Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade.
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hugo Bianchi
Nome nativo Hugo Alves Mesquita
Nascimento 1926 (93 anos)
Fortaleza
Cidadania Brasil
Ocupação coreógrafo
Prêmios Sereia de Ouro, Medalha Boticário Ferreira

Hugo Bianchi (Fortaleza, 1926) - nascido Hugo Alves Mesquita, é um bailarino, professor e coreógrafo brasileiro. Começou a carreira de bailarino aos dezessete anos. Aluno assíduo, tornou-se destaque nas grandes apresentações do palco principal do Theatro José de Alencar.Também prestou grandes contribuições ao teatro cearense. Formou-se bailarino pelo Serviço Nacional de Teatro do Rio de Janeiro, aperfeiçoou sua técnica com Eros Volúsia, Dina Nova, Maria Olenewa, Vaslav Veltchek, Tatiana Leskova e David Dupré.

Com técnica e grande interpretação, logo foi estudar balé no Rio de Janeiro, onde morou anos, onde logo passou a ensinar. Foi aclamado pela crítica, e pelos especialistas o melhor bailarino brasileiro de todos os tempos, eternizou-se nas interpretações brilhantes do balé Dom Quixote.

Em Fortaleza foi professor de bailarinas como Goreth Quintela e Madiana Romcy. Em 1966 fundou o Ballet Hugo Bianchi, o qual dirige até hoje, vinculado à prefeitura e referente ao Ballet Municipal de Fortaleza, é diretor e responsável pela formação de bailarinas como: Monica Luiza, Madiana Romcy, Goretti Quintela, Elioneide, Socorro Quintela entre outras. Ao lado dele trabalham grandes estrelas: Douglas Mota, Emília Gregorina; e seu projeto proporciona bolsas de estudo para que as alunas possam estudar a dança mais facilmente. É citado sempre como formador de estrelas. Foi condecorado com a Medalha Boticário Ferreira, da Câmara Municipal de Fortaleza e o Troféu Albanisa Sarasate, do Festival Vida e Arte. Foi homenageado com o troféu Sereia de Ouro em 2006. Recebeu o Prêmio SATED CE DIA DO ARTISTA em 2008, na categoria de dança.

Ligações externasEditar