Abrir menu principal
Imre Simon
Nascimento 14 de agosto de 1943
Budapeste, Hungria
Morte 13 de agosto de 2009 (65 anos)
São Paulo, Brasil
Nacionalidade Hungria Húngaro,  Brasileiro
Campo(s) Matemática

Imre Simon (Budapeste, Hungria, 14 de agosto de 1943São Paulo, Brasil, 13 de agosto de 2009) foi um cientista da computação brasileiro. Durante sua vida, recebeu vários prêmios nacionais e internacionais. Em 1979, recebeu o Prêmio Jabuti de Ciências Exatas e, em 1989, o Prêmio Científico da Union des Assurances de Paris (UAP), em conjunto com Misha Gromov e Joseph Stiglitz.

Imre foi professor titular do Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP), recebendo o titulo de Professor Emérito (post-mortem). Também foi coordenador da Incubadora Virtual de Conteúdos Digitais, um projeto do programa TIDIA da FAPESP.

Obteve o mestrado em 1970 e o doutorado em 1972, ambos em ciência da computação pela Universidade de Waterloo, o último com a tese Hierarchies of Events with Dot-Depth One sob a orientação de Janusz Brzozowski.[1]

Sua pesquisa abrangeu diversas áreas da computação, como a teoria de autômatos finitos, a relação entre sociedade e as redes digitais e a geometria tropical, área na qual foi pioneiro e que recebeu esse nome em homenagem à sua nacionalidade. Em 2005, o periódico RAIRO-ITA dedicou uma edição às ramificações de seu trabalho como cientista da computação.[2]

Presidiu a Sociedade Brasileira de Matemática e coordenou o grupo de Estudos de Informação e Comunicação (EdIC), do Instituto de Estudos Avançados da USP. Foi também membro titular da Academia Brasileira de Ciências e membro da Ordem Nacional do Mérito Científico, na classe de Grã-Cruz.[3]

BiografiaEditar

Simon viveu na Hungria, sua terra natal, até os 13 anos de idade, quando a situação política no país levou sua família a emigrar para o Brasil. Em 1962 entrou na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), onde cursou engenharia eletrônica e começou uma longa relação com a matemática e os computadores. Imre Simon trabalhou com o primeiro computador da USP, de acordo com Tomasz Kowaltowski, professor aposentado do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (IC-Unicamp), amigo de Simon desde os tempos em que estudaram na Poli.[4]

PublicaçõesEditar

  • Setzer, Valdemar Waingort; Simon, Imre; Kowaltowski, Tomasz (1972). Curso de Fortran IV Básico. [S.l.]: Edgard Blücher. CDD 651.8 
  • Lucchesi, Cláudio L.; Simon, Imre; Simon, István; Simon, János; Kowaltowski, Tomasz (1979). Aspectos Teóricos da Computação. [S.l.]: Instituto de Matemática Pura e Aplicada. CDD 519.4 

Referências

  1. Seus trabalhos publicados.
  2. «RAIRO-ITA Special Issue: Imre Simon, the tropical computer scientist». Consultado em 9 de novembro de 2018. Arquivado do original em 19 de agosto de 2009 
  3. «Listagem Geral da Ordem Nacional do Mérito Científico». Ministério da Ciência e tecnologia. Consultado em 19 de abril de 2010. Arquivado do original em 28 de abril de 2017 
  4. Morre Imre Simon, pioneiro da ciência da computação, Revista FAPESP

Ligações externasEditar