992 Flag of Uruguay.svg Uruguai
Times/Equipas que treinou
2006–2007
2007–2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011
2012–2014
2015
2015
2016
2017–
Uruguai Danubio
Uruguai Peñarol
Uruguai Bella Vista
Peru Universidad San Martín
Uruguai Danubio
México Querétaro
México León
México América
México Atlas
Arábia Saudita Al-Hilal
Paraguai Cerro Porteño
Última atualização: quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Índice

CarreiraEditar

Começou sua carreira em 1985 no Peñarol, por onde ficou até 1989. Em seguida, passou por: CD Málaga, San Lorenzo, Racing. em 1993, esteve no São Paulo, por onde ganhou a Libertadores e o Mundial Interclubes nesse mesmo ano. e depois foi para os espanhóis Lleida e Valladolid, retornou ao Brasil, por onde defendeu o Atlético Paranaense e Goiás. foi pra China atuar pelo Tianjin Teda, retornou ao Uruguai, onde jogou pelo El Tanque Sisley ayté encerrar a carreira no Querétaro, do México.

Em 2006, Matosas começa sua carreira de treinador de futebol no Danubio do Uruguai. em seguida treinou o Peñarol, Bella Vista, Universidad San Martín, retornou ao comando do Danubio[1] e ultimamente treinava Querétaro, do México[2]. Comandou o León e logo em seguida, o América pelo qual conquistou a Concachampions de 2014-15.

TítulosEditar

Referências

  1. Ovación (14 de maio de 2010). «Gustavo Matosas vuelve a Danubio» (em espanhol). Consultado em 15 de Janeiro de 2012  |lang= e |lingua3= redundantes (ajuda)
  2. El Universal (30 de Agosto de 2011). «Querétaro destituye a Gustavo Matosas» (em espanhol)  Parâmetro desconhecido |cessodata= ignorado (ajuda); |lang= e |lingua3= redundantes (ajuda)

Ligações externasEditar