Homem de Boskop

fóssil humano anatomicamente moderno

O Homem Boskop é um fóssil humano anatomicamente moderno da Idade da Pedra Média (Pleistoceno Superior) descoberto em 1913 na África do Sul.[1][2] O fóssil foi inicialmente descrito como Homo capensis e considerado uma espécie humana separada por Broom (1918),[3] mas na década de 1970 este tipo "Boskopoid" foi amplamente reconhecido como representante das populações Coissãs modernas.[4]

DescobertaEditar

A maioria das teorias sobre um tipo "Boskopoid" foi baseada no crânio de Boskop homônimo, que foi encontrado em 1913 por dois agricultores africânderes. Eles o ofereceram a Frederick William FitzSimons para exame e pesquisa adicional. Muitos crânios semelhantes foram posteriormente descobertos por vários paleontólogos.[5]

Capacidade cranianaEditar

Os fósseis de Boskop Man são notáveis por suas capacidades cranianas extraordinariamente grandes, com variações de capacidade craniana relatadas entre 1.700 e 2.000 cm3.[6][7]

CulturaEditar

Uma imagem circulou pela Internet que supostamente é de um crânio de Boskopoid. No entanto, esta imagem na realidade retrata o crânio de um paciente com hidrocefalia.[8]

Referências

  1. Pycraft, W. P. (1925). «On the Calvaria Found at Boskop, Transvaal, in 1913, and Its Relationship to Cromagnard and Negroid Skulls.». The Journal of the Royal Anthropological Institute of Great Britain and Ireland: 179–198. ISSN 0307-3114. doi:10.2307/2843700. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  2. H., Schwartz, Jeffrey (2003). Craniodental morphology of genus Homo (Africa and Asia). [S.l.]: Wiley-Liss. OCLC 248844961 
  3. Fitzsimons, F. W. (5 de agosto de 1915). «Palæolithic Man in South Africa». doi:10.1038/095615c0. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  4. Singer, Ronald (1958). «232. The Boskop 'Race' Problem». Man: 173–178. ISSN 0025-1496. doi:10.2307/2795854. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  5. Galloway, Alexander (julho de 1937). «The characteristics of the skull of the Boskop physical type». American Journal of Physical Anthropology (1): 31–47. ISSN 0002-9483. doi:10.1002/ajpa.1330230105. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  6. Hawks, John (30 de março de 2008). «The "amazing" Boskops». john hawks weblog (em inglês). Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  7. «What Happened to the Hominids Who May Have Been Smarter Than Us?». Discover Magazine (em inglês). Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  8. Gladstone, Reginald J. (junho de 1905). «A Study of the Relations of the Brain to the Size of the Head». Biometrika (1/2). 105 páginas. ISSN 0006-3444. doi:10.2307/2331533. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  Este artigo sobre antropologia ou um antropólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.