Hassis

pintor brasileiro

Hiedy de Assis Corrêa (Curitiba, 27 de julho de 1926 - Florianópolis, 2001), conhecido pelo nome artístico de Hassis, foi um pintor brasileiro.[1]

Hassis
Nascimento 27 de julho de 1926
Morte 2001
Cidadania Brasil
Ocupação pintor

Integrou o Grupo Sul, formado por artistas e intelectuais de vanguarda reunidos em torno da Revista Sul, fundada em 1948 em Florianópolis. Ao longo da década de 1950, produziu diversas aquarelas que mostravam a sua visão de elementos da paisagem natural e humana de Santa Catarina, como o boi-de-mamão, os engenhos, o vento sul e a Ponte Hercílio Luz, tais obras foram reunidas na sua primeira exposição, em 1957.[2]

Um ano depois, ao lado de Ernesto Meyer Filho e outros, formou o Grupo de Artistas Plásticos de Florianópolis (GAPF). Na década de 1960, dedicou-se à pintura mural, produzindo o Mural humanidade para a Capela Santíssima Trindade, o Contestado – terra contestada, hoje no Museu do Contestado, em Caçador e o mural do Aeroporto Hercílio Luz.[3]

Morreu em 2001, mesmo ano em que foi criado em Florianópolis o Museu Hassis, que reúne obras produzidas desde 1944.[4] É patrono da cadeira 28 da Academia Catarinense de Letras e Artes.[5]

Ligações externasEditar

Referências

  1. Sobre o artista. Fundação Hassis
  2. KAMMERS, Elizabeth G. Entre o moderno e o tradicional: a Florianópolis da década de 1950 nas pinturas de Hassis. Anais do II Encontro Nacional de Estudos da Imagem, 2009, Londrina-PR
  3. BORGES, Viviane Trindade. “Enquanto eu viver, enquanto eu respirar”: os registros orais de Hassis, investigando um arquivo autobiográfico. História Oral, v. 14, n. 1, p. 37-48, jan.-jun. 2011
  4. Museus. Guia Floripa
  5. ACLA - Patronos[ligação inativa]