Abrir menu principal

Em biologia, heterocronia é definida como uma mudança do tempo a que certos eventos ocorrem durante o desenvolvimento, levando a mudanças em tamanho e forma. Há duas componentes, nomeadamente i) o início e fim de um determinado processo, e ii) a taxa a que este processo opera. O processo de desenvolvimento numa espécie só pode ser descrito como heterocrónico em relação ao mesmo processo noutra espécie, considerada como sendo o estado basal ou ancestral, operando com um tempo de início e/ou fim diferente, e/ou a taxas diferentes. O conceito foi introduzido pela primeira vez por Haeckel em 1875.

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.