Abrir menu principal

Joana Beaufort, Condessa de Westmorland

Joana Beaufort
Condessa de Westmorland
A tumba de Joana é a menor,a do lado é de sua mãe Catarina Swynford,na Catedral de Lincoln
Cônjuge Roberto Ferrers, 5.° barão Boteler de Wem
Ralph de Neville, 1.° conde de Westmorland
Descendência Isabel Ferrers, 6.° baronesa Boteler de Wem
Maria Neville, condessa de Westmorland
Catarina Neville, duquesa de Norfolk
Leonor Neville, condessa de Northumberland
Ricardo Neville, 5.° conde de Salisbury
Roberto Neville, bispo de Durham
Guilherme Neville, 1.° Conde de Kent
Eduardo Neville, 3.° barão Bergavenny
Ana Neville, duquesa de Buckingham
Cecília Neville
Jorge Neville, 1.° barão Latimer
Joana
João
Cuthberto
Tomás
Henrique
Casa Beaufort
Nascimento c. de 1379
  Castelo de Beaufort, Anjou
Morte 13 de novembro de 1440 (61 anos)
  Howden, Yorkshire
Enterro Catedral de Lincoln, Lincolnshire
Pai João de Gante
Mãe Catarina Swynford

Joana Beaufort, Condessa de Westmorland (c. de 1379 - 13 de novembro de 1440) era a quarta e única filha ilegítima de João de Gante e sua amante, que viria a ser esposa, Catarina Swynford.

Primeiros anos e casamentoEditar

Ela provavelmente nasceu na casa dos Swynford em Kettlehorpe, Lincolnshire. O seu sobrenome está relacionado a terras que seu pai possuía em Champagne na França.[1] Aos 12 anos de idade, em Beaufort-en-Vallée, ela se casou com Roberto Ferres, 2.° barão Ferrers de Wem, e teve duas filhas com ele.

LegitimaçãoEditar

Joana e seus três irmãos foram declarados legítimos em segredo pelo seu primo Ricardo II de Inglaterra em 1390, antes do casamento de seus pais. Quando os dois se casaram, na Catedral de Lincoln em fevereiro de 1396, Joana foi legitimada com a aprovação do papa.[2] Porém, os irmãos Beaufort não poderiam herdar a reivindicação ao trono em razão de uma cláusula inserida por Henrique IV de Inglaterra, seu meio-irmão, sem a aprovação do Parlamento. Seu marido morreu antes 29 de novembro de 1396.[3] Mais tarde em 3 de fevereiro de 1397, se casou pela segunda vez com o também viúvo Ralph Neville, 1.° conde de Westmorland.

HerançaEditar

Quando seu marido morreu em 1425, ao invés de suas terras e títulos terem sido herdadas pelo seu neto de sua primeira esposa, Margarida Stafford, Ralph Neville, 2.° conde de Westmorland, a maior parte de seus bens foi herdada por Joana. Por causa disso, a condessa e seus enteados entraram em disputa pelas terras de Roberto. Contudo, como a sua família era de sangue real e bem conectada politicamente, não houve muito o que poderia ser feito para a recuperação das terras. De qualquer forma, as suas possessões seriam passadas para seus próprios filhos quando ela morresse.

MorteEditar

Joana Beaufort morreu em 13 de novembro de 1440 em Howden,Yorkshire.[2] Porém, não foi enterrada com seu segundo marido. Ele também não foi enterrado com sua primeira esposa, apesar de sua tomba conter efígies das duas mulheres. Foi então colocada ao lado de sua mãe na Catedral de Lincoln em um magnífico santuário. Ela é representada como a menor efígie. O monumento era decorado com placas de latão, pequenas armaduras e brasões. Algumas partes da tumba foi destruída em 1644 pelos Cabeças Redondas durante a Guerra civil inglesa. Apenas um desenho de 1640 existe para demonstrar como era originalmente.

DescendentesEditar

Como mãe de Cecília Neville, ela era a avó de Eduardo IV de Inglaterra e Ricardo II de Inglaterra. A sexta e última esposa de Henrique VIII de Inglaterra, era descendente de Joana através de Ricardo Neville, 5.° conde de Salisbury. O mesmo era pai de Ricardo Neville, 16.º Conde de Warwick, aliado de Eduardo que o ajudou a conquistar o trono inglês, sendo ele o pai da esposa e rainha de Ricardo III de Inglaterra, Ana Neville.

Filhos com Roberto FerrersEditar

Filhos com Ralph NevilleEditar

Tiveram 14 filhos:

  • Catarina Neville, Duquesa de Norfolk, casada primeiro com João de Mowbray, 2.° Duque de Norfolk[6] em 12 de janeiro de 1411, em seguida com Sir Tomás Strangeways, pela terceira vez com João de Beaumont, 1.° Visconde de Beaumont e por último com Sir João Woodville, irmão de Isabel Woodville.
  • Leonor Neville, condessa de Northumberland, casada primeiro com Ricardo le Despenser, 4.° barão Burghersh e depois com Henrique Percy, 2.° conde de Northumberland
  • Ricardo Neville, 5.° conde de Salisbury, casado com Alice Montagu, filha do 4.° conde de Montagu
  • Roberto Neville, Bispo de Durham
  • Guilherme Neville, 1.° Conde de Kent, casado com Joana Fauconberge, Baronesa Fauconberge
  • Ana Neville,casada com Humberto Stafford, 1.° duque de Buckhingham
  • Eduardo Neville, 3.° barão Bergavenny, casado primeiro com Isabel de Beauchamp, filha de Ricardo de Beauchamp, 1.° conde Worcester e depois com Catarina Howard[7]
  • Cecília Neville,casada com Ricardo, 3.° Duque de Iorque, mãe de Eduardo IV e Ricardo III de Inglaterra
  • Jorge Neville, 1.° barão Latimer, casado com Isabel de Beauchamp, filha de Ricardo Beauchamp, 13.° conde de Warwick[8]
  • Joana Neville, se tornou freira
  • João Neville, morreu jovem
  • Cuthberto Neville, morreu jovem
  • Tomás Neville, morreu jovem
  • Henrique Neville, morreu jovem

Referências