Abrir menu principal
Hero
Herói acidental[1] (PRT)
Herói por acidente[2] (BRA)
 Estados Unidos
1992 •  cor •  117 min 
Direção Stephen Frears
Produção Laura Ziskin
Roteiro Laura Ziskin
Alvin Sargent
David Webb Peoples
Elenco Dustin Hoffman
Geena Davis
Andy García
Gênero comédia dramática
Música George Fenton
Cinematografia Oliver Stapleton
Edição Mick Audsley
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 2 de outubro de 1992
Idioma inglês
Orçamento US$ 42 milhões[3]
Receita US$ 19.5 milhões[4]

Hero, lançado no Reino Unido e na Irlanda como Accidental Hero[5][6] (br: Herói por acidente / pt: Herói acidental) é um filme estadunidense de 1992, do gênero comédia dramática, dirigido por Stephen Frears. Foi escrito por David Webb Peoples a partir de uma história escrita por Peoples, Laura Ziskin e Alvin Sargent e estrelado por Dustin Hoffman, Geena Davis, Andy Garcia, Joan Cusack e Chevy Chase (não creditado). O filme é sobre uma repórter de TV que promove um concurso para localizar o anônimo andarilho que salvou os sobreviventes de um acidente de avião.[7][8] Seguindo o aclamado pela crítica The Grifters (1990), foi o segundo longa-metragem estadunidense do cineasta britânico Frears.

A filmagem principal do filme começou a ser filmada em 30 de outubro de 1991 em Chicago, com estúdio na Sony Pictures Studios, em Culver City, Califórnia e Los Angeles, Califórnia, juntamente com a cena do acidente em Piru, na Califórnia. A encenação colossal da queda de um Boeing 727 em dezembro de 1991, envolveu a criação de um conjunto de localização completo em Piru, Califórnia.[9] A fuselagem abandonada foi explodida sobre uma ponte e recriada um rio e o leito de um rio. Após o fracasso da primeira explosão, um segundo explosivo manipulado realisticamente recriou a cena do acidente, onde o avião é dilacerado.[10] Encerrou as filmagens em 20 de março de 1992.[11]

Hail the Conquering Hero (1944) é um filme sobre um tema similar de Preston Sturges. Muitos críticos se referiram às semelhanças óbvias entre Hero e a comédia maluca de Sturges. O clássico filme de Frank Capra, Meet John Doe (1941), também foi citado como modelo para Laura Ziskin, que produziu e forneceu a história para Hero.[12]

O filme recebeu críticas positivas, mas foi um fracasso de bilheteria, arrecadando apenas US$19.5 milhões com um orçamento de US$42 milhões. A Columbia Pictures perdeu US$25.6 milhões.[13] O filme atualmente tem uma classificação de 65% no Rotten Tomatoes baseado em 20 opiniões.[14] Roger Ebert observou: "Ele tem todos os ingredientes para um entretenimento fantástico, mas permanece sobre os tipos de detalhes que pertencem a um tipo diferente de filme. Isso vem da tradição das comédias de Preston Sturges dos anos 1940, e quando Chevy Chase, como um chefe de TV, dá ordens em um telefone, ele encontra a nota certa".[15]

O filme é reconhecido pelo American Film Institute nestas listas:

Índice

SinopseEditar

O mendigo Bernie Laplante (Dustin Hoffman), um sujeito intratável e egoísta, tenta escapar da cadeia convencendo o juiz que é um pai de família exemplar. A caminho da casa da ex-mulher, que o odeia e tem a guarda do seu filho, presencia a queda de um avião com 54 passageiros. Meio a contragosto, desemperra a porta da aeronave e salva os passageiros. Perde um pé de sapato e some. Entre os passageiros estava Gale Gayley (Geena Davis), uma repórter de televisão que decide iniciar uma campanha para descobrir a identidade do herói anônimo e oferece um milhão de dólares ao "herói" do desastre aéreo. Bernie deu o sapato restante para John Bubber (Andy Garcia), um desabrigado. Gale segue a pista do sapato e acaba chegando em John Bubber, que herdou o outro pé de Laplante e decide tirar proveito da oferta, pois é um homem bonito e encantador e logo ganha o coração da cidade inteira. Logo Bernie percebe que jogou fora um milhão de dólares e inicia um esforço para conseguir o reconhecimento e o dinheiro.

ElencoEditar

Irmã de Joan, Susie Cusack, aparece como Donna O'Day em um papel não creditado; Jeff Garlin foi visto como um vendedor de notícias

BibliografiaEditar

  • Beck, Simon. The Aircraft-Spotter's Film and Television Companion. Jefferson, North Carolina: McFarland & Co. Inc. Publishing, 2016. ISBN 978-1-4766-6349-4.
  • Griffin, Nancy and Kim Masters. Hit and Run. New York: Touchstone, a Simon & Schuster company, 1996. ISBN 978-0-68483-266-1.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Herói acidental RTP
  2. Herói por acidente HBO Brasil
  3. "Hero (1992)." The Numbers. Acessado: 17 de janeiro de 2017
  4. "Hero." Box Office Mojo. Acessado: 17 de janeiro de 2017.
  5. Accidental Hero Amazon
  6. FILM / An unlikely kind of hero The Independent
  7. Filme une Garcia e Hoffman Folha de S.Paulo
  8. No ocaso dos heróis Folha de S.Paulo
  9. Beck 2016, p. 258.
  10. Fretts, Bruce. "Staging 'Hero's plane crash." Entertainment Weekly, 2 de outubro de 1992. Acessado: 16 de janeiro de 2017.
  11. "Misc Notes: Hero (1992). Turner Classic Movies. Acessado: 22 de novembro de 2014.
  12. Turan, Kenneth. "A Reluctant 'Hero'." Los Angeles Times, 2 de outubro de 1992. Acessado: 16 de janeiro de 2017.
  13. Griffin and Masters 1996, p. 345.
  14. "Hero". Rotten Tomatoes. Acessado: 22 de novembro de 2014.
  15. Ebert, Roger. "Hero". RogerEbert.com, 2 de outubro de 1992. Acessado: 22 de novembro de 2014.
  16. "100 Heroes & Villains Nominees." AFI's 100 Years.
  17. "100 Cheers Nominees." AFI's 100 Years. Acessado: 16 de janeiro de 2017.

Ligações externasEditar