Abrir menu principal
Isabel Fernanda
Infanta de Espanha
Condessa Gurowska
Retrato por Carlos Luis de Ribera y Fieve em 1860 no Museu do Prado.
Cônjuge Ignatius Gurowski
Descendência Maria Luísa Gurowski e de Bourbon
Carlos Gurowski e de Bourbon
Maria Isabel Gurowski e de Bourbon
Fernando, Marquês de Bondand Real
Carlos Gurowski e de Bourbon
Augusto Gurowski e de Bourbon
Luís Gurowski e de Bourbon
Maria Cristina, Viscondessa de Trancoso
Casa Bourbon
Nascimento 18 de maio de 1821
  Aranjuez, Espanha
Morte 9 de maio de 1897 (75 anos)
  Paris, França
Enterro Cemitério de Montmartre Paris, França
Pai Francisco de Paula de Bourbon
Mãe Luísa Carlota das Duas Sicílias
Brasão

Isabel Fernanda de Bourbon (Aranjuez, 18 de maio de 1821Paris, 9 de maio de 1897)[1][2] foi uma infanta de Espanha por nascimento e condessa Gurowska pelo seu casamento com Ignacy Gurowski.

FamíliaEditar

Isabel Fernanda foi a primeira filha e segunda criança nascida do infante Francisco de Paula de Bourbon e de sua sobrinha, a princesa Luísa Carlota das Duas Sicílias. Os seus avós paternos eram o rei Carlos IV de Espanha e Maria Luísa de Parma. Os seus avós maternos eram o rei Francisco I das Duas Sicílias e Maria Isabel de Bourbon, sua segunda esposa.

Sua avó materna também era filha do rei Carlos IV e da rainha Maria Luísa, fazendo dela irmã de Francisco, pai de Isabel.

BiografiaEditar

Também conhecida como Belita, Isabel Fernanda estudou em Paris, onde conheceu o polaco Ignacy Gurowski, amante do Marquês de Custine.

A infanta causou um grande escândalo no país ao fugir com Ignacy de um convento, com quem se casou em 1841, em Dover, na Inglaterra. [3] Eles passaram a morar em Bruxelas, na Bélgica, onde ela recebeu alguma ajuda da rainha Luísa Maria de Orleães.[3]

Após o casamento de seu irmão, Francisco, Duque de Cádis com a rainha Isabel II de Espanha, ela foi admitida na corte belga.

O casal teve oito filhos. Contudo, o seu marido a abandonou na pobreza, e a condessa tornou-se anfitriã de um hotel em Paris. [3]

Isabel Fernanda faleceu após uma longa doença,[3] no dia 9 de maio de 1897, e foi enterrada no Cemitério de Montmartre.[3]

DescendênciaEditar

  • Maria Luísa Gurowski e de Bourbon (1842 – 1877), foi esposa de Vicente Bertran de Lis y Derret, com quem teve cinco filhos;
  • Carlos Gurowski e de Bourbon (n. e m. 1846);
  • Maria Isabel Gurowski e de Bourbon (1847 – 1935), primeiro foi esposa de Charles Allen Perkins, com quem teve dois filhos, e depois foi casada com Jose Maria Diaz-Martin y Torneria, mas não teve filhos;
  • Fernando Gurowski e de Bourbon (1848 – 1875), conde Guroswski e marquês de Bondand Real. Não se casou e nem teve filhos;
  • Carlos Gurowski e de Bourbon (1854 – 1856);
  • Augusto Gurowski e de Bourbon (n. 1855), morreu jovem;
  • Luís Gurowski e de Bourbon (n. 1856), morreu jovem;
  • Maria Cristina Gurowski e de Bourbon (1860 – 1901), foi esposa de Bartolomeu da Costa de Macedo Giraldes, Visconde de Trancoso, com quem teve quatro filhos;

HonrasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Isabel Fernanda de Bourbon

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  3. a b c d e «Grand Ladies Site». gogmsite.net