Abrir menu principal
Haçane de Baçorá
Nascimento 642
Medina
Morte 728 (86 anos)
Basra
Ocupação cádi
Religião Islã, Sunismo

Haçane ibne Abil Haçane de Baçorá (em árabe: الحسن بن أبي الحسن البصري, lit. 'Al-Hasan ibn Abi-l-Hasan al-Basri'; 642728), mais conhecido somente como Haçane de Baçorá, foi um conhecido sacerdote sunita, teólogo e estudioso do Islão nascido em 642 de pais persas[1][2]. Educado na casa de Ume Salama, Haçane conheceu vários companheiros de Maomé (S.A.WS.), incluindo, diz-se, setenta dos guerreiros que lutaram na Batalha de Badr. Depois de adulto, Haçane se tornou uma das figuras mais proeminentes da sua geração, sendo famoso por sua piedade e por sua condenação ao mundanismo.

Quando morreu numa sexta-feira, 5 de Rajabe de 110 A.H., com 89 anos, toda a população de Baçorá acompanhou seus funerais. Então, pela primeira vez na história de Baçorá, a Jami Masjide ficou vazia na hora da Asr[3]. Hasan rapidamente se tornou um exemplo para outros santos na região e sua personalidade causou grande impressão em seus contemporâneos[4].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Michael G. Morony, Iraq After the Muslim Conquest, Gorgias Press LLC, 2006. Excerto da pág. 189: "os pais de Al-Hasan Al-Basri eram persas pobres e vieram dessa parte do Iraque (Baladhuri, Futuh,344).
  2. Christopher Melchert, "ḤASANBAṢRI, ABU SAʿID B. ABI’L-ḤASAN YASĀR", in: Encyclopædia Iranica. Accessado em Abril de 2010.
  3. Al-Din Al-Hanafi, Allama Qutb. Prayers For Forgiveness. [S.l.]: White Thread Press. ISBN 978-1-933764-07-8 
  4. Ritter, 14ff., 33, n. 5
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Haçane de Baçorá


FontesEditar