Abrir menu principal

Uma Igreja particular, na teologia e lei canónica, é uma comunidade eclesial em plena comunhão com Roma, uma parte da Igreja Católica vista como um todo. O Código de Direito Canónico refere-se às Igrejas particulares como sendo as unidades "nas quais e das quais existe a una e única Igreja Católica".[1] Todas estas igrejas são lideradas por membros do clero, que, em última instância, respondem todos ao Papa.

Em regra, o conceito de Igreja particular emprega-se em 2 tipos de Igrejas católicas:

ReferênciasEditar

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.