Abrir menu principal
Hélder Rodrigues
Piloto de 2019
Nacionalidade Português
Data de Nascimento 28 de fevereiro de 1979 (40 anos)
Local de Nascimento Lisboa, Portugal
Ano de início 1994

Hélder Fernando Simões Cerqueira Rodrigues (Lisboa, 28 de fevereiro de 1979) é um motociclista de enduro português, tornado conhecido sobretudo pela sua participação no Rali Dakar de 2007 e por se ter tornado campeão do mundo de todo-o-terreno em 2011.

Índice

CarreiraEditar

Hélder Rodrigues obteve a sua primeira classificação de destaque ao terminar o campeonato regional de motocross de 1994 em 2º lugar. Nos anos seguintes foi melhorando as suas classificações, até que em 1999 venceu o nacional absoluto de enduro, correndo com uma Yamaha YZ 250. Desde 1999 até 2006 venceu sempre o campeonato nacional de enduro.

DakarEditar

  • 2006

Em 2006 Hélder Rodrigues participou pela primeira vez no Lisboa Dakar, integrado na equipa Bianchi Prata Competições, terminando a prova no 9º lugar.

  • 2007

No Lisboa Dakar 2007, após ter ficado a apenas 16 segundos de Ruben Faria na primeira etapa, Hélder Rodrigues venceu a segunda etapa entre Portimão e Málaga e passou a liderar a classificação geral das motos, que perdeu na terceira etapa. Nesta edição do rali, venceu ainda a décima etapa, disputada em redor de Néma na Mauritânia, vindo a terminar a prova no quinto lugar.

Na penúltima etapa do Rali todo-o-terreno da Argentina, Hélder Rodrigues sofreu um grave acidente que levou a que se retirasse o seu baço, e a que tivesse sido necessária uma cirurgia a um dos seus braços. O piloto recuperou totalmente.

  • 2009

Em 2009 atingiu o 5º Lugar na Prova e venceu a etapa Córdoba - Buenos Aires

  • 2010

Em 2010 Atingiu o 4º Lugar na Prova, tornando-se na altura, ao lado de Carlos Sousa nos Carros, o melhor português de sempre no Dakar.

  • 2011

Em 2011, Hélder Rodrigues acaba por atingir o pódio, após desistência de "Chaleco" Lopez Contardo na última etapa do Dakar, terminando no 3º lugar (melhor posição de um português no Dakar até então). Vitória na 5ª etapa (Calama - Iquique)

  • 2012

Hélder Rodrigues repete o 3º lugar, atrás de Cyril Despres e Marc Coma, a 1 hora, 11 minutos e 17 segundos do vencedor, e com penalização de 15 minutos por troca de motor. Vitórias na 9ª (Antofagasta - Iquique) e 13ª etapas (Nazca - Pisco).

  • 2013

Em 2013, troca a Yamaha pela Honda que regressa ao Dakar. Termina em 7º.

  • 2014

Termina em 5º, sendo o melhor Honda

  • 2015

Afetado por gripe no início da prova, venceu as etapas 6 e 9, terminando em 12º, depois ajudar Paulo Gonçalves a tentar chegar à vitória na prova.

Todo-o-terrenoEditar

A 8 de outubro de 2011, tornou-se no primeiro português a ganhar o campeonato do mundo de todo-o-terreno.[1]

Referências

  1. «Hélder Rodrigues campeão mundial… 19 anos depois». Semanário Expresso. 8 de outubro de 2011. Consultado em 8 de outubro de 2011. Arquivado do original em 5 de novembro de 2011