Irineu Joffily (político)

político brasileiro
Irineu Joffily
Interventor Federal do Rio Grande do Norte
Período 12 de outubro de 1930
até 28 de janeiro de 1931
Antecessor Junta Governativa Provisória
Sucessor Aluísio de Andrade Moura
Dados pessoais
Nome completo Irineu Joffily
Nascimento 14 de setembro de 1886
Campina Grande, Paraíba
Morte 1964 (78 anos)
Brasília, Distrito Federal
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Sara Paes Barreto Joffily

Irineu Joffily (Campina Grande, 14 de setembro de 1886Brasília, 1964) foi um político brasileiro. Exerceu o mandato de deputado federal constituinte pela Paraíba em 1934 e de interventor federal do Rio Grande do Norte entre 1930 e 1931.[1]

Filho de Irineu Ciciliano Pereira Joffily e de Raquel Olegário de Torres Joffily e frequentou a Faculdade de Direito do Recife até que, em 1913, foi nomeado diretor da Instrução Pública e da Escola Normal. Em 1924, foi eleito deputado estadual, exercendo o cargo parlamentar até 1930.

Em 1930, formou-se o primeiro governo revolucionário na Paraíba e tinha como chefes José Américo de Almeida e Irineu Joffily porém, dias depois Irineu renunciou devido a desentendimentos.

Vida políticaEditar

Foi eleito em 1924 como deputado estadual e quatro anos mais tarde recebeu um convite para ser chefe de polícia do governo estadual, comandado por João Pessoa. Porém, Irineu recusou o convite e exerceu seu mandato parlamentar até 1930.[1]

Vida acadêmicaEditar

Irineu Joffily estudou no Colégio Diocesano, na capital paraibana. Estudou o Ensino Médio em Natal, nos colégios Santo Antônio e Ateneu, depois foi para Recife, onde estudou o curso de direito na Faculdade de Direito sendo bacharelou em 1909.[1]

Referências

  1. a b c «Irineu Joffily - CPDOC». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 21 de novembro de 2017 
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.