Abrir menu principal

Jean Baptiste Leschenault de la Tour

Jean Baptiste Leschenault de la Tour
Nascimento 13 de novembro de 1773
Chalon-sur-Saône
Morte 14 de março de 1826 (52 anos)
Paris
Cidadania França
Ocupação explorador, ornitólogo, botânico

Jean Baptiste Louis Claude Théodore Leschenault de la Tour (Chalon-sur-Saône, 13 de novembro de 1773Paris, 14 de março de 1826) foi um botânico e ornitólogo francês.

BiografiaEditar

Entre 1800 e 1803 tornou-se botânico-chefe da expedição de Nicolas Baudin que navegou pelos mares da Austrália. Recolheu um grande número de novos espécimes entre 1801 e 1802 , porém em abril de 1803 ficou doente desembarcando em Timor.

Obrigado a passar os próximos três anos seguintes na Ilha de Java, aproveitou para conduzir o primeiro estudo botânico sério sobre esta ilha nunca visitada anteriormente por outros naturalistas, exceto numa curta investigação feita por Carl Peter Thunberg.

Voltou para a França em julho de 1807 com uma enorme coleção de plantas e pássaros. Os pássaros javaneses foram descritos por Georges Cuvier e por Louis Jean Pierre Vieillot. Leschenault também permitiu Coenraad Jacob Temminck ter acesso às suas anotações e amostras. Sua coleção de plantas permitiu-lhe obter uma pensão do governo francês.

Em maio de 1816, viajou para a Índia com o objetivo de recolher plantas novas e criar um jardim botânico em Pondicherry. Recebendo a permissão do governo britânico viajou para Madras, Bengala e a ilha do Ceilão.

Enviou plantas e sementes que coletou para a ilha de Reunião (departamento francês) para lá serem cultivadas. Nesta remessa foram incluídas duas variedades de cana-de-açúcar e seis variedades de algodão.

Retornou a França em 1822, onde foi condecorado com a Legião de Honra.

Menos de um ano após a sua chegada, embarcou para a América do Sul. Visitou o Brasil, as Guianas Holandesa e Francesa. Introduziu em Caiena diferentes variedades de chá. Devido à sua saúde debilitada, foi forçado a retornar após 18 meses de estadia.

Diversos pássaros foram nomeados em sua homenagem, entre os quais:

O gênero botânico Leschenaultia também foi nomeado em sua homenagem.

Referências geraisEditar


 Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.