João José Alves Dias

escritor, historiador, professor universitário


João José Alves Dias (usa João Alves Dias) (Abrantes, 1 de Outubro de 1957) é um professor universitário e historiador português.

João José Alves Dias
'
Nascimento 1 de outubro de 1957
Abrantes
Cidadania Portugal
Alma mater
Ocupação escritor, historiador,
Empregador Universidade Nova de Lisboa
lançamento do 2.º volume da edição comemorativa dos 500 Anos do Foral Manuelino de Aldeia Galega do Ribatejo
Prof.Dr. João José Alves Dias, no lançamento do 2.º volume da edição comemorativa dos 500 Anos do Foral Manuelino de Aldeia Galega do Ribatejo

BiografiaEditar

João José Alves Dias licenciou-se em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde igualmente se doutorou em História da Idade Moderna e se agregou em História de Portugal.

É professor da mesma faculdade onde rege cadeiras no âmbito da História Medieval e Moderna; Paleografia e Diplomática; História do Livro; Vida Quotidiana Quinhentista.

Dirige o Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, responsável por um vastíssimo trabalho de publicação de fontes históricas.

Professor da Universidade Nova de Lisboa

Unidades curriculares ensinadas:

- 1.º Ciclo /Licenciatura:

  Metodologia da História

  História de Portugal Moderno (XV-XVII)

  Paleografia e Diplomática (XIII-XVIII)

  História do livro impresso (XV-XX)

- 2.º Ciclo / Mestrado de História (seminários de investigação):

  A Cultura em Portugal (XV-XVIII)

  Aperfeiçoamento Paleográfico

- 3.º Ciclo / Curso de Doutoramento em História

Especialização em História Moderna e da Expansão

  Problemáticas (colaboração)

  Metodologias (colaboração)


De 1969 a 1977 frequentou os estudos do ensino Preparatório, Secundário e Geral dos liceus (tendo terminado a vertente de Ciências no Liceu Normal Pedro Nunes e o de Letras no Liceu Passos Manuel, ambos em Lisboa).

No ano letivo de 1977/78 frequentou o Ano Propedêutico.

Em 1978 matriculou-se no curso de História da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, que frequentou regularmente até 1982. Conseguiu dispensa de exame final em todas as disciplinas, tendo ficado Licenciado no dia 24 de Junho de 1982 com a média geral de dezassete valores.

Em 1982 entrou por concurso público para Assistente Estagiário em História Medieval e Moderna na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Em 1984, 15 e 16 de Novembro, prestou Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, em que obteve a classificação de Muito Bom, tendo passado a Assistente da mesma Faculdade.

Em 1993, 11 de Fevereiro, realizou o Doutoramento em História (História Económica e Social séculos XV-XIX), em que obteve a classificação Aprovado com Distinção e Louvor, por unanimidade, tendo passado a Professor Auxiliar da mesma Faculdade.

Em 2001, 19 de Junho, concluiu as provas de Agregação recebendo, por unanimidade, o título de agregado no grupo de História, disciplina de História de Portugal Moderna.

Em 2014, 20 de Fevereiro, integrou a lista de três candidatos da "proposta de designação" apresentada pela CRESAP, ao membro do Governo, no âmbito do Procedimento Concursal N.º 206_CRESAP_137_09/13 - Diretor-Geral da Biblioteca Nacional de Portugal

É Diretor da revista Fragmenta Historica : Revista do Centro de Estudos Históricos da UNL.

É Diretor Centro de Estudos Históricos, na Universidade Nova de Lisboa.

É investigador coordenador do CHAM - Centro de História de Além-Mar, Universidade Nova de Lisboa. e Universidade dos Açores.

Instituições de que é membro

  • Associação Grémio Lusitano
  • Associação Supremo Conselho para Portugal e sua jurisdição
  • Instituto Açoriano de Cultura.
  • Sociedade de Geografia de Lisboa, sócio efectivo desde 1985.
  • Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais.
  • Associação Historians of Early Europe.
  • Associação de História Medieval Portuguesa.

Algumas obrasEditar

Fontes históricasEditar

Responsável pela edição das seguintes fontes históricas:

Chancelarias portuguesas: D. João I. Transcrição de Pedro Pinto; revisão de A. H. de Oliveira Marques. Lisboa, Universidade Nova de Lisboa
1.º volume, 1.º tomo, 2004: 1384-1385;
1.º volume, 2.º tomo, 2004: 1385;
1.º volume, 3.º tomo, 2004: 1384-1388;
2.º volume, 1.º tomo, 2005: 1385-1392;
2.º volume, 2.º tomo, 2005: 1387-1402;
2.º volume, 3.º tomo, 2005: 1391-1407;
3.º volume, 1.º tomo, 2006: 1385-1410;
3.º volume, 2.º tomo, 2006: 1394-1427.
3.º volume, 3.º tomo, 2006: 1402-1418.
4.º volume, 1.º tomo, 2006: 1410-1425.
4.º volume, 2.º tomo, 2006: 1393-1433.
1.º volume, 1.º tomo, 1998: 1433-1435;
1.º volume, 2.º tomo, 1998: 1435-1438;
2.º volume, 1999: Casa dos Contos;
3.º volume, 2002: originais de 1433-35;
Cortes portuguesas: reinado de D. Duarte: Cortes de 1436-1438. Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, 2004
Cortes portuguesas: reinado de D. Manuel I. Lisboa, Universidade Nova de Lisboa:
1.º volume, 2001: Cortes de 1499;
2.º volume, 2001: Cortes de 1502;
3.º volume, 2002: Cortes de 1498.
  • Livro dos Conselhos de El-Rei D. Duarte (livro da cartuxa). Edição diplomática / Transcrição de João José Alves Dias, Introdução de A. H. de Oliveira Marques, Revisão de A. H. de Oliveira Marques e de Teresa F. Rodrigues. Lisboa, Editorial Estampa, 1982, (col. Imprensa Universitária, 27).
  • Crónica de D. João I de Fernão Lopes: Primeira parte: Códice iluminado da Biblioteca Nacional de Madrid (Vit. 28-5). Apresentação de José Manuel Garcia; estudos introdutórios de Maria Ângela Beirante e Pedro Dias; Leitura paleográfica de João José Alves Dias, Madrid - Alfragide, A.A.E.P.A. - Ediclube, 1996.
  • Gentes e Espaços : Edição Crítica do Numeramento de 1527-1532 : Dicionário Corográfico do Portugal Quinhentista. Cascais, Patrimonia, 1999
1.º volume, Comarca de Entre Douro e Minho;
2.º volume, Comarca de Entre Tejo e Guadiana;

Outras (livro)Editar

  • Manual de Filatelia. Lisboa, Edição Filatelia-Numismática & Correios e Telecomunicações de Portugal, 1982.
  • Álbum de paleografia. Lisboa, Estampa, 1987.
Selecção de documentos de João José Alves Dias. Introdução e revisão de A. H. de Oliveira Marques. Leitura paleográfica de João José Alves Dias e Teresa F. Rodrigues.
  • Ensaios de história moderna. Lisboa, Presença, 1988.
  • Paio de Pele: A vila e a região do século XII ao XVI. V. N. da Barquinha, Santarém, Junta Distrital de Santarém e Câmara Municipal de V. N. da Barquinha, 1989.
  • Iniciação à Bibliofilia. Lisboa, Pró-Associação Portuguesa de Alfarrabistas, 1994. ISBN 972-96083-1-8.
  • No quinto centenário da Vita Christi: os primeiros impressores alemães em Portugal. Coordenação de João José Alves Dias; colaboração de Manuela Rêgo e Rosa Lemos. Lisboa, Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, 1995.
  • Craesbeeck: Uma dinastia de impressores em Portugal: Elementos para o seu estudo. Lisboa, Associação Portuguesa de Livreiros Alfarrabistas, 1996.
  • Gentes e espaços: em torno da população portuguesa na primeira metade do século XVI. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian e Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, 1996
  • Portugal do renascimento à crise dinástica, vol. V da Nova História de Portugal, Lisboa, Editorial Presença, 1998, (coordenador e autor; direcção de A. H. de Oliveira Marques e Joel Serrão).
  • Roteiro de Fontes para a História do Parlamento Português : Arquivo Histórico Parlamentar (1834-1836). Lisboa, Assembleia da República : Edições Afrontamento, 2000.
A. H. de Oliveira Marques (coordenador); João Carlos Oliveira; Maria João Lourenço Pereira; e João José Alves Dias.
  • Parlamentares e Ministros da 1ª República (1910-1926). Lisboa, Assembleia da República : Edições Afrontamento, 2000.
A. H. de Oliveira Marques (coordenador); Paulo Guinote; Pedro Teixeira Mesquita; e João José Alves Dias.
  • Ordenações Manuelinas : Livros 1.º ao 5.º / Apresentação. Lisboa, Centro de Estudos Históricos, 2002 [Ed. fac-símile da 1.ª ed. 1512-1513]. 5 vols.
  • Livro de Marco Túlio Cícero chamado Catão Maior ou da Velhice, dedicado a Tito Pompónio Ático/ trad. Damião de Góis; apresent. e actual. João José Alves Dias. Lisboa, Biblioteca Nacional, 2003. [Com fac-símile da ed. de Veneza : Estevâo de Sabbio, 1538].
  • Atlas histórico de Portugal e do Ultramar português. Com A. H. de Oliveira Marques. Infografia de Maria João Lourenço Pereira e João Pedro Silva. Índice de João Carlos Oliveira. Lisboa, Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 2003.
  • Em Torno do Selo Postal Português. Lisboa, Biblioteca Nacional, 2003.
  • Rezar em português : Introdução ao Livro de Horas de Nossa Senhora segundo costume Romano... Paris: Narcisse Brun, 13 de Fevereiro de 1500 [i.é 1501]. Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal, 2009; 2.ª ed., 2010.
  • Amato Lusitano e a sua obra : Séculos XVI e XVII. Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal, Centro de Estudos Históricos e Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos, 2011.
  • Cardeal D. Henrique : Obra Impressa. Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal e Centro de Estudos Históricos, 2012.
  • Ordenações Manuelinas 500 anos depois : Os dois primeiros sistemas (1512-1519). Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal e Centro de Estudos Históricos, 2012.

Outras (artigos)Editar

ver http://joaoalvesdias.blogspot.pt/search/label/6.4%20Artigos

FontesEditar

Referências