Abrir menu principal

Jerry Sloan

basquetebolista estadunidense

Gerald Eugene Sloan (nascido em 28 de março de 1942), mais conhecido como Jerry Sloan, é um ex-jogador e treinador da National Basketball Association (NBA).[1]

Jerry Sloan
Jerry Sloan 1969 publicity photo.JPG

Jerry Sloan em uma foto de publicidade do Chicago Bulls em 1969
Informações pessoais
Nome completo Gerald Eugene Sloan
Data de nasc. 28 de março de 1942 (77 anos)
Local de nasc. Illinois, Estados Unidos
Informações profissionais
Período como jogador 1965–1976 (11 anos)
Número da camisa 14, 4
Altura 6 ft 5 in (1.96 m)
Peso 195 lb (88 kg)
Período como treinador 1978–2011 (‭33‬ anos)
Função Conselheiro
Clubes de juventude
1962–1965 Estados Unidos Evansville
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (pontos)
1965–1966
1966–1976
Estados Unidos Baltimore Bullets
Estados Unidos Chicago Bulls
0059 0(338)
00696 0(10.233)
Times que treinou
Anos Clubes Jogos (V - D)
1978–1979
1979–1982
1985–1988
1988–2011
Estados Unidos Chicago Bulls (Assistente)
Estados Unidos Chicago Bulls
Estados Unidos Utah Jazz (Assistente)
Estados Unidos Utah Jazz

00215

001.809

O ex-comissário da NBA, David Stern, chamou Sloan de "um dos maiores e mais respeitados treinadores da história da NBA".[2] Sloan tem um recorde de vitórias e derrotas na temporada regular de 1.221-803, colocando-o em terceiro lugar na lista de mais vitórias como técnico da NBA.[3] Sloan foi apenas o quinto treinador na história da NBA a alcançar 1.000 vitórias e é um dos dois treinadores na história da NBA a registrar 1.000 vitórias em uma franquia (o Utah Jazz). Embora nunca tenha ganho o Prêmio de Treinador do Ano, ele é um dos únicos quatro treinadores da história da NBA com mais de 15 temporadas consecutivas com um recorde de vitórias (Gregg Popovich, Pat Riley e Phil Jackson são os outros). Ele levou Utah às finais da NBA em 1997 e 1998, mas perdeu para o Chicago Bulls nas duas vezes.

Depois que Tom Kelly deixou o cargo de treinador do Minnesota Twins na Major League Baseball em 2001, Sloan se tornou o treinador mais antigo em uma franquia nas principais ligas americanas. Ele renunciou em 10 de fevereiro de 2011. Em 19 de junho de 2013, o Utah Jazz anunciou que Sloan estava retornando como consultor.[4]

Vida pregressaEditar

Nascido e criado em Gobbler's Knob, 24 quilômetros ao sul de McLeansboro, Illinois, Sloan era o caçula de 10 filhos e foi criado por uma mãe solteira depois que seu pai morreu, quando Jerry tinha 4 anos.[5]

Ele acordava às 4:30 da manhã para fazer tarefas agrícolas e depois caminhava quase três quilômetros para chegar à escola a tempo do treino de basquete.[6]

Carreira como jogadorEditar

Sloan jogou pelo time de basquete da Universidade de Evansville e foi escolhido pelo Baltimore Bullets como a 4° escolha geral no Draft da NBA de 1965.

Após uma temporada, ele foi trocado para o Chicago Bulls, onde ele ficou conhecido como "o Bull Original".

Ele ficou conhecido por sua defesa tenaz e levou a equipe para os playoffs e ao seu primeiro e único título de divisão antes da era Michael Jordan.

Após uma série de lesões no joelho, ele se aposentou em 1976. As médias de sua carreira são de 14.0 pontos, 2.5 assistencias, 7.4 rebotes e 2.2 roubadas de bola.[7]

Sua camisa número 4 foi posteriormente aposentada pelo Chicago Bulls em 1978, tornando-se a primeira camisa aposentada da história da franquia.[8]

Carreira como treinadorEditar

Chicago BullsEditar

Depois de se aposentar em 1976, Sloan aceitou o emprego de assistente na Universidade de Evansville, mas se demitiu após cinco dias.[9] Na mesma temporada, o time de basquete de Evansville e a equipe técnica foram mortos em um acidente de avião no aeroporto de Evansville.

Dois anos depois, Sloan foi contratado pelos Bulls como olheiro.[10] Depois de uma temporada neste cargo, ele se tornou assistente técnico da equipe. Em 1979, Sloan foi promovido ao cargo de treinador. Ele ocupou o cargo por menos de três temporadas, vencendo 94 jogos e perdendo 121. Ele liderou o time até os playoffs em sua segunda temporada, mas foi demitido após um início ruim durante a campanha seguinte.

Utah JazzEditar

Depois de sair de Chicago, Sloan se tornou um olheiro do Utah Jazz por uma temporada. Ele então se tornou técnico do Evansville Thunder da Continental Basketball Association para a temporada de 1984, mas nunca treinou em um jogo, aceitando uma posição de assistente técnico nos Jazz.

Depois que Frank Layden se tornou presidente da equipe em dezembro de 1988, os Jazz escolheram Sloan como o novo treinador.[11] Sloan desfrutou de um período bem sucedido de 16 temporadas consecutivas levando seu time aos playoffs, durante o qual ele treinou estrelas como Karl Malone e John Stockton, juntamente com outros jogadores, incluindo Jeff Hornacek, Antoine Carr, Tom Chambers, Mark Eaton e Jeff Malone.

Sloan levou os Jazz a seis títulos de divisão e 10 temporadas com mais de 50 vitórias. Ele também levou os Jazz às finais da NBA duas vezes, perdendo em 1997 e 1998, ambas as vezes para seu antigo time, Chicago Bulls, liderado por Michael Jordan. No final deste período, ele se juntou a Pat Riley e Phil Jackson como os únicos treinadores com 10 ou mais temporadas vencendo 50 ou mais jogos. Após a aposentadoria de Malone e Stockton, Sloan treinou um grupo mais jovem de jogadores, incluindo Carlos Boozer, Andrei Kirilenko, Mehmet Okur e, mais tarde, Deron Williams.

Sloan conquistou sua milésima vitória na carreira contra o Dallas Mavericks em 11 de dezembro de 2006, em uma vitória por 101-79, o que o tornou o quinto técnico na história da NBA a alcançar esse marco.[12] Durante a temporada de 2008-09, Sloan alcançou 1.000 vitórias como treinador dos Jazz em 7 de novembro, depois de vencer o Oklahoma City Thunder por 104–97.[13] Ele se tornou o primeiro treinador da história da NBA com 1.000 vitórias em uma única equipe.

Em abril de 2009, Sloan foi nomeado para o Basketball Hall of Fame na mesma classe que seu ex-armador, John Stockton. Sloan escolheu Charles Barkley para apresentá-lo durante sua cerimônia de indução.[14]

Renúncia como treinador dos JazzEditar

Sloan revelou em 7 de fevereiro de 2011 que havia assinado no início do ano uma extensão de contrato para treinar os Jazz na temporada de 2011–12, sua 24ª temporada no cargo.[15] No entanto, em 10 de fevereiro de 2011, Sloan e o assistente Phil Johnson renunciaram imediatamente a suas posições.[16]

Sloan subestimou relatos de que conflitos com jogadores levaram sua saída: "Eu tenho confrontos com jogadores desde que estou no cargo", disse Sloan. "O que aconteceu foi que minha energia caiu".[17]

O último jogo de Sloan como técnico aconteceu em uma derrota por 91-86 para os Bulls em 9 de fevereiro.

Um ano depois, Karl Malone, que jogou com Sloan por mais de 18 anos, indicou que Sloan não se sentia apoiado por Kevin O'Connor e Greg Miller.[18] O treinador de longa data do San Antonio Spurs, Gregg Popovich, mais tarde o mencionou como mentor de seu sucesso geral como treinador na NBA.[19]

Volta ao JazzEditar

Em 19 de junho de 2013, o Utah Jazz anunciou que Sloan estava retornando como consultor.[20]

Em 31 de janeiro de 2014, o Jazz homenageou Sloan levantando um banner com o número "1223", que representa as vitórias de Sloan com os Jazz de 1988 a 2011.[21]

Vida pessoalEditar

Sloan se casou com sua namorada da escola, Bobbye. Após uma bem divulgada batalha de seis anos contra o câncer de mama, ela morreu de câncer no pâncreas em 2004.[22] Eles tiveram três filhos e se foram casados por 41 anos. Um de seus filhos, Brian, também jogou basquete na McLeansboro High School e jogou cinco temporadas na Universidade de Indiana, conquistando um título da NCAA em 1987. Seu neto Grant é um membro do time de beisebol da Universidade de Indiana.[23]

Em 2006, Jerry Sloan casou-se com Tammy Jessop, em Salt Lake City. Sloan tem um enteado, Rhett, como resultado desse casamento.[24]

Sabe-se que Sloan usa chapéus da John Deere, coleciona móveis antigos e bonecas, além de coletar e restaurar tratores como hobby.[25] Depois de reunir uma coleção de tratores com o número 70, Sloan decidiu vender todos, exceto dois, depois que um trator Allis-Chalmers, de 35 anos, foi roubado.[26][27] Depois de anos de um hábito confesso de beber e fumar demais, ele parou os dois, apesar de afirmar que isso nunca afetou a ele ou ao estilo como seu treinador.

Em abril de 2016, Sloan foi diagnosticado com doença de Parkinson e Demência com corpos de Lewy.[28]

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Como jogadorEditar

Ano Time PJ MPJ AP LL RT AS BR TO PPJ
1965-66 Baltimore Bullets 59 16.1 .415 .705 3.9 1.9 5.7
1966-67 Chicago Bulls 80 36.8 .432 .796 9.1 2.1 17.4
1967-68 Chicago Bulls 77 31.9 .385 .749 7.7 3.0 13.3
1968-69 Chicago Bulls 78 37.7 .417 .745 7.9 3.5 16.8
1969-70 Chicago Bulls 53 34.4 .421 .651 7.0 3.1 15.6
1970-71 Chicago Bulls 80 39.3 .441 .715 8.8 3.5 18.3
1971-72 Chicago Bulls 82 37.0 .444 .660 8.4 2.6 16.2
1972-73 Chicago Bulls 69 35.0 .411 .707 6.9 2.2 10.1
1973-74 Chicago Bulls 77 37.1 .447 .711 7.2 1.9 2.4 0.1 13.2
1974-75 Chicago Bulls 78 33.0 .439 .748 6.9 2.1 2.2 0.2 12.2
1975-76 Chicago Bulls 22 28.0 .400 .705 5.3 1.0 1.2 0.2 10.1
Carreira 755 34.1 .427 .722 7.4 2.5 2.2 0.2 14.0

Como treinadorEditar

Playoffs
Time Ano J V D % Classificação J V D % Resultado
Chicago 1979–80 82 30 52 .366 3° na Divisão Centro-Oeste Não foi para os Playoffs
Chicago 1980–81 82 45 37 .549 2° na Divisão Central 6 2 4 .333 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Chicago 1981–82 51 19 31 .373 (Despedido)
Utah 1988–89 65 40 25 .615 1° na Divisão Centro-Oeste 3 0 3 .000 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 1989–90 82 55 27 .671 2° na Divisão Centro-Oeste 5 2 3 .400 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 1990–91 82 54 28 .659 2° na Divisão Centro-Oeste 9 4 5 .444 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Utah 1991–92 82 55 27 .671 1° na Divisão Centro-Oeste 16 9 7 .563 Perdeu nas Finais da Conf.
Utah 1992–93 82 47 35 .573 3° na Divisão Centro-Oeste 5 2 3 .400 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 1993–94 82 53 29 .646 3° na Divisão Centro-Oeste 16 8 8 .500 Perdeu nas Finais da Conf.
Utah 1994–95 82 60 22 .732 2° na Divisão Centro-Oeste 5 2 3 .400 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 1995–96 82 55 27 .671 2° na Divisão Centro-Oeste 18 10 8 .556 Perdeu nas Finais da Conf.
Utah 1996–97 82 64 18 .780 1° na Divisão Centro-Oeste 20 13 7 .650 Perdeu nas Finais da NBA
Utah 1997–98 82 62 20 .756 1° na Divisão Centro-Oeste 20 13 7 .650 Perdeu nas Finais da NBA
Utah 1998–99 50 37 13 .740 2° na Divisão Centro-Oeste 11 5 6 .455 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Utah 1999–00 82 55 27 .671 1° na Divisão Centro-Oeste 10 4 6 .400 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Utah 2000–01 82 53 29 .646 3° na Divisão Centro-Oeste 5 2 3 .400 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 2001–02 82 44 38 .537 4° na Divisão Centro-Oeste 4 1 3 .250 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 2002–03 82 47 35 .573 4° na Divisão Centro-Oeste 5 1 4 .200 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 2003–04 82 42 40 .512 7° na Divisão Centro-Oeste Não foi para os Playoffs
Utah 2004–05 82 26 56 .317 5° na Divisão Noroeste Não foi para os Playoffs
Utah 2005–06 82 41 41 .500 2° na Divisão Noroeste Não foi para os Playoffs
Utah 2006–07 82 51 31 .621 1° na Divisão Noroeste 17 9 8 .529 Perdeu nas Finais da Conf.
Utah 2007–08 82 54 28 .659 1° na Divisão Noroeste 12 6 6 .500 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Utah 2008–09 82 48 34 .585 3° na Divisão Noroeste 5 1 4 .200 Perdeu na Primeira Rodada
Utah 2009–10 82 53 29 .646 1° na Divisão Noroeste 10 4 6 .400 Perdeu nas Semi-Finais da Conf.
Utah 2010–11 54 31 23 .574 (Pediu demissão)
Carreira 2,024 1,221 803 .603 202 98 104 .485

Fonte:[29][30]

Referências

  1. «Jerry Sloan». NBA Stats (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  2. «N.B.A. Dean of Coaches Resigns Abruptly - Sportsnet.ca». www.sportsnet.ca. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  3. «Veteran Jazz coach Sloan resigns after 23 years». ESPN.com (em inglês). 10 de fevereiro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  4. «Utah Jazz: Jerry Sloan rejoins organization as senior adviser». The Salt Lake Tribune (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  5. «Jerry Sloan's consistent approach with Jazz produced excellence - Jack McCallum - SI.com». web.archive.org. 14 de fevereiro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  6. Peterson, Tim. «10 Things You Need To Know about Utah Jazz Coach Jerry Sloan». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  7. «Jerry Sloan Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  8. «Jerry Sloan, Mr. Chicago Bull». Chicago Bulls History (em inglês). 28 de março de 2017. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  9. Abrams, Jonathan (16 de maio de 2013). «Back in the Day: Travel in the NBA». Grantland (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  10. «Adande: Sloan's 20th Jazz anniversary». ESPN.com (em inglês). 9 de dezembro de 2008. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  11. News, Deseret (9 de dezembro de 1988). «LAYDEN QUITS AS JAZZ COACH; SLOAN STEPS IN». Deseret News (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  12. «Jazz coach Sloan reaches milestone of 1,000 wins». Reuters (em inglês). 13 de dezembro de 2006 
  13. «NBA - CBSSports.com News, Scores, Stats, Fantasy Advice». archive.fo. 3 de fevereiro de 2013. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  14. Genessy, Jody (9 de setembro de 2009). «Utah Jazz: Stockton chooses Isiah, Sloan picks Barkley as HOF presenters». Deseret News (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  15. «Sloan Signs One-Year Extension « NBA.com | Hang Time Blog». web.archive.org. 9 de fevereiro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  16. «Jerry Sloan resigns as Jazz head coach». www.ksl.com (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  17. «Jerry Sloan, The Longest-Serving Pro Sports Coach, Resigns : The Two-Way : NPR». web.archive.org. 14 de fevereiro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  18. «Monson: A year later, Karl Malone calls out the Jazz on Jerry Sloan's exit». The Salt Lake Tribune (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  19. McDonald, Ryan (21 de dezembro de 2017). «Jazz notes: Gregg Popovich calls Jerry Sloan a 'mentor,' Utah makes roster change». Deseret News (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  20. «Utah Jazz: Jerry Sloan rejoins organization as senior adviser». The Salt Lake Tribune (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  21. «Jazz, Obama salute longtime coach Sloan». ESPN.com (em inglês). 1 de fevereiro de 2014. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  22. «Wife of Jazz coach Sloan dies; she was 61». ESPN.com (em inglês). 18 de junho de 2004. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  23. «Grant Sloan - Baseball». University of Virginia Athletics (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  24. «Jerry Sloan remarries». archive.fo. 16 de julho de 2012. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  25. «Yahoo Sports NBA». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  26. «Yahoo Sports NBA». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  27. Rock, Brad (3 de agosto de 2011). «A(nother) housecleaning for Jerry Sloan». Deseret News (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  28. Zillgitt, Jeff. «Former Utah Jazz coach Jerry Sloan suffering from Parkinson's disease». USA TODAY (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2019 
  29. «Jerry Sloan Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 1 de outubro de 2019 
  30. «Jerry Sloan». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 1 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar